Siga-nos

OiCanadá

Experiência

4 vantagens que serão conquistadas mesmo se o Plano Canadá falhar

Muitas pessoas pensam — em um dado momento — sobre a possibilidade do Plano Canadá falhar, e isso é absolutamente normal. Por isso tenho pesquisado muito sobre essa importante questão, e trago boas notícias.

Primeiramente, não se sinta culpado por pensar nessa possibilidade, afinal, são muitas as circunstâncias que podem levar a isso. São as famosas pedras do caminho. Contudo, permaneça resiliente com o seu plano, afinal, você só terá a ganhar com ele, mesmo que ele “falhe”.

Pensemos um pouco nas vantagens desse plano, que serão conquistadas mesmo que você termine não indo ao Canadá:

1. Você aprenderá a ser organizado, ou seja, terá que fazer um ótimo planejamento. Uns terão mais dificuldades, outros nem tanto, isso é bem pessoal, mas para quem tem um estilo de vida menos regrado, ou seja, não tem o hábito de planejar, tal tarefa será absolutamente mais difícil. Se é o seu caso, recomendo que busque ajuda para aprender a ser organizado. Existem empresas especializadas nisso, consulte o Google e pessoas que já passaram pelo processo, embora eu tenha minhas ressalvas quanto a isso, afinal cada experiência é única. E lembre-se sempre: economizar aqui é ganhar lá;

2. Você terá que estudar sobre a cultura do país: essa certamente é uma outra vantagem do plano, afinal, quando se pensa minimamente em uma viagem já se pensa e se estuda ao menos um pouco sobre os costumes locais, o que inclui os pratos típicos, música, o que fazer durante o dia e à noite, qual o tipo de esporte majoritário onde você vai, qual é a história desse país, e por aí vai dependendo da sua área de interesse, naturalmente. Agora, pensando em se mudar, ou seja, fazer parte de uma nova cultura por um período maior de tempo, ou definitivamente tornar-se cidadão de um novo país, como será isso se você não potencializar o seu desejo de aprender sobre a cultura local?

3. Você precisará estudar inglês, e muito, afinal, terá que se submeter a testes oficiais de proficiência. No entanto, digo testes oficiais não apenas pensando em testes de proficiência de idioma — desses não se escapará mesmo –, mas pensando também no dia- a-dia, ou seja, seremos testados oficialmente o tempo todo, e cada vez mais e durante toda a vida e, penso ser isso muito bom, desafiante sempre. O ruim é viver estagnado, sem sonhos, sem prospecção, isso sim seria ruim em minha humilde opinião. Quando, enfim, me perguntam se é possível viver noutro país sem falar a língua deles eu respondo imediatamente: não é possível. Pense você contratando um estrangeiro que não fala português, seria viável? Não.

4. Você terá que economizar dinheiro. Pergunto: isso é ruim? De forma alguma. Nunca foi, nem nunca será, e nem preciso discorrer sobre, não é mesmo?

Por fim, de acordo com as minhas pesquisas, nada se perde no plano Canadá, ou com qualquer outro plano de crescimento, de melhoria e de mudança de vida. Apontei aqui apenas quatro pontos que julgo essenciais para não me alongar, mas com certeza absoluta há mais pontos a serem destacados. Espero ter ajudado em algo, e permaneça firme com o seu plano, você só tem a ganhar.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Experiência

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo