Siga-nos

OiCanadá

Lazer

E aí? Vamos tomar uma?

Por incrível que pareça, a resposta não é tão simples assim. O consumo de bebidas alcoólicas aqui no Canada é regulamentado, e comprar aquela cervejinha pode se provar mais complicado do que ir à padaria da esquina e pegar umas latinhas.

Para falar bem a verdade esse é o único ponto negativo que encontrei até agora vivendo aqui. Comprar uma cerveja ou vinho (ou qualquer que seja sua bebida preferida) é um ato que exige certo planejamento.

Primeiramente, a venda é controlada pelo Liquor Control Board of Ontario (Junta de Controle de Bebidas Alcoólicas de Ontário), mais conhecido como LCBO. Isso significa que apenas as lojas que pertencem ao LCBO podem vender bebidas alcoólicas e durante os horários autorizados.

Me lembro bem quando cheguei e fui passear por um supermercado e qual não foi a minha surpresa após rodar a loja de cima a baixo e não encontrar uma latinha de cerveja sequer. Foi quando descobri que apenas as lojas do governo LCBO e The Beer Store têm autorização para a venda de álcool, isso sem contar algumas raras lojas de vinhos.

As lojas LCBO tem um posicionamento mais chique, nelas se pode encontrar de tudo: vinho, cerveja, vodka, whisky, etc. Não apenas produzidos localmente, mas importados do mundo todo. A seleção é impressionante, principalmente se considerarmos que é um monopólio do governo, e as opções são para todos os bolsos. Um detalhe interessante é que a famigerada HST (a taxa canadense) não se aplica aqui. O preço que está na prateleira é o que você vai pagar no caixa.

The Beer Store

As lojas The Beer Store, como o nome já diz, vendem apenas cervejas. É bem interessante o conceito dessas lojas, que mais parecem um armazém de bebidas, daqueles que a gente só encontra hoje em dia nas cidades do interior. Além de vender cerveja, faz parte da política da rede comprar de volta os cascos e embalagens, incentivando a reciclagem.

Como as lojas raramente ficam perto de casa, o que a maioria das pessoas faz é comprar as bebidas planejadamente e em grandes quantidades. É bem comum encontrar caixas de 32 garrafas tipo “long neck” de cerveja ou até maiores. Nos finais de semana, ver carros com os porta-malas abarrotados de caixas de cerveja é normal, pois todo mundo aproveita a viagem para reabastecer o estoque, reciclar as garrafas vazias e economizar uma graninha no processo.

Existem em alguns locais pequenas lojas que também vendem vinhos, como é o caso da Wine Rack, encontrada em alguns shoppings, mas elas somente vendem vinhos locais e que, normalmente, são bem simples. Você, claro, tem a opção de ir a um pub ou restaurante matar a “sede”, mas as bebidas são apenas para consumo no local e tenha em mãos um documento de identidade, pois a idade mínima de consumo (19 anos) é respeitada com seriedade.

Felizmente há um projeto do governo para colocar quiosques LCBO em supermercados e facilitar a comprar para o cidadão, como você pode conferir na  matéria Supermercados de Toronto ganham quiosques LCBO até o final do ano. Por enquanto, o jeito é continuar respeitando o calendário de compra.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Mauricio é paulista, natural de Guaratinguetá, formado em Marketing pela ESPM de Sao Paulo com especialização em Coordenação de Eventos Corporativos. Com mais de 10 anos de experiencia em produção de eventos no Brasil, se mudou para o Canadá no final de 2013 e atualmente reside em Mississauga, na GTA, e está se adaptando à vida canadense.

6 Comentários

6 Comments

  1. Florence

    13/Maio/2014 at 14:06

    Mauricio, em Montreal nao funciona da mesma forma! Aqui tb temos as lojas de bebidas que sao chamadas de SAQ mas eleas estao em todo lugar! tem muitas!! Alem disso aqui as bebidas tambem sao vendidas nos supermercados e tb nas lojas de conveniencia! Dizem que em Quebec as coisas sao mais “relaxadas” mesmo!! rsrsrs

    • Anônimo

      01/fev/2020 at 22:52

      É verdade , estive em Quebec (laval) e se vende até em posto de combustível.

  2. Paulo

    06/Maio/2014 at 04:14

    Eu considero esta ‘atitude’ do governo canadense de controlar o consumo e a comercialização de bebidas alcoólicas como mais um ponto totalmente positivo e que deveria servir de exemplo para o mundo todo, mas infelizmente isto seria uma ‘utopia’ da minha parte.

    É realmente lamentável para quem mora nas cidades brasileiras, ter que ouvir garrafas quebrando em bares e ‘botecos’ espalhados por todos os bairros e saber que não existe nenhuma ‘lei’ que possa tentar controlar a venda ou mesmo a o consumo a qualquer hora do dia ou da noite. E mais lamentável ainda, é percebermos que cada vez mais aumenta o número de jovens tendo a sua ‘inicialização’ no consumo descontrolado.

    Parabéns ao Canada por esta ‘genial’ política interna!!

  3. Hugo Costa

    05/Maio/2014 at 16:06

    Será que nas lojas da LCBO se encontra cachaça?
    Nesse friozinho daí cairia bem =D

  4. Fabrício Stefanini

    05/Maio/2014 at 11:32

    Conheci 2 lojas da LCBO, realmente impressionante a quantidade de opções :-D Mas se precisar de algo de ultima hoje ja era hehehe Ótima matéria.

  5. Marcia Guimaraes

    05/Maio/2014 at 09:17

    Parabéns pela matéria!!! Mais uma novidade sobre viver no Canadá. É necessário planejamento até para se comemorar com uma loura gelada, como se diz aqui no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Lazer

Posts Populares

Topo