Siga-nos

OiCanadá

Vistos e Imigração

Canadá quer mais estudantes internacionais como residentes permanentes no país

O Canadá pretende aceitar mais estudantes internacionais como residentes permanentes em 2013. Na última quarta-feira (31/10), o ministro da Imigração, Cidadania e Multiculturalismo do Canadá, Jason Kenney, afirmou que quer expandir o número de imigrantes na categoria “Experiência Canadense”, o que deve beneficiar alunos estrangeiros que estudam em instituições de ensino canadenses e alguns trabalhadores temporários no país.

Ao apresentar o planejamento anual de imigração (que indica quantos imigrantes serão admitidos no país e quantos estudantes e trabalhadores temporários poderão ficar), Kenney afirmou no Parlamento, em Ottawa, que a decisão foi tomada depois que pesquisas indicaram uma melhor adaptação no Canadá entre os imigrantes que dominam o idioma e possuem diplomas de instituições canadenses.

“Imigração é a alternativa para solucionar os problemas causados pelo envelhecimento da população e escassez de certos tipos de trabalhadores qualificados, mas é preciso que seja feito um bom trabalho na seleção de quem pode ter êxito rapidamente, que possa começar um negócio de sucesso e adicionar prosperidade ao Canadá”, disse Kenney. “Nosso Plano de Imigração para 2013 irá gerar uma economia de sucesso trazendo mais desses grandes talentos mundiais que já possuem um histórico de êxito no Canadá”.

Kenney fez o anúncio dos novos planos no setor de imigração para o próximo ano acompanhado de estudantes da Universidade de Ottawa e Carleton University, junto a cartazes com os dizeres “Faster Immigration” (imigração mais rápida, em tradução livre). “Esse é o tipo de gente brilhante que estamos tentando recrutar”, disse ele apontando para os universitários.

Imigrantes mais qualificados

Criada em 2008, a categoria “Experiência Canadense” tem como objetivo facilitar a imigração de quem possui experiência ou conhecimento em mão-de-obra altamente qualificada e já vive no país temporariamente como estudante internacional ou trabalhador fluente em inglês ou francês (as duas línguas oficiais do Canadá). A estimativa é que até 10 mil residentes permanentes sejam admitidos nessa categoria em 2013, uma quantidade quatro vezes maior que em 2009. No passado, alunos graduados em escolas canadenses teriam que se retirar do país para aplicar para a imigração, em um processo que poderia durar anos.

Segundo um relatório apresentado pelo governo canadense em agosto desse ano, estudantes internacionais representam crescimento econômico para o Canadá. Um estudo realizado pelo Departamento de Relações Internacionais do país mostrou que os alunos estrangeiros foram responsáveis por gerar cerca de $8 bilhões de dólares para a economia canadense somente em 2010, $1.5 bilhão a mais que em 2008.

Kenney ressaltou que o número de imigrantes aceitos no país anualmente (de 240 mil a 265 mil pessoas) deve continuar o mesmo em 2013. Ele afirmou que sofreu pressão de algumas províncias canadenses e do NDP (Partido Democrático Novo) para aumentar a quantidade de residentes permanentes por ano, mas que pesquisas de opinião pública mostraram que os canadenses estão menos favoráveis a imigração. Segundo ele, isto estaria ocorrendo devido a um índice de desemprego alto entre os imigrantes, em torno de 14%.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Marcio Rollemberg é pernambucano e formado em jornalismo. Foi editor-chefe de um telejornal universitário, produziu documentários e trabalhou como repórter de TV no Brasil. Em 2005 mudou-se para Toronto e atualmente é um dos colaboradores de uma revista e de um canal de TV. Em 2011 juntou-se a equipe do OiCanadá, onde escreve matérias sobre Turismo e Variedades.

17 Comentários

17 Comments

  1. Gilberto Neto

    08/jun/2014 at 17:07

    Olá eu sou Gil, e sou angolano e gostaria de saber mais informações sobre este assunto, é que quero tanto não só morar fora do país mas como também estudar. Por favor ajude-me. Meu email é [email protected].

  2. Jonas

    07/dez/2012 at 12:10

    Muito legal, Gostaria de saber se é possível levar o cachorro tb, tenho um Labrador, em uma oportunidade dessa não quero deixar ele aqui….

  3. Raphael Fernandes

    03/dez/2012 at 05:30

    Vejo muitos comentários a respeito do Canadá. Sobre os critérios a respeito a imigrantes e tal. Gostaria de saber realmente como este país é de fato: acolhedor ou não?

    • Anna Luiza

      11/abr/2013 at 16:03

      Rafael, o Canadá é um país muito acolhedor, sem dúvida alguma!

  4. Raphael Fernandes

    03/dez/2012 at 05:23

    O meu maior sonho é morar neste país. Estou fazendo de tudo para que este sonho se torne realidade. E acredito realmente que este sonho se realizará.

  5. Erik

    01/dez/2012 at 16:24

    Discordo completamente do post acima. Moro em Toronto há 3 anos e atualmente faco college aqui de 2 anos, o que me enquadra no Canadian Experience Class e o processo é limpo, objetivo e funcional. Tudo fica muito bem explicado e nao houve qualquer barreira pra que eu pudesse trabalhar aqui dentro das regras, que sao: Estar matriculado em um programa de estudos full-time, de ensino superior em uma escola filiada ao governo, com duracao de 2 anos e ter boas notas. Cumprindo os requerimentos citados eu obtive minha permissao de trabalho, literalmente, EM 2 SEMANAS depois que apliquei (tudo online). Depois de graduado no programa de 2 anos, serao concedidos 2 anos de visto de trabalhao e trabalhando por 1 ano me é dado o direito a residencia.
    Dinheiro e sim necessário de fato, principalmente para cobrir os custos de educacao (que por sinal sao virtualmente os mesmos que uma pessoa que cursa uma universidade particular conceituada em sao paulo teria), mas planejamento é ainda mais essencial.

    • Nara

      01/dez/2012 at 17:23

      Olá Erick,
      estou pretendendo fazer intercâmbio em Toronto para aperfeiçoar o Inglês e fazer o Toefl.
      A princípio estava querendo fazer um mestrado nos Estados Unidos, mas lendo sobre o Canadá comecei a me interessar em fazer aí mesmo.
      Vc pode entrar em contato comigo para me dar umas dicas?

      Obrigada,
      Nara.

    • Juliana

      09/dez/2012 at 23:11

      Ola Erik vc foi bem objetivo no seu post, vc poderia mais ou menos me passar qto custa um college por 2 anos e quais as melhores areas são boas no mercado canadense, sei que a area da saude eh boa mas não eh meu ramo, sou formada em administração, gostaria de saber como funciona o Canidian Experience e quando eu me formar e receber o open e fizer o income tax eu terei a dedução. Ah e quais os colleges que fazem parte do programa.

      Obrigada.

    • Cláudio

      23/dez/2012 at 20:13

      Olá, Erik. Meu filho está indo para Toronto dia 10/01 através de um programa de intercambio do governo brasileiro. Ele vai estudar na Universidade de Toronto e precisaria morar próximo. Vc sabe se é fácil alugar um quarto naquelas proximidades e como fazer isso por internet. Se puder ajudar agradeceria imensamente.
      Obrigado
      Cláudio Garcia

    • Priscila

      20/jan/2013 at 13:53

      Oi Erik, gostaria muito mesmo de entrar em contato com vc please, vi que esta passando pelo o processo do Canadian Experience Class, estou aflita cheia de duvidas, pois quero muito imigrar atraves desse processo. Por favor, me mande um email para que possamos conversar : [email protected] e meu skype eh: amara_mozarq. Aguardo o seu contato. Abracos.

    • vagner

      13/Maio/2013 at 15:27

      Erik,
      quero fazer universidade no Canadá, de economia ou administração, o que você me aconselha, a fazer um college ou uma university?

  6. Gabe

    01/dez/2012 at 16:16

    A logica eh muito simples por traz desta “bondade” do governo:

    O Jovem canadense so quer saber de fumar maconha e jogar playstation. E se um pouco destes quiser estudar vai usar o $ do governo como financiamento.

    Trazer um estudante internacional eh um otimo $ negocio. O candidato que chegar aqui vai realmente gastar muito $ com sua adpatacao, custo integral do estudo (o governo,novamente, financia parte desse custo para os seus e nao pra quem eh de fora) saude e coisas do dia a dia (diversao, bem estar etc). zero de responsabilidade.

    Em resumo: Venha, gaste muito $, estude muito, e se depois disso tudo vc conseguir se estabelecer no mercado de trabalho (q diga se de passagem nao esta um mar de rosas) agente da um jeito de vc ficar aqui com o experience class.

    Sao as regras do jogo, aceite quem quiser.

    • Daniel

      05/dez/2012 at 11:06

      Gabe,

      Concordo com vc. De forma bem direta a regra é essa… Chegamos a pagar o triplo do preço (CAD$14 MIL o ano) das universidades/faculdades aqui em relação aos canadenses.

      Para quem pensa que vai poder conciliar estudos e trabalho aqui como muitos fazem no Brasil não é tão simples!

      Se vier para estudar tem que vir pra fazer apenas isso. E os custos daqui para só estudar é muito alto.
      Você só tem direito a trabalho apos 6 meses do inicio do curso e meio expediente (20 hrs semanais) enquant seu direito de trabalho nao chega, você terá que gastar o seu dinheiro da poupança ou se for muito rico pede pra papai pagar os seus custos…

      As propria faculdades dão uma ideia dos custos de vida de um estudante internacional em seus sites.

  7. Candice

    26/nov/2012 at 12:17

    Eh preciso muito dinheiro! Estou aqui no Canada com meu marido e so agora estou vendo quanto eh custoso. Trouxemos uma boa grana vendendo nosso apartamento no Brasil e eu estou com medo do dinheiro nao da. Se voce quer trabalhar e estudar eles impoem mil barreiras como se fosse uma coisa de outro mundo. Eh maravilhoso, mas venha com o bolso cheio de dinheiro para nao passar aperto.

    • Nara

      01/dez/2012 at 17:25

      O que significa bolso cheio Candice?
      Quanto seria?
      =/

  8. Rafael

    07/nov/2012 at 14:45

    Este ano me identifiquei muito com o Canada e gostaria muito de imigrar.
    Com esta noticia fico mais esperançoso…
    Meus planos seria pegar um pós ou uma graduação para permanecer tempo suficiente para criar raizes e poder ficar de vez.
    Alguem ai pensou em alguma estrategia?

    • Fabio Araujo

      04/dez/2012 at 08:44

      Olá Raphael, tudo bem?
      Estou pensando a mesma coisa, consegue manter contato comigo?
      Meu e-mail é [email protected]

      abcs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Vistos e Imigração

Posts Populares

Topo