Siga-nos

OiCanadá

Trabalho

10 cargos com demanda TOP no Canadá em 2022

A Ramstad, uma gigante do setor de Recursos Humanos, publicou recentemente uma listagem com os cargos com maior procura já agora no começo de 2022 e que, segundo a análise da empresa, vão continuar quentes pelo ano afora. O levantamento traz algumas novidades, mas também mostra tendências que estão se consolidando e que podem ser tanto uma excelente oportunidade de trabalho agora mesmo quanto uma seta apontando para o que você pode estudar para o seu projeto Canadá.

1 – Gerente de grandes contas

É um trabalho de venda com o profissional encarregado de explorar a fundo as possibilidades de geração de mais renda com quem já faz parte da carteira de clientes de uma empresa. Em tempos competitivos como o que vivemos atualmente, a capacidade desse colaborador de fechar acordos e manter relacionamentos de longo prazo tem se mostrado fundamental.

2 – Desenvolvedor

Independente do tamanho da empresa, todas elas precisam de soluções técnicas para funcionar, crescer ou se manterem competitivas, em especial depois que a COVID fez a digitalização explodir. Nesse cenário, o desenvolvedor está ali para criar apps, desenvolver ou manter softwares específicos, ajudar na adoção de um sistema em nuvem e muito mais. E esta é uma tendência que deve seguir firme além de 2022. Ou seja, quem tem talento pra coisa deve mesmo investir. Quem já domina o assunto, tem mais é que ser proativo e se oferecer ao mercado. 

3 – Gerente de marketing

O escopo do trabalho aqui é amplo, mas, na essência, trata-se de alguém que promova uma marca ou produto para encontrar novos consumidores e, ao mesmo tempo, manter os clientes já conquistados. E isso quer dizer, hoje em dia, em saber surfar sobre todas as ondas do mundo digital, como as mídias sociais, por exemplo, ou o universo das palavrinhas mágicas que fazem a diferença nas buscas online (SEO). Mas dependendo do poder de fogo do contratante, o profissional pode também ser responsável por caras campanhas de TV, por exemplo. 

Apesar de ainda ser possível descolar trabalho na área contando com a experiência ou estudo fora do país, os profissionais do setor têm se organizado para promover uma credencial específica para atuação no Canadá. Ela não é uma obrigatoriedade. Mas pode funcionar bem para fazer a ponte entre os dois mundos. Então, pode ser uma boa ideia conferir o site deles: Chartered Marketer

4 – Enfermeira registrada

A demanda do setor é absurda e não para de crescer. Mas é preciso entender que a profissão é organizada de uma maneira bem diferente aqui no Canadá. Existem basicamente três categorias de enfermeiras(os) no Canadá: Registered Nurse (RN), Nurse Practitioners (NP) e Registered Practical Nurses – ou Licensed Practical Nurses (RPNs or LPNs).

Registered Nurses (RN) são profissionais que, dentre outras coisas, dão medicação, monitoram sintomas e ajudam os médicos com a documentação. Podem também fazer cursos de especialização em certas áreas, como neonatal, reabilitação, saúde cardiovascular, por exemplo. Já a Nurse Practitioner (NP) é uma RN turbinada com um mestrado ou um diploma específico de enfermagem e que pode fazer tudo que uma RN faz, mas também tem licença para examinar pacientes, fazer certos diagnósticos e receitar alguns tipos de medicamentos.

RPN e LPN são a mesma coisa. A diferença é que em Ontário e no Québec esses profissionais são conhecidos como RPN, enquanto o resto do país adotou o título de LPN. Esse grupo é o que requer menos estudo e costuma lidar com pacientes com quadros mais estabilizados e descomplicados. Se encarregam também de coisas mais simples, como troca de curativos, medição de pressão. Costumam ser muito procuradas para atendimento de longa duração, como em casos de paralisia, deficiências físicas e idosos.

Para saber mais sobre a profissão, confira o site da associação de enfermagem do Canadá.

5 – Motorista 

Já havia um descompasso entre a necessidade do mercado e a existência de motoristas de caminhão no Canadá, mas com as novidades impostas pela pandemia, a demanda cresceu de uma maneira assustadora. A grande maioria das possibilidades são para quem tem licença para dirigir caminhões pesados, mas há também uma variedade de vagas em aberto para entregas com vans ou até mesmo com carro próprio. Ou ainda para quem pilota fork-lifts, e outras máquinas. 

No caso específico de dirigir caminhão, no entanto, a estrada não é impossível de ser vencida, mas pode ser longa. Dê uma espiada aqui nas exigências, por exemplo, da província de Ontário.

6 – Atendimento ao cliente

Com tanta coisa funcionando online, esse é um ramo que anda explodindo. Ao mesmo tempo, as empresas entenderam que uma conversa de qualidade com o cliente em todos os seus canais — mídias sociais, email, telefone, chats — pode fazer toda a diferença. E aqui o nosso português pode ser uma vantagem, com a existência de vagas específicas. Há também várias ofertas para trabalhar em casa. 

7 – Soldador

Esse é um cargo que vem com alta demanda há décadas no país. Há possibilidade de trabalhar em indústrias específicas, soldando grandes peças, reparando navios e coisas assim. Ou atuando diretamente na construção civil que, aliás, está bombando, com o mercado imobiliário em alta e a necessidade de ampliar a passos rápidos a oferta de unidades. O caminho para se tornar um welder leva bem uns três anos, com a pessoa fazendo um programa de aprendiz, ou seja, recebendo para aprender. Neste site dá para ter uma ideia melhor do setor e das diversas especializações.

8 – Engenheiro

O primeiro grande desafio aqui é entender o uso dos termos engenharia e engenheiro no Canadá porque ele difere bem da utilização corriqueira no Brasil. Por aqui, quando usam estas palavras de uma maneira genérica, estão falando de TI. Mas, atenção: pode também ser um engenheiro civil, elétrico, mecânico para atuação nas indústrias ligadas às diversas fontes de energia utilizadas no país (nuclear, hidrelétrica, gás, petróleo), na construção e na manufatura de produtos. Então a dica é conferir toda oportunidade que tenha a palavra engineer no título. 

Outro dado interessante é que as empresas canadenses têm cada vez mais procurado recém-chegados ou até gente de fora do país para preencher estas vagas, em especial às ligadas ao mundo da TI. E aqui, de novo, vale ser proativo. 

9 – Contador

Tem coisa básica de que nenhum negócio consegue escapar e a contabilidade é um desses itens imprescindíveis. Sem falar que tem havido um monte de novos regulamentos em vários setores. Para lidar com isso, muitas empresas têm preferido ter um Contador dentro da sua própria estrutura (ou um departamento inteiro) e dá para ver que sobra procura e faltam candidatos.

Os profissionais precisam ser registrados no conselho de contabilidade do país, mas estrangeiros com formação no setor podem fazer um programa que eles chamam de bridging, e cortar caminho — até mesmo de graça — para poder atuar no ramo no Canadá. Uma organização tradicionalmente dedicada a isso é a Skills for Change em Toronto, mas é só procurar que você acha uma pertinho de você. Pra saber mais sobre a profissão e como se formar no ramo, tem o site da associação nacional dos contadores.

10 – Arquiteto de nuvem

Não tem jeito: a gente dá voltas aqui e ali, mas sempre retorna para o mesmo ponto, e que é a necessidade enorme de profissionais de TI. No caso da nuvem, um dos grandes movimentadores do setor tem sido o trabalho remoto e o anúncio que muitas empresas já fizeram de que passarão a adotar no mínimo um sistema híbrido quando as coisas estiverem mais calmas em termos de pandemia. E aqui, de novo, há a vantagem de não haver associações nacionais regulando a profissão. E isto quer dizer que a experiência de um profissional estrangeiro não precisa de um selo de aprovação de um órgão classista e que muitas vezes só quer manter os privilégios de uma turma.

Para saber mais

Fernanda é carioca, publicitária, co-fundadora e editora-chefe do OiCanadá, e web designer da SiteToaster.ca. Imigrou para o Canadá no final de 2006 e se tornou cidadã canadense em 2011.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Trabalho

Topo