Siga-nos

OiCanadá

Educação

Fundo libera até $10 mil para imigrante obter registro profissional

Uma grande batalha de médicos, engenheiros, arquitetos, dentistas e outros profissionais qualificados que vêm para o Canadá são as barreiras para a obtenção do registro profissional nas entidades de classe do país. Dependendo da carreira, é preciso fazer novos cursos e exames, e a conta final pode ficar salgada demais. Pois é aí que entra o IAF.

O Immigrant Access Fund oferece um empréstimo com condições especiais de até $10 mil para cobrir despesas relacionadas à regularização da situação profissional de residentes permanentes, refugiados e até de quem já virou cidadão, mas ainda não conseguiu entrar na sua área de especialidade aqui no Canadá.

O montante pode ser utilizado para pagar um curso de curto período ou cobrir as taxas cobradas pela associação que governa a profissão do pleiteante. Também pode custear avaliações de qualificação — os chamados assessments —, livros e outros materiais. O valor pode ainda ser investido em cursos de inglês ou francês que sejam específico para uma área de trabalho ou simplesmente ser usado para as despesas normais de vida enquanto o candidato estuda.

O Fundo não exige avalista, renda mínima nem história de crédito no Canadá. Os juros estão na casa dos 4,2% e o pagamento começa um mês após a liberação do dinheiro. Até a finalização do plano de aprendizado, no entanto, a pessoa só paga juros. Apenas depois de formado, licenciado ou empregado é que a prestação passa a ser os juros mais o principal.

Para entrar com um pedido o mais importante é demonstrar que existe um plano sério e bem feito sobre como a pessoa pretende conquistar as credenciais canadenses. Outra garantia exigida é que o domínio do inglês ou francês do candidato seja sólido o bastante para que a pessoa consiga completar o seu plano. O candidato precisa ainda demonstrar seu nível de qualificação/escolaridade referente à sua área, provar seu direito legal de estar no Canadá e revelar a sua renda. Mas atenção: não há exigência de renda minima.

Por último, é necessário traduzir o currículo e listar umas três referências canadenses. No caso das referências, eles preferem o contato de um chefe — ou ex-chefe—, uma pessoa de quem o pleiteante tenha alugado um imóvel ou um professor de algum curso que a pessoa tenha feito por aqui.

O IAF aceita inscrições a qualquer momento. E para obter mais informações e acessar os formulários, basta visitar o website do Fundo.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Continue lendo
Publicidade

Mais em: Educação

Fique por dentro das novidades do blog

Digite seus dados abaixo para assinar nossa newsletter e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça!

Assinatura realizada com sucesso.

Falha na assinatura. Favor checar seus dados.

Posts Populares

Orçamento Intercâmbio Canadá
Topo

Canadá na Web – Assine de graça!

Uma seleção das melhores notícias e artigos da internet sobre o Canadá, criada exclusivamente para assinantes. Digite seus dados abaixo e fique por dentro.

Cadastro efetuado com sucesso!