Siga-nos

OiCanadá

Lazer

Sorria! A Happy Place chegou a Toronto

Uma imensa exposição imersiva e multissensorial já visitada por mais de 100 mil pessoas acaba de abrir suas portas em Toronto vendendo alegria e diversão, e você não vai querer ficar de fora desta festa. Mas os interessados precisam mesmo correr, porque a Happy Place teve ingressos esgotados por onde já passou e tem tudo para repetir a dose em sua única parada prevista para o Canadá.

A Happy Place é uma exposição que surgiu em Los Angeles, em novembro de 2017, capitaneada por Jared Paul, empresário de bandas tipo Il Divo e New Kids on the Block. De lá, ela foi para Chicago e agora montou praça em Toronto, pronta para encantar e divertir com atrações totalmente inusitadas, como um arco-íris gigantesco que termina com o visitante caindo dentro de um pote de felicidade ou os sapatos de salto tipo stiletto, maiores que a gente, e que são feitos de milhões de balas.

E como a Happy Place é criatura dos tempos atuais, eles não só permitem como incentivam a tiração de fotos. A única coisa proibida é qualquer tipo de tripé ou pau de selfie. No mais, é clicar à vontade.

Quando você compra o ingresso, tem lá uma hora marcada. E eles pedem que as pessoas cheguem 20 minutos antes da hora marcada, pra não perder nem um segundo da farra, porque a tolerância de atrasos é pouca e tem uma hora que o ingresso simplesmente perde a validade. A experiência toda leva cerca de uma hora e é bom saber que não tem bis — não dá pra voltar e fazer o caminho de novo.

Aberta até o dia 1º de janeiro do ano que vem no Harbourfront Centre, a Happy Place tem preços (e horários) que variam dependendo do dia da semana: segunda, quarta e quinta — e extraordinariamente no dia 1º de janeiro — o preço é $32.50, já com o imposto incluso, e as visitas começam às 11 da manhã e vão até 8 da noite.

Sexta, sábado e domingo é um pouco mais caro: $39.50 com o imposto incluso, com abertura às 10 da manhã e encerramento às 8 da noite. Criança até 4 anos não paga, mas fora isso não há desconto nem pra estudante nem pra terceira idade. E menores de 16 anos precisam de um adulto acompanhante.

Se você prestou atenção vai ver que na terça a exposição não abre. Atenção também porque você vai precisar adicionar ao valor do ingresso a taxa de processamento da aquisição. E uma coisa legal: o ingresso garante umas coisinhas de beber e comer lá dentro, mas não se entusiasme, né, porque é só uma bobaginha. Pra qualquer coisa mais substancial, será necessário colocar a mão na carteira.

Para mais detalhes, visite o site da Happy Place.


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Lazer

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Posts Populares

Topo