Siga-nos

OiCanadá

Turismo

Mês de março é tempo de sair pelo interior à procura de festivais de maple syrup

Março e abril são meses de curtir o maple no Canadá. Pra quem é tourista, é um programa único e divertido. Pra quem já mora no país, trata-se de aderir com apetite a uma tradição tão forte por aqui quanto o Natal ou o Thanksgiving. 

Estamos falando do sugar shack, da cabane sucrerie, do maple syrup festival e aqui você confere cinco opções bem diferentes e únicas de curtir esta verdadeira instituição do canadense (e até comer um torresminho…)

1. Stanley’s Olde Maple Lane Farm, Ontario

Esta é uma fazenda charmosa, muito procurada para casamentos, e que também está na lista dos 10 sugar shacks mais saborosos, belos e interessantes do país. A experiência aqui é mais pro gourmet — se é que isso é possível quando se tem um salão para 350 pessoas — e oferece no cardápio a panqueca tradicional, mas também a rabanada canadense, waffles, frittatas e deliciosos presunto e linguiça com maple. E tudo para comer à vontade. Lá fora, rolam ainda as atividades típicas de fazenda e aqueles passeios de carroça. Tem também lojinha onde dá comprar o maple que eles mesmos fazem e até carne do gado da fazenda deles.

2. Westfield Maple Syrup Festival, Ontario

Westfield, que fica na área rural de Hamilton, Ontario, a 86 km de Toronto, é um lugar interessante de se visitar em outras épocas do ano também, porque é uma vila histórica com 35 construções que replicam a vida canadense de antigamente com voluntários encarnando o papel de ferreiros, tecelãs, negociantes e muito mais. E isto vem ainda com uma floresta e algumas trilhas bem legais de se explorar. Mas agora em março a pedida é mesmo baixar lá para conferir o festival do maple que, aos domingos, oferece, a preços bem camaradas, o tradicional café da manhã de um sugar shack de Ontário, com panquecas (nada gourmet, tá?) em mesas comunitárias e um clima de festa no ar.

3. Cabane a sucre Lalande, Québec

A panqueca reina absoluta em Ontário, mas em Québec a experiência é bem diferente. Nesta cabana, por exemplo, que fica em Saint-Eustache, nos arredores de Montreal, além do passeio de charrete, da presença de pequenos animais típicos de fazenda e do delicioso maple no palito, o costume é ter música típica ao vivo e um cardápio variado e liberado para repetecos. Na Lalande, o menu inclui torresmo, linguiça banhada em maple, sopa, omelete e até feijão com bacon, além de quatro tipos de sobremesas. Um verdadeiro banquete e todo interativo — prepare-se para aprender a bater colheres de madeira para acompanhar a cantoria e a fazer coral nas cantigas de pergunta e respostas que fazem parte do folclore da região.

4. Sucrerie Jean-Louis Massicotte et filles, Québec

Considerada uma das 10 melhores cabanas do país, esta é uma sucrerie que tenta manter as coisas simples como sempre foram e por isso mesmo não é passeio pra quem quer luxo e conforto acima de tudo porque os caras estão no ramo desde 1710 e nem eletricidade têm. O resultado desse apego à simplicidade é, então, uma experiência bem única, onde imperam os lampiões a gás e os fogões a lenha. 

O lugar, que fica a 185 km de Montreal e a 103 km de Québec City, recebe apenas 40 pessoas e não tem música ao vivo, mas convida todo mundo a trazer instrumentos e tocar à vontade. Também incentiva o pessoal a trazer suco, refrigerante ou vinho de casa, além de um par extra de meias e botas à prova de água porque a fazenda fica no meio de uma mata, vai bater vontade de dar um rolê e aí é melhor estar preparado.

5. Sugar Shack TO

Pra quem não quer ou não tem como sair de Toronto, só por dois dias em março e bem à beira do lago, rola o Sugar Shack TO com maple no palito, chocolate quente, fogueiras e fogões a lenha pra esquentar, demonstrações de como se faz o syrup, música ao vivo, food trucks e atividades para a criançada, além de boas oportunidades para fotos sob medida para rechear qualquer Instagram que se preze. Ah, e o evento ainda é aberto a cachorros. Uma festa e tanto bem na Sugar Beach e acessível via ônibus! Para ver a data — que muda um pouquinho a cada ano e também o número dos ônibus, cheque o website do evento.

Leia também

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Turismo

Topo
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!