Siga-nos

OiCanadá

Vistos e Imigração

Como descolar trabalho no Canadá mesmo ainda fora do país

Segundo os números oficiais do governo, só no ano de 2020 foram emitidos 18.225 vistos de trabalho temporário para brasileiros. Isso não representa nem 0,03% do total de vistos liberados desta modalidade. Ao mesmo tempo, o Canadá sinaliza que deve continuar priorizando gente com experiência de trabalho canadense em seus programas de imigração. Veja aqui como e quem pode aproveitar esta oportunidade para se dar bem.

As estatísticas mostram que os brasileiros ainda não estão explorando a fundo esta oportunidade de imigração através do trabalho. É o que Gabriel Viana, consultor de imigração licenciado no Canadá, revela ao fazer um balanço do ano de 2021: “O Canadá tem mesmo dezenas de rotas e cada caso pode se encaixar melhor em um ou outro programa de imigração oferecido pelo país. Mas, em geral, um excelente stream é o de trabalho temporário, porque ele resolve o desafio da renda enquanto garante a tão importante experiência canadense”, afirma o especialista.

Como construir sua própria oportunidade

Para o profissional brasileiro que está fazendo mestrado na renomada Osgoode Hall Law School da Universidade de York em Toronto, é importante que os interessados em imigrar sejam proativos e criativos em suas buscas por caminhos e que batam mesmo na porta dos empregadores. “Muita empresa nem conhece as possibilidades, mas abraça a proposta com entusiasmo. E isso vale tanto para quem ainda está no Brasil quanto para a pessoa que já está trabalhando aqui e decide conversar com o patrão para poder conquistar sua residência permanente. A diferença, no entanto, é você ir bem informado para este bate-papo, oferecendo solução para o empregador.”

Gabriel Viana – Consultor de imigração licenciado no Canadá

A falta de mão-de-obra tem sido mesmo um grande desafio para os empresários canadenses e isso vale para todo tipo de trabalho, do faxineiro passando pelo pessoal da saúde até o profissional de TI. Portanto, o negócio é se inteirar melhor de como funcionam as regras do governo, passear pelos sites de ofertas de emprego, localizar oportunidades que se encaixem no seu perfil e fazer contato. 

Alguns empregadores já passaram pelo processo de obter uma LMIA (Labour Market Impact Assessment), que é uma avaliação que o governo faz para tentar garantir que nenhum estrangeiro ocupe uma vaga que poderia ser preenchida por um canadense ou residente permanente. “Estes empresários já estão no ponto para a contratação”, explica Viana, “mas o processamento de uma nova LMIA pode ser mais rápido do que se imagina. O problema é saber navegar as várias rotas, porque existem até programas de contratação que nem precisam de LMIA”.

Navegando as opções com segurança

De fato, em novembro de 2021, dependendo do caminho escolhido, o tempo de processamento variou bastante. Uma LMIA estava levando 14 dias úteis para ser liberada para o Global Talent Stream e se multiplicava por mais de quatro vezes no caso do High Wage Stream. “Por isso é que vale a pena fazer uma consulta online ou presencial. Na maioria das vezes a gente já consegue prescrever um ou mais caminhos viáveis ali mesmo, no final do encontro. E esse início sólido, bem planejado, vira economia de duas coisas preciosas: tempo e dinheiro para quem quer imigrar. Além de colocar a pessoa muito mais próxima de uma aprovação da sua candidatura de imigração”, acrescenta Viana.

De fato, pode ser mesmo mais fácil navegar os mais de 100 programas de imigração oferecidos pelo país com a ajuda de um profissional especializado, experiente e devidamente reconhecido pelo governo canadense. E ainda melhor se ele fala a sua língua.

Para saber mais

Viana Immigration:

Governo Canadense:

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Vistos e Imigração

Topo