Siga-nos

OiCanadá

Vistos e Imigração

Violência doméstica pode acabar com sonho de imigração

Caso de violência doméstica de brasileiro registrado em Saskatchewan mostra que a realidade do Canadá e do Brasil são bem diferentes e pode até culminar em deportação. 

A polícia da cidade de Moose Jaw foi chamada na noite de 18 de fevereiro para averiguar um incidente doméstico na residência de um casal brasileiro e constatou que o marido havia dado um tapa no rosto da esposa.

O brasileiro de 35 anos conseguiu evitar a cadeia por ter imediatamente reconhecido sua culpa, mas vai passar nove meses sob condicional.

Na prática, ele precisa mostrar um comportamento exemplar, sem nenhum novo incidente pelos próximos nove meses. Terá também que fazer um curso e se apresentar periodicamente ao oficial da condicional. Além disso, ele não poderá portar armas nem manter contato algum com a esposa.

O casal tem uma filha e está no Canadá há menos de um ano. Ele, que era piloto de helicóptero no Brasil, tem visto de trabalho e está empregado numa empresa processadora de carne de porco, enquanto ela tem visto de estudante. 

Caso o marido não cumpra todas as exigências da condicional, ele não poderá requisitar a residência permanente, porque será, então, registrado no sistema judiciário do país como criminoso e o Canadá não libera o documento de PR para quem tem antecedentes criminais. Se isto ocorrer, o rapaz deverá ser deportado.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Vistos e Imigração

Topo
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!