Siga-nos

OiCanadá

Notícias

Cada cabeça, um jornal

Em Toronto há mais de 10 opções jornais de acordo com o Advertising Rates&Data. São variadas visões políticas e textos para todos os gostos. Cada um tem seu jornal favorito e não faltam opções de leitura diária na quinta maior zona urbana da América do Norte.

Recordista

O Toronto Star é o maior diário do Canadá, com mais de 2,7 milhões de leitores por semana e quase 120 anos de história. O jornal é visto como uma voz liberal e representante do nacionalismo canadense. Algumas pessoas como Elena Jardim, leem o “Star” por acreditarem na seriedade e imparcialidade do jornal. “Os outros jornais são de pouca qualidade e muito conservadores”, diz a brasileira, que mora há 22 anos em Toronto. O canadense Michael Kruze, de 35 anos, afirma ler também o “Toronto Star”, por ser um jornal de notícias locais e por ter uma visão política semelhante a sua.

“Imparcialidade”

Recentemente redesenhado e relançado, o The Globe and Mail, segundo jornal de maior circulação no país e também baseado em Toronto, é conhecido por sua visão política de centro, ou seja, apoiou tanto conservadores quanto liberais nas recentes eleições no país. O jornal é também um dos eleitos de Michael Kruze, por ter “melhores textos e pela seção de Artes”. O “Globe” é também o favorito do brasileiro Firmo Pompeu, de 35 anos, que acredita na imparcialidade do jornal.

De graça

Já o canadense Derrick Burgess, 43 anos, prefere jornais como o Eye Weekly, “basicamente por ser gratuito”, comenta. “Eu geralmente leio o ‘Metro‘ e o ‘24 Daily‘ pela mesma razão, além das palavras cruzadas”, diz. Entre suas críticas, Derrick considera o “Metro” superficial e acha que o “Eye Weekly”, por ser semanal, acaba ficando datado e por isso Derrick muitas vezes opta por jornais para públicos específicos como o “Xtra!”.

Ler para aprender

Jornais gratuitos possibilitam também aos recém-chegados a chance de desenvolver o idioma. “Aprendi muito com os ‘Metros’ da vida. Além da vantagem de serem gratuitos e serem distribuídos nos transportes públicos, os textos leves me ajudaram bastante”, afirma o estudante brasileiro Juliano Monteiro.

Conservador

O National Post é também um dos periódicos de grande circulação no país e com sede em Toronto. O jornal surgiu em 1907 chamado de “Financial Post”, nome que mudou em 1988. É considerado a voz dos conservadores e combate o que considera um “preconceito liberal” por parte da mídia canadense. O brasileiro Firmo Pompeu, afirma que o tanto o “Post” quanto o “Toronto Star” demonstram ser tendenciosos em suas matérias, revelando suas opiniões políticas.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Paulo é formado em Comunicação, já trabalhou com cinema e morou na Irlanda, Espanha e Estados Unidos. Está em pleno processo de migração para o Canadá. Escreve desde sempre, se interessa por música, cinema, carros, esportes, projetos sociais, ou seja, quase tudo! Leitor voraz, aproveita-se das novas tecnologias para estar “do lado de cá, sendo lido, criticado, e quem sabe, num sonho “twittiano” sendo acompanhado”.

1 Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Notícias

Topo
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!