Siga-nos

OiCanadá

Trabalho

As 10 profissões de maior futuro no canadá

Todo ano a revista Canadian Business faz uma lista das carreiras com melhores perspectivas futuras no país. A análise é baseada em taxas de emprego, média e desempenho salarial. Conheça aqui as dez profissões com as melhores classificações no ranking e um pouco sobre a rota para chegar lá.

1. Gerente especializado em concessionárias de água, eletricidade e gás (utilities manager) — Não existe curso específico para esta carreira, mas há demanda e um bom primeiro passo pode ser um diploma de administração de empresas ou, no caso de posições mais técnicas, ser um engenheiro formado. Também pode ser útil ter um curso de eletrotécnica de um college.

2. Gerente de engenharia (engineering manager) — Aqui a procura é por alguém que saiba supervisionar equipes e tudo mais em projetos de engenharia. Para isso, espera-se que o profissional tenha se formado nos cursos tradicionais de engenharia, como civil, mecânica ou elétrica. Um mestrado em engenharia ou em administração também pode ajudar.

3. Supervisor de montagem de tubagem (Pipefitting supervisor) — Este é um cargo que não exige formação universitária, mas requer uma certificação só obtida através de um sistema em que a pessoa atua como aprendiz de um técnico experiente. E é claro que, para chegar a supervisor é preciso acumular anos de trabalho com a mão na massa, lidando com sistemas de aquecimento, de água e de óleo de tudo quanto é escala — desde ambientes residenciais até instalações comerciais e industriais. Para encontrar programas de aprendiz na área, procure “pipefitter apprenticeship program”.

4. Farmacêutico (Pharmacist) — A procura por farmacêuticos só deve aumentar, porque há problema de falta de médicos em várias áreas do país e algumas províncias têm se movimentado para ampliar o escopo da profissão de farmacêutico para aliviar a carga para cima dos doutores — hoje o farmacêutico já pode, por exemplo, pedir e interpretar o resultado de exames tipo o de sangue em algumas províncias. Para atuar na área é preciso ter o diploma universitário específico.

5. Diretor em administração pública (Public administration director) — Não há um curso específico, mas pode ser uma carreira para quem tem formação em ciências políticas, economia, administração ou advocacia. E como é um cargo sênior, a expectativa é de que o profissional tenha já acumulado anos de experiência no serviço público. Se tiver interesse em trabalhar para o governo federal vale a pena investir no francês, se o seu forte for o inglês — ou vice-versa — pois pesa para eles que o funcionário fale as duas línguas oficiais do país. Outro passo no caminho certo é um mestrado em negócios públicos (public affairs).

6. Gerente de serviço de saúde (Health care manager) — Alguns colleges já começaram a oferecer cursos na área e há também mestrados dedicado à função. Mas o mestrados estão abertos apenas para profissionais com alguma formação acadêmica já na área de saúde, como médicos, enfermeiros, farmacêuticos etc.

7. Administrador Sênior (Senior Business manager) — É cargo sênior, então, é preciso colecionar anos de experiência antes de chegar lá, mas um bom começo é ter uma sólida formação em administração e investir em um mestrado que garanta uma especialização em uma determinada área — pode ser exportação e importação, logística, desenvolvimento sustentável ou engenharia, por exemplo.

8. Gestor de finanças (Banking and credit manager) — Aqui importa ter uma formação em economia ou administração e estar disposto a um começo simples, como caixa de banco, por exemplo. Há ainda a possibilidade de usar a língua portuguesa para ajudar a descolar uma posição no início de carreira. Muitas agências situadas em áreas com forte presença de imigrantes optam por funcionários com domínio de outras idiomas. Outra coisa importante numa carreira nesta área é manter um bom histórico de crédito (credit report). Nenhuma instituição financeira gosta de contratar gente que está com uma pontuação baixa (o que seria no Brasil mais ou menos o equivalente a um “nome sujo”).

9. Veterinário (Veterinarian) — O Canadá todo tem apenas quatro escolas de veterinária e forma só 450 profissionais por ano, então, há espaço. Mas é importante olhar além do mercado de gatos e cães. Para quem vem com curso de fora, o melhor é partir para um mestrado e/ou doutorado. Para quem quer estudar aqui é se preparar para cerca de oito anos de aula pela frente.

10. Gestão de marketing de relações públicas (Marketing and public relations manager) — A formação neste caso pode ser de jornalismo, comunicação, marketing, relações públicas. E pode ser de college ou universidade. Prepare-se, porém, para apresentar um sólido portfólio — descole jornais, revistas e sites em inglês que aceitem textos de voluntários para ter o que mostrar. É possível também trilhar uma rota mais técnica, aprendendo a fazer vídeos promocionais e a gerenciar mídias sociais. Pense seriamente ainda no campo de gerenciamento de comunicação de crise. Fique de olho em cursos canadenses de especialização oferecidos por colleges ou mestrados, porque isto sempre ajuda.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Trabalho

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo