Siga-nos

OiCanadá

Fredericton, capital da província de New Brunswick

Vistos e Imigração

New Brunswick quer aumentar imigração nos próximos cinco anos

O governo de New Brunswick considera a imigração de extrema importância para enfrentar os desafios sócio-econômicos gerados pelo envelhecimento e declínio da população da província. Conheça a sua nova proposta para imigração.

A nova estratégia de crescimento populacional de New Brunswick (PDF, em inglês) tem como meta passar a receber 7.500 imigrantes por ano na classe econômica até 2024.

Isso aumentaria a taxa de imigração da província para quase 1% da sua população total e quase dobraria o número atual de imigrantes que se estabelecem por lá.

Segundo o relatório apresentado, New Brunswick terá aproximadamente 120.000 empregos disponíveis nos próximos 10 anos, sem gente suficiente para preenchê-los.

As estatísticas mostram a força de trabalho da província perdendo 110.000 trabalhadores durante o mesmo período, principalmente para a aposentadoria.

A população atual de New Brunswick em idade ativa é muito pequena para preencher essas oportunidades e a taxa de nascimento em declínio significa que essa situação só vai piorar se a imigração não aumentar.

Segundo o documento divulgado, “A migração internacional é uma estratégia fundamental para diminuir o impacto desse declínio”.

O aumento da imigração para a província será alcançado principalmente através do Programa de Nomeação Provincial de New Brunswick (NBPNP) e do Piloto de Imigração do Atlântico.

O NBPNP permite que New Brunswick nomeie, a cada ano, um número definido de trabalhadores qualificados, empresários e graduados em instituições pós-secundárias de New Brunswick para residência permanente.

Já o Programa Piloto de Imigração do Atlântico é uma parceria federal-provincial dirigida por empregadores, lançada no ano passado para ajudar os empregadores da região do Canadá Atlântico a contratar trabalhadores estrangeiros para preencher as lacunas no mercado de trabalho.

Entre outras metas, a província também quer alcançar uma taxa de retenção de imigrantes de 85% até 2024 e aumentar o número de imigrantes que falam francês em 2% ao ano nos próximos cinco anos, para um total de 33% de toda a imigração à província, que reconhece o inglês e o francês como seus idiomas oficiais.

Fernanda Thiesen

Fernanda é carioca, publicitária, co-fundadora e editora-chefe do OiCanadá, e web designer no SiteToaster. Imigrou para o Canadá no final de 2006 e se tornou cidadã canadense em 2011.

2 Comentários

2 Comments

  1. EDNILSON CRISPIM DA ROCHA

    19/set/2019 at 16:04

    Boa tarde, Fernanda!!!
    Estou querendo dar uma melhorada no meu francês e devo passar 2,5 meses no Canada em 2020…caso possa, gostaria que me indicasse um curso de idiomas (francês, lógico) em New Brunswick, pois na internet só encontro colleges e com duração de de 04 meses (um semestre canadense)…grato!!!

  2. Maria Gabriela Eduardo

    19/set/2019 at 10:00

    Boa tarde caríssimos,

    Gostei amei o novo projecto da província New brunswick só espero que de tudo certo mesmo,porque quero tanto fazer parte desta nova família new brunswick.

    Um abraço a todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Vistos e Imigração

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo