Siga-nos

OiCanadá

Lazer

Os veleiros estão de volta: o Redpath Waterfront Festival traz a Toronto a beleza dos navios a vela

O Redpath Waterfront Festival acontece anualmente em Toronto mas não é sempre que o evento inclui como atração a presença de grandes veleiros vindos de várias partes do mundo. Mas na edição deste ano, quem for ao Harbourfront entre os dias 20 e 23 de junho vai poder se maravilhar com a majestade de 16 embarcações.

O festival vai ter a presença de 9 veleiros do Canadá, 6 dos Estados Unidos e um da Noruega, que vão ficar ancorados ao longo do Harbourfront. É uma festa belíssima que ainda inclui música, comida, um espetáculo pirotécnico, visitas ao deck dos barcos e uma grande parada no lago Ontário no último dia, quando todos os veleiros deixam a cidade.

O festival faz parte também da Tall Ships 1812 Tour, organizada para celebrar a Guerra de 1812, quando os Estados Unidos tentaram invadir o Canadá. Os veleiros vão visitar 16 portos da província do Ontário lembrando o centenário do conflito. Toronto é a única cidade em que todos os barcos estarão presentes.

Mesmo para quem não entende nada de navegação e nunca velejou na vida, é impossível não admirar a beleza dos barcos. A estrela deste ano é o norueguês Sorlandet, um colosso de 64 metros de comprimento e um imponente mastro principal com 34 metros de altura. Construído em 1927 para ser um navio de treinamento, o Sorlandet abrigou marinheiros de submarinos alemães na Segunda Guerra, passou por períodos de abandono, chegou a ser usado para cruzeiros no Caribe e hoje voltou a ter a função de navio-escola, além de ser atração em eventos pelo mundo, como o centenário da estátua da Liberdade em Nova York, em 1986.

Outra preciosidade do festival é o US Brig Niagara, um dos últimos navios remanescentes da Guerra de 1812. O veleiro participou da batalha do Lago Eire, afundou em 1820 e foi recuperado em 1913. Depois de várias restaurações, pouco restou dos materiais originais do navio, mas o fato é que o US Brig Niagara é considerado um tesouro do Estado da Pennsylvania, onde permanece ancorado a maior parte do tempo junto ao Erie Maritime Museum. No verão, o veleiro viaja pelos Grandes Lagos e este ano Toronto vai poder admirá-lo.

Muitas das embarcações que vêm para o festival são usadas para treinar jovens na arte de velejar. É o caso do canadense STV (Sail Training Vessel) Pathfinder que mantém um programa de férias em que toda a tripulação, exceto o capitão, é formada de alunos da high school. O americano STV Unicorn tem a mesma função mas é um navio exclusivamente feminino. Mais de 500 adolescentes e 300 mulheres canadenses e americanas já receberam treinamento no Unicorn.

Ver os navios por fora e participar das muitas atividades do festival já é um ótimo programa, mas é possível ainda visitar o deck dos veleiros e conversar com a tripulação. Pena que este ano as visitas, que costumavam ser gratuitas, agora são pagas. Os ingressos custam de $11.25 a $40 e saem mais baratos se comprados com antecedência pela internet.

O melhor da festa, entretanto, continua sendo de graça: a grande parada dos veleiros no domingo. Vai das 4 às 6 da tarde e não dá para perder. A imagem dos barcos, todos juntos, com as velas enfunadas, navegando pelo lago Ontário é maravilhosa. E nunca se sabe quando vai acontecer de novo.

Para mais informações sobre o festival e para comprar os ingressos visite o site do Toronto Waterfront Fest.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Patricia Almeida nasceu em Curitiba e começou a carreira de jornalista na TV Paraense, emissora filiada à Rede Globo, na capital paranense. Depois mudou-se para São Paulo, onde foi coordenadora de produção do Jornal Hoje, editora-executiva do SPTV e editora de texto do programa “Mais Você”, também na Rede Globo. Foi ainda produtora de documentários da Rede SescSenac. Veio para o Canadá em 2003 e durante 8 anos foi produtora de programas em língua portuguesa da OMNI TV. Além de colaborar escrevendo para o OiCanadá, é também responsável por manter o Instagram do blog atualizado com belas fotos.

1 Comentário

1 Comentário

  1. ALDI CANTINHO

    18/jun/2013 at 08:53

    Pena que não vai ser em Julho! Adoraria ver isso de perto..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Lazer

Posts Populares

Topo