Siga-nos

OiCanadá

Dinheiro

Dicas financeiras para viver no Canadá

Recomeçar a vida em um novo país é algo que assusta muita gente, e é também uma experiência que pode levar os recém-chegados a fazerem dívidas. Por isso é tão importante fazer um levantamento preciso de quanto irá custar a vida no Canadá e tomar o cuidado de também fazer uma “previsão” das despesas não previstas.

Gerencie seu dinheiro: aprenda a viver dentro do orçamento e evitar a armadilha da dívida. Mesmo que você tenha feito uma estimativa de quanto irá lhe custar viver no Canadá, não conseguirá chegar a um valor exato até que realmente esteja vivendo aqui. Durante seus primeiros meses no país, comece a guardar notas a anotar todos os seus gastos, desde mercado até sua xícara de café diária. Isto irá lhe fornecer um ponto de partida para preparar seu orçamento.

Vale a pena criar um orçamento!

É difícil controlar o quanto gastamos quando não fazemos um orçamento. Ao preparar um orçamento, você verá exatamente para onde seu dinheiro está indo e alcançará seus objetivos de curto prazo, como pagar contas mensais, fazer um curso ou quitar a dívida no cartão de crédito. Ao separar um valor fixo regularmente, você também poderá alcançar seus objetivos de longo prazo, como comprar uma casa ou carro, pagar uma faculdade e fazer viagens.

Planeje com antecedência

Ninguém está livre de surpresas como manutenção de carro ou problemas de saúde. Por isso é tão importante separar um parte do dinheiro para os dias chuvosos. Tente poupar o equivale a de três a seis meses de salário para ajudar você a superar crises inesperadas. Essa medida também te ajudará a não afundar muito em dívidas.

Reduza sua dívida

É importante manter controle sobre seus empréstimos, incluindo saldos não quitados no seu cartão de crédito, linhas de crédito e empréstimos pessoais, e encontrar formas de quitá-los o mais rápido possível. Fazer isso irá lhe garantir um bom histórico de crédito para que você consiga pegar dinheiro emprestado quando chegar a hora de comprar uma casa ou solicitar outro empréstimo. A próxima dica irá lhe ajudar a limitar e reduzir sua dívida.

Desejos ou necessidades?

Antes de fazer mercado, comprar roupas, eletrônicos ou brinquedos, reserve um tempo para se perguntar se a compra é realmente algo de que você precisa ou se é somente algo que você deseja. Você realmente precisa do item em questão? Se a resposta é não, então é apenas algo que você quer ter. Coloque o item de volta na prateleira, e diga a si próprio que estará economizando um dinheiro que será, no futuro, usado para algo mais importante.

Pagar depois?

Se você acabou de chegar ao Canadá, pode estar precisando comprar um móvel ou carro. Muitos vendedores oferecem planos do tipo “compre agora, pague depois”. Apesar de essas ofertas parecerem tentadoras, podem se tornar uma nova fonte de dívida se você não quitá-las dentro do prazo. Alem de pagar o valor devido, terá que pagar também altas taxas de juros, de até 30%. É melhor evitar esse tipo de plano a não ser que você tenha condições de quitar a dívida dentro do prazo, ou seja, antes dos juros se acumularem.

Cartões de crédito não são uma fonte ilimitada de dinheiro

Lembre-se de que o cartão de crédito é uma forma de pagamento, não uma fonte financeira. Se você quer usar seu cartão de crédito, certifique-se de ter dinheiro suficiente para pagar seu saldo total até a data de vencimento. Manter este simples fato em sua mente irá ajudá-lo a não gastar dinheiro que você não tem.

Mude seus hábitos

Você pode economizar bastante simplesmente deixando de realizar pequenas compras freqüentes. Por exemplo, você pode economizar várias centenas de dólares por ano apenas mudando seus hábitos.

  • Use transporte público para ir trabalhar, ao invés do carro;
  • Faça seu próprio lanche ao invés de comprar algo perto do trabalho;
  • Leve seu próprio café para o trabalho; e
  • Compre roupas que não precisam ser lavadas a seco.

Recursos disponíveis

Para ajudá-lo a criar um orçamento e evitar dívidas, a Financial Consumer Agency of Canada (FCAC) criou livretos de dicas:

  • Dicas sobre orçamento: Provê informação sobre orçamentos, inclui um guia de “como fazer” e uma detalhada planilha para ajudá-lo na montagem do seu.
  • Dicas sobre dívidas: Oferece conselhos sobre como gerenciar melhor suas finanças pessoais.

