Siga-nos

OiCanadá

Educação

Estudar inglês em TO vai muito além de aprender o idioma

Depois de doze horas de vôo com conexão em Nova York, Monica Korosue conta sobre sua chegada a Toronto e fala sobre os primeiros dias como estudante de inglês.

Minha vinda foi muito boa, mas só cheguei a esta conclusão depois de devidamente instalada em meu quarto na universidade. Durante a viagem, fiquei tensa, preocupada em não entender bem o inglês, pois a conseqüência disso poderia ser perder o vôo de conexão, a bagagem ou até mesmo não conseguir me explicar na alfândega dos Estados Unidos e do Canadá. Mas correu tudo bem e cheguei ao destino sem nenhum problema.

No aeroporto, fui recebida pela equipe da Universidade de Toronto e de lá fomos para o campus de Mississauga. Naquele final de semana acontecia o G20 Summit e o campus da região central onde eu ficaria hospedada se localizava justamente na zona dos protestos. Por segurança, os alunos só foram levados para o campus de Toronto na noite de domingo. Foi tudo muito organizado, mas muito cansativo.

Primeiras aulas

A agenda de aulas e de atividades é extensa e começa bem cedo. No primeiro dia de aula, fizemos uma prova classificatória para identificar o nível de inglês de cada um. Com base no resultado das avaliações, com no máximo doze alunos, foram formadas.

Fiquei impressionada com o número de estudantes de inglês no campus da universidade, e também com a diversidade de nacionalidades. Conheci pessoas de diferentes países, e arrisco dizer que é possível encontrar gente do mundo todo neste curso. Tem pessoas dos lugares mais inesperados – Mongólia, Grécia, Turquia, Taiwan, Bélgica, Filipinas, Paraguai, Singapura, etc. Acredito que esta seja a maior diversidade cultural que uma pessoa possa ver em um lugar só. Claro que, para não esquecer os nomes das pessoas e suas origens, tive que anotar tudo em um pequeno caderno que está sempre comigo.

Como estudante de inglês, confesso que não está sendo fácil compreender tantos sotaques diferentes, mas é muito interessante ver como é possível se comunicar com os diversos estudantes, mesmo apesar disso.

Culturas

Em uma das aulas, a professora da minha turma (Lynda) perguntou para uma estudante russa qual era a sua opinião sobre estudar inglês com pessoas de culturas tão diferentes, e ela respondeu: “… aqui, neste momento, o inglês está unindo as pessoas e também as suas diferenças (países, idades, cultura, etc).”

A frase parece utópica, mas aqui na Universidade de Toronto ela cabe perfeitamente. Cada vez que converso com alguém aprendo coisas novas e não é somente o inglês, mas também sobre a cultura dessas pessoas e seus costumes. O fato de estar longe do seu país te permite não sentir vergonha de parecer tola. Esta experiência está sendo muito enriquecedora.

Falando um pouquinho sobre os costumes dos torontonianos, é impossível não observar que eles gostam de andar a pé. Por aqui, os caminhos são bonitos, limpos e bem sinalizados. É realmente muito aprazível caminhar por lugares tão arborizados. Porém, eu estou aqui a menos de uma semana e já tenho bolhas nos pés.

E nós, estudantes, estamos seguindo este ritmo de andanças, mas quando chega o final do dia é muito comum escutar o pessoal reclamar de cansaço.

Cansada ou não, não está sendo fácil processar tantas novidades e ter o pique necessário para acompanhá-las. Mas cada minuto do meu dia tem sido de muito aprendizado e estou muito feliz por ter a oportunidade de viver isso.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Monica Keiko Korosue é paranaense, mas vive em São Paulo desde 1993. É casada e tem um filho. Monica é geminiana e como tal é uma mulher dinâmica, comunicativa, positiva, que adora novidade, de bem com a vida, tem muitos amigos, e é uma pessoa muito intensa e emotiva. Ela é dona de um carisma e astral festivo e sua principal característica é a busca por resultados e realizações. Monica é formada em Processamento de Dados pela Universidade Cidade de São Paulo e é especialista em Governança de TI com certificações internacionais em ITIL-Foundation, ITIL-Practitioner IPAD e CobiT. Trabalha com Tecnologia da Informação desde 1996 e atualmente é funcionária de uma associação ligada ao mercado financeiro brasileiro, atuando nas áreas de Infraestrutura, Serviços e Operação de TI.

11 Comentários

11 Comments

  1. diana pessoa gaivota

    17/jul/2010 at 23:13

    monica!!! adorei!!! parabens pelo post!!!bjs.

    • Monica Keiko Korosue

      18/jul/2010 at 19:06

      Oi Diana,

      Que legal que você gostou! Fico feliz que você esteja acompanhando os artigos.

      Um grande beijo!

      Monica

  2. maria elizete

    13/jul/2010 at 14:16

    isso mo eu acredito em vc bjim ba ps saudades

  3. Thais

    12/jul/2010 at 07:50

    Olá Mônica! Desde o começo acompanho os seus posts e todo dia entro aqui para ver se está atualizado, tenho o sonho de estudar na UofT há 2 anos, mas estou com algumas dúvidas sobre o pagamento, como por exemplo, o curso é pago com cartão internacional? vc fez a matricula sozinha ou por alguma agência?

    boa sorte e sucesso!

  4. Lucivaldo Ferreira

    11/jul/2010 at 15:58

    Monica eu moro em Pernambuco e pretendo aperfeçoar meu ingles, pois meu professor aqui no Brasil é Nigeriano e ja fez faculdade nos E.U.A. Minha pergunta é quanto vc pagou para estudar em toronto e quanto tempo vc vai ficar estudando ingles.E gostei muito de ter lido o seu comentario.

    Agradeço desde ja pela resposta.

    • Monica Keiko Korosue

      18/jul/2010 at 19:01

      Olá Lucivaldo,

      O preço depende das escolhas que você faz em relação aos cursos. dê uma olhadinha no meu primeiro artigo que lá você encontra links para o site da UofT com preços e tudo mais.

      Boa sorte! Monica

  5. Rafael

    11/jul/2010 at 05:24

    muito boa sua experiencia nao?! me da algumas informacoes sobre esse curso de ingles na U of T (University of Toronto), valores, datas etc. ou se for mais facil um site onde eu encontre tudo isso. Obrigado. PS. manda pro [email protected]

    • Monica Keiko Korosue

      18/jul/2010 at 18:58

      Rafael,

      Em meu primeiro post eu detalhei como funciona o processo de matrícula e estudos na UofT – Universidade de Toronto. Clique no link abaixo que você encontra todos os meus posts e se faltar informação, faça contato que eu te ajudarei.

      http://oitoronto.com.br/author/mkorosue/

      Um abraço.

      Monica

  6. eliane

    10/jul/2010 at 05:59

    Oi Monica fico feliz por saber que está gostando dessa nova experiência;estou adorando seus artigos ,não perco nenhum!beijos

    • Monica Keiko Korosue

      18/jul/2010 at 18:53

      Eliane,

      Meu tempo por aqui é inexistente…rsrsrsrs…. faço mil coisas ao longo do dia e sei que estou em débito com vocês, desculpe-me. Mas fico muito feliz de saber que vocês estão acompanhando.

      Beijos e obrigada pelo carinho.

      Monica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Educação

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo