Siga-nos

OiCanadá

Vistos e Imigração

Mudança de regras facilita imigração de deficientes

No mês passado, o governo federal canadense anunciou alterações nas regras de imigração que devem ajudar o sucesso de quem quer mudar para o Canadá mas é portador de certo nível de deficiência física ou intelectual.

A novidade surgiu como resposta a uma série de casos de grande repercussão na mídia envolvendo gente bem integrada e bem empregada, mas rejeitada pela Imigração por, teoricamente, representar um ônus maior ao sistema de saúde público do Canadá.

A cada ano, cerca de mil pessoas eram rejeitadas no processo de imigração em função de problemas de saúde. A média é baixa em relação ao total de candidatos (0.2%), mas problemática para muitas famílias e, segundo o próprio governo, em completo desalinhamento com os valores inclusivos da sociedade canadense.

A lógica por trás da rejeição era de que pessoas com necessidades extras de apoio em termos de serviços sociais ou médicos poderiam onerar os gastos gerais do governo. Mas a verdade é que a economia representou apenas 0.1% dos gastos oficiais com saúde, por exemplo, em 2015.

A novidade quebra um ciclo de 40 anos de rejeição de pessoas com necessidades diferenciadas, mas ainda é vista como tímida pelos ativistas. Para eles, a adaptação da lei é pouco. O Council of Canadians with Disabilities (CCD) acredita que o único caminho justo seria a completa eliminação das limitações que ainda vigoram nas regras.

Para saber mais, visite o anúncio no site do governo canadense.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Lia

    09/out/2019 at 17:49

    Olá, antes de mais parabéns pela página.
    Eu sou a lia, tenho 34 anos e sou d nacionalidade portuguesa.
    Estou a pensar ir para o Canadá mas, tenho muitas dúvida por isso decidi pedir a vossa ajuda.
    Sou portador de deficiência física e sou mãe de 2 meninas gêmeas de apenas 2 aninhos. Quero dar o melhor futuro para elas e melhorar a minha qualidade de vida também em termos de reabilitação física.
    Tinha 16 anos quando fui-me diagnóstica uma doença muscular chamada Polimiosite, desde então, tem sido uma luta constante para melhorar a minha qualidade de vida, continuo a lutar até hoje, com mais determinação ainda visto que, já sou mãe.
    Queria saber se conhece alguém no Canadá que me possa dar algumas informações sobre: apoio que existe para pessoas com deficiência, se houver centros de reabilitação física e quais são as condições para puder ter acesso. E também se aceitariam as minhas filhas na creche.
    Agradeço desde já pela atenção.
    Cumprimentos
    Idèlia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Vistos e Imigração

Posts Populares

Topo