Siga-nos

OiCanadá

Trabalho

Québec procura imigrantes professores ou que queiram abraçar a profissão

A província vive uma falta crônica de profissionais do ensino com o problema sendo ainda mais acentuado na área da grande Montreal, onde estima-se a necessidade de 1.500 professores nos próximos cinco anos. Para tentar contornar a situação, o governo está agora de malas prontas, à caça de talentos além das suas fronteiras.

A estratégia oficial tem atacado em duas frentes, incentivando a formação para ensinar e buscando mão-de-obra qualificada fora da província e até do país. Em junho, por exemplo, um time de recrutadores irá visitar a França e a Bélgica na esperança de conseguir trazer alguns profissionais na bagagem. 

Ao mesmo tempo, o departamento de imigração avisa que os professores interessados em mudar para o Quebec serão tratados como prioridade em um processo acelerado. 

Quem tem diploma para ensinar tirado na Algéria, Bélgica, Camarões, Colômbia, Egito, França, Moldávia, Marrocos, Romênia, Tunísia ou Estados Unidos precisará percorrer um caminho específico (e mais curto) para validar sua formação. 

Já os bacharéis em matemática, química, inglês ou música formados em qualquer parte do mundo também têm um atalho para se tornarem professores no Quebec e que começa em um contato com uma das universidades locais para comprovar a equivalência do treinamento e a chance de cobrir qualquer buraco que possa existir. 

Além disso, a província também está interessada em pessoal que possa dar aulas em seus cursos técnicos. Nesta categoria, eles buscam gente com mais de três mil horas de experiência prática em um ramo e que esteja disponível para fazer um curso de professor especializado no chamado “treinamento vocacional” em uma universidade do Canadá.

Por fim, quem quiser simplesmente investir em virar professor estudando em uma universidade local também será bem-vindo. Há programas de assistência financeira e a possibilidade de se trabalhar, por exemplo, como professor substituto enquanto faz o curso. E existe ainda a possibilidade de se obter uma licença provisória para poder aceitar contratos de tempo integral. 

Confira aqui uma lista completa das universidades que oferecem cursos de formação para o ensino em Québec: 

Para saber mais visite o site Quebec.ca.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Trabalho

Posts Populares

Topo