Siga-nos

OiCanadá

Vistos e Imigração

Quebec vai na contramão federal e terá menos imigrantes em 2019

Cumprindo uma promessa de sua recente campanha, François Legault, primeiro-ministro do Quebec, anuncia que vai mesmo na contramão dos planos federais e está pronto para baixar o número de imigrantes previstos para 2019 em 24%.

Os cortes serão feitos, em sua maioria, nos programas comandados pela própria província, mas o primeiro ministro Quebecois quer ainda meter a mão na cumbuca federal e conter programas que hoje estão fora do seu controle, como a reunificação de familiares e, em especial, a chegada de refugiados.

O partido de Legault, o Coalition Avenir Québec (CAQ), diz que a imigração coloca em risco os valores, a identidade e a língua dos Quebecois e destaca ainda o fato de que um dentre cada cinco imigrantes que chegam à província mudam para outro canto do país assim que possível.

Mas o governo federal não está feliz com o rumo tomado pela província e avisa que vai continuar batalhando para rever esta posição, em especial no que tange a reunificação de famílias.

A expectativa inicial era de que a província mais francesa do Canadá receberia 53.300 imigrantes em 2019. Com o novo governo, no entanto, a meta caiu agora para 40 mil pessoas.


Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Vistos e Imigração

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo