Siga-nos

OiCanadá

Lazer

Cinema drive-in é diversão à moda antiga

A primavera chegou, os dias estão mais longos, as temperaturas mais altas e as atividades ao ar livre voltam a fazer parte do nosso dia a dia. É também quando tem início a temporada dos drive-in movie theaters, ou cinemas drive-in, uma maneira divertida de assistir a filmes à moda antiga.

Cinemas drive-in são ao ar livre e geralmente possuem duas ou mais telas gigantescas, se comparadas às telas de cinemas tradicionais. O 5 drive-in, que fica a 35km de Toronto, em Oakville, é o maior e mais frequentado da região.

Por ser ao ar livre, esse tipo de cinema funciona somente de abril a outubro e apenas durante a noite, já que seria impossível enxergar a projeção na tela durante o dia, com a luz do sol. Apesar de funcionar sob chuva, uma noite ideal para ir a um drive-in é quando a temperatura está agradável e o céu limpo, o que é bastante comum aqui em Toronto e região durante essa época do ano.

Até três filmes por noite

Drive-ins são simples por natureza: possuem telas de cinema, grande área para estacionamento de carros e lanchonetes. O 5 drive-in possui três telas de cinema, e em cada uma delas são exibidos até três filmes numa só noite, geralmente às 8pm, 10pm e 12am. Ao invés de comprar bilhete para ver um filme, como em cinemas tradicionais, compra-se o bilhete para a tela. Ou seja, você pode ver até três filmes em uma só noite.

Os filmes que passam em cada tela têm temas relacionados entre si. Por exemplo, enquanto em uma das telas os três filmes são de ação, na outra os filmes são do gênero dramático, e na terceira são de terror, e assim por diante. É importante lembrar que depois que comprar seu bilhete para determinada tela, você não pode mudar.

Intervalo

Entre cada filme há um intervalo de mais ou menos 15 minutos, que é quando são exibidos desenhos, geralmente das décadas de 50 e 60. Apesar deste ser o momento ideal para dar uma volta pelo drive-in e ir até a lanchonete de fast-food, muitos não resistem e ficam assistindo aos desenhos. Vale notar que, tecnicamente, é proibido entrar com alimentos e bebidas de fora no drive-in.

Quanto custa?

Há diferentes promoções nos diferentes dias da semana, e o ingresso pode custar entre C$5 e C$12 por pessoa ou até mesmo C$15 por carload, ou seja, por todo mundo que esteja junto no mesmo carro.

Ao invés de assistir ao filme de dentro do carro, muitos preferem levar cadeiras de praia para assistir sentado do lado de fora. Mesmo assim, o som do filme vem de dentro do veículo, pelo rádio, já que cada tela possui uma estação.

Romantismo

Drive-ins já foram retratados em inúmeros filmes clássicos, especialmente entre as décadas de 50 e 70, quando cinemas ao ar livre eram bastante populares e faziam parte essencial da cultura norte-americana. Eram frequentados por todos, desde casais, que aproveitavam o clima romântico para assistir aos filmes na privacidade de seus próprios carros, até grupos grandes de amigos, que preferiram drive-ins por serem um ambiente descontraído e onde inclusive era permitido o consumo de bebida alcoólica.

Declínio

Nas décadas de 80 e 90 os drive-ins perderam popularidade e se tornaram cada vez mais raros, já que o custo de manter grandes propriedades, necessárias para o estacionamento dos veículos, cresceu muito nessa época. Os poucos que sobreviveram a este período apelaram para uma audiência mais alternativa, exibindo principalmente filmes de baixa qualidade que eram bastante violentos e que exploravam temas de sexualidade.

Na virada do século, porém, drive-ins se tornaram populares novamente e passaram a ser frequentados por casais e grupos de amigos, além de famílias inteiras.

Nostalgia

O intuito dos drive-ins de hoje é justamente permitir que os frequentadores tenham uma experiência nostálgica e “voltem no tempo,” já que tudo no cinema drive-in, desde os cartazes e propagandas até a lanchonete e os desenhos que passam nos intervalos entre os filmes, lembram as décadas de 50 e 60.

Serviço

É simples chegar ao 5 drive-in, basta pegar a Queen Elizabeth Way, ou QEW, sentido West e sair no Ford Drive já em Oakville. A “viagem” não leva mais do que 30 minutos.

Bons filmes!

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Bruno é natural de Santo André (SP) e mora no Canadá desde 2007, onde estudou Filosofia e Criminologia na Universidade de Toronto até 2014. Mantém os blogs Enganos Mundanos e Conditioned Things.

2 Comentários

2 Comments

  1. Amanda

    14/abr/2011 at 11:56

    Que bacana, fiquei com vontade de ir… só falta o carro! rs

    • Bruno

      14/abr/2011 at 22:41

      Eu deveria ter dado uma sugestão quanto a isso, a verdade é que sempre tem uma vez ou outra quando se aluga um carro, por exemplo quando um grupo de amigos quer visitar alguma cidade relativamente longe de Toronto, ou algo assim. Nesse caso, o drive-in é um ótima maneira de encerrar o dia quando se tem um carro a disposição e irá entregá-lo apenas no dia seguinte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Lazer

Posts Populares

Topo