Siga-nos

OiCanadá

Experiência

Chegando pelo aeroporto de Toronto

Ao chegar a Toronto pelo Pearson International Airport, existem três principais meios de transporte para seu destino na cidade: transporte público, taxi ou transfer. Cada um tem suas vantagens e desvantagens, por isso vale a pena analisar um por um para escolher aquele que condiz com as suas necessidades e exigências.

Transfer

Para quem chega a Toronto pela primeira vez, o transfer talvez seja a opção mais simples. O serviço busca os passageiros no aeroporto na hora combinada e os deixa em seus respectivos destinos. É possível contratar um transfer do Brasil mesmo, por agências de turismo ou pela internet.

Para os intercambistas, principalmente viajando sozinhos, é o serviço mais recomendado. Quando o pacote é fechado com a agência de intercâmbio, logo eles oferecem o transfer (providenciado pela escola) que deixa o aluno na homestay ou na residência estudantil.

Os valores variam, aproximadamente, entre 80 e 120 dólares para destinos dentro da GTA (Great Toronto Area) e são cobrados por pessoa.

A opção pelo transfer é indicada para aqueles que não conhecem a cidade e não se sentem seguros para tentar o transporte público. Entretanto, vale lembrar que a van é dividida entre passageiros com destinos diferentes, então a viagem pode demorar um pouco ou bem mais do que a de taxi e de transporte público.

É possível contratar também o serviço de transfer para municípios vizinhos a Toronto e até para cidades americanas próximas. Os balcões de informações ficam no primeiro piso do Terminal 1 (Ground Level) e no piso de desembarque do Terminal 3 (Arrivals Level).

Taxi/Limo

O taxi é parecido com o serviço de transfer, buscando no aeroporto e deixando em casa, mas é ainda mais confortável, pois é particular e vai direto ao destino.

Para turistas e intercambistas viajando acompanhados de amigos e parentes, vale a pena considerar a opção de taxi. O valor vai ser próximo ao do transfer, até menor dependendo do destino, mas não é cobrado por pessoa e pode ser dividido entre os passageiros. Com isso, o valor para cada um deve variar entre 30 e 60 dólares, aproximadamente.

Dentro da GTA, as tarifas são predeterminadas baseadas no tempo e na distância da viagem. No mapa abaixo, é possível verificar a tarifa correspondente à área de destino, do aeroporto para o centro:

Tarifas do aeroporto para o centro. Fonte: GTAA

Tarifas do aeroporto para o centro. Fonte: GTAA

Além dos taxis, os passageiros também têm a opção de irem de limousine. Os carros são maiores e mais sofisticados, mas o preço também é tabelado por região de destino. Para se ter uma ideia dos valores, do aeroporto (que fica a oeste de Toronto) para o centro da cidade, a tarifa é de 58 dólares; para o norte (região de North York perto da estação Finch), o valor é cerca 54 dólares e para o leste (perto de Scarborough), os preços variam entre 70 e 80 dólares.

A diferença de preço entre a tabela de taxi e de limousine não é muito grande: para ir do aeroporto para o principal cruzamento da cidade (Yonge Street com Bloor Street), por exemplo, de taxi seria 54 dólares e de limousine 59.

Todas as tarifas de taxi e limousine, incluindo destinos fora da GTA, podem ser encontradas no site do aeroporto.

No Terminal 1, o embarque em taxi/limo é localizado na área A1, para voos domésticos, e na D1 para voos internacionais. Já no Terminal 3, o embarque deve ser feito no Post 11, em voos domésticos, e no Post 31, em internacionais.

Limousines. Fonte: Toronto Airport Limo

Limousines. Fonte: Toronto Airport Limo

Quando eu cheguei a Toronto, escolhi pegar o taxi. Como não conhecia nada da cidade e estava com mais uma pessoa para dividir o valor, achei que seria a melhor opção. E foi mesmo muito tranquilo. O aeroporto é bem sinalizado, dá pra achar facilmente as saídas específicas, e os motoristas são bastante atenciosos.

Vale lembrar que não é recomendado pegar taxis ou limos de pessoas chamando passageiros de dentro do aeroporto para segui-los até o estacionamento ou qualquer outro lugar.

