Siga-nos

OiCanadá

Yellowknife, Northwest Territories

Turismo

10 atrações imperdíveis do Canadá

A pandemia deixou grande parte das nossas vidas em suspenso, mas uma hora a gente sabe que vamos recuperar a liberdade de viajar e se encantar com a diversidade de belas paisagens que o Canadá oferece. Por isso a gente traz aqui uma lista com 10 grandes destinos canadenses pra gente visitar assim que as coisas ficarem mais tranquilas.

1. CN Tower, Toronto, Ontario

Símbolo da maior cidade do Canadá, a CN Tower costuma pontuar o humor de Toronto, trocando de cor a sua iluminação para celebrar campeões de hockey, de basquete, chorar tragédias ou alertar sobre problemas como o câncer de mama. E é, disparado, o point mais fotografado de TO. 

2. As Cataratas de Niágara, Niagara, Ontario 

É bonito mesmo ver aquele mundaréu de água caindo com as gotículas suspensas no ar formando arco-íris em dias de sol. É também lindo de ver quando a água se congela revelando esculturas naturais sob a iluminação artificial ali instalada nas noites de inverno. Além disso, é daquelas raras cachoeiras de fácil acesso. Imperdível!

3. Stanley Park, Vancouver, British Columbia

É daqueles lugares de deixar a gente de queixo caído oferecendo um mix de floresta, montanha e oceano. E tudo isso cravado bem no coração da cidade. Ao todo, são uns 400 hectares de vegetação típica da região, com esculturas e totens aqui e ali para dar um sabor extra ao passeio. Mas, de longe, o auge é ficar frente a frente com árvores imensas e muito antigas.

4. Parliament Hill, Ottawa, Ontario

Na capital canadense, há uma variedade incrível de museus, mas nada ali revela mais sobre o país que uma visitinha ao Parlamento. O prédio em si mesmo já é interessante o bastante, mas (em tempos normais) os aficionados por política podem também acompanhar sessões dos “deputados federais” ou dos senadores. Tem também cerimônia de troca de guarda e concertos de sinos.

5. Lake Louise, Banff National Park, Alberta

Num país onde há um lago a cada esquina, o Lake Louise é com certeza o mais famoso e bonitão de todos eles por conta das fantástica cor das suas águas. Vale também a pena dar um rolezinho pela floresta em torno do lago pra sentir um clima de filme de gnomos com direito inclusive a um perfume delicioso que exala das árvores.

6. Jellybean Row,  St. John’s, Newfoundland

Não é exatamente uma rua, mas várias delas e bem no centro de St. John’s, todas cheias de casinhas estreitas de dois ou três andares e coloridíssimas — uma coisa absolutamente incomum na paisagem canadense, onde os tons sóbrios e discretos costumam imperar. À beira do Atlântico e recheada de ladeiras, a área é também conhecida pela boa comida à base de frutos do mar.

7. Dufferin Terrace, Cidade de Québec, Québec 

A cidade de Québec é um charme puro, fazendo a gente sentir que está passeando por uma vila antiga europeia, e o pico dessa experiência é chegar ao Dufferin terrace e se esbaldar com a belíssima vista do grande rio St. Lawrence e do elegante hotel Le Château Frontenac — o hotel mais clicado do mundo!

8. Hopewell Rocks, Hopewell Cape, New Brunswick

Aqui o Oceano Atlântico esculpiu pelos séculos afora torres de pedra muito únicas e perfeitas para os mais belos Instagrams da vida. Além disso, duas vezes por dia a maré sobe até 16 metros de altura, mudando completamente a paisagem. Um espetáculo sem igual no mundo!

9. Skyline Trail, Cape Breton Highlands National Park, Nova Escócia

A Skyline Trail é uma trilha de sete quilômetros que oferece uma vista incrível de um despenhadeiro que desemboca no mar, com direito a pôr do sol de bater palma e ainda a chance de ver umas baleias fazendo o balé delas ali onde o rio St. Lawrence termina. A trilha é fácil, mas dura entre duas e três horas.

10. Aurora Boreal

Esse é um espetáculo difícil de descrever de tão incrível que é, e que pode dar o ar da graça em vários pontos mais ao norte do país. Dentre eles, o destaque fica por conta da cidade de Churchill, na província de Manitoba. Por lá, o show de luzes naturais em azul e verde pipocam nos céus cerca de 300 noites por ano — de quebra, ainda dá pra ver o icônico urso polar.

Fernanda é carioca, publicitária, co-fundadora e editora-chefe do OiCanadá. Imigrou para o Canadá no final de 2006 e se tornou cidadã canadense em 2011.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Turismo

Topo