A FCAC é uma agência do governo federal que protege os direitos dos consumidores e fornece informações úteis e objetivas sobre serviços e produtos financeiros. Para aprender mais sobre serviços e produtos financeiros, visite o site da FCAC ou ligue grátis para 1–866–461–3222.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Canadian Newcomer Magazine is a free glossy, magazine with full colour cover and interior. The mission of the magazine is to connect the regions diverse ethnic communities in Canada using one voice and language by providing free information, advice, entertainment and encouragement to new immigrants. To that end, the magazine is written in English, but the vocabulary and grammar are kept as plain and simple as possible - complex ideas written in entry level English. Subjects covered include employment, housing, Canadian lifestyles, health, finances, ethnic media and education. The publication is being used as a teaching tool at many schools throughout the GTA. Canadian Newcomer Magazine is published six times per year with all issues available online in both English and French.

12 Comentários

12 Comments

  1. daniela

    15/set/2015 at 17:01

    Concordo com eles entrei aqui para saber qual seria meu custo de vida no Canadá ou ter mais ou menos uma idéia do custo que eu tenho teria de enfrentar

  2. eustaquio

    22/out/2013 at 18:34

    OLHA O QUE EU QUERIA SABER E QUANTO GANHA UM LAVADOR DE PRATO NO CANADA,UMA FAXINEIRA, UMA BABA ETC,,,, E QUANTO CUSTA ALUGAR UM QUARTO PARA UM CASAL MORAR NUMA CASA DE FAMILIA COM PESSOAS BOAS E DIVIDIR O QUE FOR NECESSARIO SEM ESTRAVAGANCIA COMO NOS ESTADOS UNIDOS…E SE PUDER ME DIZER QUANTO E UM ALUGUEL DE UM APARTAMENTO DE UM QUARTO E UM DE DOIS QUARTOS ,ISTO MENSAL,,,MOREI 14 ANOS NOS STATES E LA SEI TUDO, MORAVA EM ABINGTON MA,,, OBRIGADO

  3. Roby

    06/nov/2012 at 05:31

    Olá, gostaria de algum contato de alguém que foi morar no Canadá, para trocar idéias.
    Desde ja agradeço…
    [email protected]

  4. Hermenegildo

    09/Maio/2012 at 07:29

    Finalmente, penso que é o objetivo principal em saber mos o custo de vida, tipo aluguer de casa, custo do consumo dos serviços (agua,luz,telef,telev,etc.) escola, saúde etc, etc.

  5. delson

    29/jul/2011 at 19:07

    concordo com o senhor ai em cima,preci-se de algo mais solido quanto custa mais menos para um casal viver no Canada? 20.000 usd mais ou menos? precisam ser mais claros

  6. Fernanda Thiesen

    Fernanda Thiesen

    01/set/2010 at 23:13

    Conforme sugestão dos leitores, alteramos o título da matéria. :)

  7. kathia

    30/ago/2010 at 15:47

    belíssima matéria, Oi toronto como sempre bem informativo para os próximos recem-imigrantes ou turistas.
    As matérias são tão boas, pareçe que já moro em toronto.

  8. Wellington

    30/ago/2010 at 12:30

    Devo confessar que fiquei horrorizado com o custo de vida no Canada. Atualmente moro ha 16 anos no EUA. Pensei que Boston o custo de vida fosse caro mas depois de passar 1 mes em Toronto percebi que estava no paraiso e nao sabia. E muito caro viver no Canada. 1 mes para mim foi o suficiente. Agora, so para visitar e olha la.

    • Thiago

      31/out/2011 at 16:36

      O problema foi comparar com Toronto que tem um dos maiores custos de vida da América do Norte. Outras cidades do Canadá não são tão caras.

  9. Ronaldo Mendes

    30/ago/2010 at 11:55

    Permitam-me uma crítica em relação à reportagem “QUANTO CUSTA VIVER NO CANADA?”. O assunto abordado na reportagem é excelente. Mas na verdade, trata-se de uma aula de economia e não condiz com o título da reportagem! Saber quanto custa viver no Canadá, é ter idéias de custos de moradia (aluguel ou compra de imóveis), alimentação, bens e serviços e etc. Aí sim, se saberia quanto custa viver no Canada. Principalmente se fosse feita uma compraração proporcional com o Brasil. Espero que a minha sugestão tenha sido valiosa.
    Um abraço para toda a equipe.
    Ronaldo Mendes

    • Christian Pedersen

      30/ago/2010 at 19:39

      Obrigado pelo comentário e sugestão, Ronaldo. Por mais que se faça uma matéria mais específica sobre custos, tudo irá depender do estilo de vida da pessoa e da forma em que ela estiver por aqui. Esta matéria, produzida pela nossa parceira Canadian Newcomer Magazine, mostra isso mesmo. Dependendo da forma que você se planejar, você terá como saber quanto custa viver no Canadá.

      • Bia Castro

        30/ago/2010 at 22:25

        A matéria ficou ótima, mas confesso que também entrei aqui esperando ver algum tipo de valor. Entendo que aluguel e estilo de vida são fatores determinantes, mas, o fato é que o título não condiz com a matéria.. que é excelente, mas me deixou um pouco com vontade.

        Adoro o site, parabéns à equipe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Dinheiro

Topo