Ônibus

Para aqueles que já estão acostumados com a cidade e com o transporte, o TTC é certamente uma boa escolha, mas isso não quer dizer que visitantes de primeira viagem também não possam se aventurar pelo transporte público de Toronto. É eficiente, seguro e uma ótima opção pelo preço mais em conta.

A primeira alternativa é o ônibus 192 Airport Rocket: O serviço liga o aeroporto à estação de metrô Kipling. A viagem dura 25 minutos aproximadamente e custa 3 dólares. É importante lembrar que é preciso ter esse valor trocado para embarcar no ônibus, o motorista não dará troco e isso vale para qualquer ônibus ou streetcar do TTC.

O 192 Rocket é equipado com escadas específicas para o nivelamento com o chão, ajudando passageiros a subir com suas bagagens, e tem espaço suficiente para acomodar as malas.

Os horários dos ônibus podem ser conferidos aqui.

Os veículos saem do Ground Level do Terminal 1 e do Arrivals Level do Terminal 3.

Foto por James Bow. Transit Toronto Collection (2013)

Foto por James Bow. Transit Toronto Collection (2013)

Da estação Kipling, você pode pegar o metrô ou outro ônibus para seu destino final e não precisa pagar mais por isso. O transporte público de Toronto é interligado, então o motorista do 192 Airport Rocket te entregará um papelzinho (chamado transfer), que te dá direito de pegar outro veículo do TTC. Além disso, é possível pegar um taxi da Kipling, que pode ficar mais barato do que pegar um taxi no aeroporto dependendo do seu destino.

Para entender melhor o transporte público de Toronto, assista ao nosso vídeo.

A segunda alternativa é o ônibus executivo Toronto Airport Express: O serviço liga o aeroporto à Union Station, passando por diversos hotéis no centro. A viagem pode variar entre 30 minutos e 1 hora e custa 26 dólares. Para utilizar esse serviço e conferir os horários é necessário o agendamento no site. Os ônibus também saem do Ground Level do Terminal 1 e do Arrivals Level do Terminal 3.

Como contei, quando cheguei a Toronto, peguei um taxi por não conhecer bem a cidade. Entretanto, no mês passado fui buscar uma pessoa no aeroporto e, já mais familiarizada, fui de transporte público. Peguei o metrô até a estação Kipling e não precisei esperar nem 2 minutos pelo 192 Rocket. Na frente do embarque existe uma tela com os horários do ônibus e o tempo estimado para a chegada do veículo é preciso.

O ônibus faz apenas 2 paradas e vai direto para o aeroporto, o que faz a viagem ser bem rápida. A mesma coisa acontece no trajeto de volta. Conhecendo melhor a cidade e o TTC, a opção de transporte público para/do aeroporto é muito boa.

Com tantas opções, o importante é que os passageiros identifiquem aquela que mais atende às suas necessidades. Preço, tempo, conforto, segurança… Tudo isso importa na hora de se planejar e uma chegada tranquila é determinante para começar bem uma viagem.

foto: Carlos Pons

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Raisa Mendes é jornalista, metade brasileira, metade italiana e completamente mineira. Formada pela UFMG e com experiência na área de assessoria, marketing e social media, veio para Toronto para estudar e trabalhar.

3 Comentários

3 Comments

  1. jorge haas

    29/mar/2016 at 19:36

    A ESQUECI VOU DE CARRO ALUGADO

  2. jorge haas

    29/mar/2016 at 19:35

    BOA NOITE RAISA ESTOU CHEGANDO EM TORONTO COMO FAZER PARA IR ATE O CENTRO.

  3. antonio merces

    27/jun/2014 at 17:07

    Ola Raisa,
    Chego pelo aeroporto Pearson e ficarei hospedado no Hotel Front Street Condo, na 300 front street west, próximo a CN Tower. Somos em 5 adultos. Pelo que li, o melhor é pegar o 192 saltar na estação Kliping e de lá pegar o metro. Minha pergunta é em qual estação saltar e se ficaria longe do hotel.
    Muito obrigado,
    Antonio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Experiência

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo