Siga-nos

OiCanadá

foto: http://www.flickr.com/photos/smaku/

Cultura

Toronto sob o olhar brasileiro

A colunista Monica Korosue fala sobre suas primeiras impressões da cidade de Toronto, rotina e hábitos dos que aqui residem.

Toronto é uma cidade multicultural, e como esta afirmação é clichê, resolvi procurar no dicionário o significado da palavra “multicultural”, muito falada por aqui.

Segundo o dicionário Michaelis:

MULTICULTURAL: adj (multi+cultural) 1 Relativo ou pertencente a várias culturas ao mesmo tempo: Política multicultural. 2 Formado por muitos grupos culturais distintos: Sociedade multicultural.

Após alguns dias da minha chegada a Toronto, com a rotina (intensa) estabelecida e com os olhos de turista brasileira, pude observar algumas curiosidades sobre o estilo de vida em Toronto, sobre a rotina dos Torontonianos e também sobre seus hábitos.

Devido à pluralidade de culturas, não posso afirmar que minhas observações sejam relacionadas ao comportamento típico dos canadenses, mas talvez sim aos aspectos mais comuns de um comportamento coletivo.

Então resolvi listar algumas curiosidades:

Corpos à mostra: é impressionante como as pessoas por aqui usam pouca roupa no verão. Para as mulheres, o incomum é usar calça. Elas preferem shorts, saia, vestido, e tudo bem curtinho. Para os homens, as bermudas e regatas são o hit da estação.

Unhas: pela forma como unhas dos pés e mãos estão pintadas, imagino que as mulheres prefiram elas mesmas realizar o serviço, ao invés de irem à manicure. Elas usam as cores mais variadas e o engraçado por aqui é observar os pés.

Verão: os dias são longos, o sol se põe às 9 horas da noite e neste horário as pessoas ainda estão usando óculos de sol.

Gorjeta: apesar da gorjeta não ser obrigatória, faz parte da cultura canadense dar uma boa “recompensa” ao bom atendimento em restaurantes e bares. É importante se atentar para este detalhe ou poderá ser “cobrado” publicamente. O valor mínimo para quem quer dar uma gorjeta decente é de 15% sobre o valor da fatura, antes dos impostos.

Cerveja: encontrar cerveja gelada é uma missão “quase” impossível. Se quiser consumir algo realmente gelado, a melhor opção é o sorvete.

Bebidas alcoólicas: você só pode comprar bebidas alcoólicas nas lojas de cerveja (The Beer Store), lojas do governo chamadas LCBO (Liquor Control Board of Ontario), que vendem não só cerveja, mas também destilados e vinhos, ou em lojas especializadas em vinhos.

Café: a preferência por aqui é pela cafeteria Tim Hortons. É impressionante a quantidade lojas pela cidade.

Trânsito: as pessoas só atravessam a rua pelas faixas de pedestres e se os semáforos estiverem abertos, mesmo que não haja carro algum. Os carros sempre param para as pessoas passarem. Um exemplo de educação e cidadania.

Vias públicas: as ruas são limpas, bem sinalizadas e com acessibilidade para cadeirantes, ciclistas, patinadores e mães com crianças no carrinho.

Praia: por aqui a praia é de água doce. Infelizmente a minha experiência não foi boa:  visitei a praia de Woodbine e não gostei, pois estava imunda.

Transporte público: é muito fácil andar de ônibus, metrô e streetcar (um tipo de bonde elétrico), porém a boa educação não anda de transporte público em Toronto, pois nem sempre estão limpos.

Comércio: na maioria dos casos, o comércio fecha cedo, sejam lojas, bares ou restaurantes.

Idiomas: devido à diversidade cultural, é impossível entrar em algum lugar e não escutar alguém falando outro idioma diferente do inglês. Eu imagino que a maioria por aqui seja de origem asiática e hispânica. Então, neste caso, se preparar para o futuro é saber falar inglês, mandarim e espanhol.

Acho que as diferenças são sempre enriquecedoras, fortalecem valores, modificam atitudes e ampliam sua visão de mundo. Viva as diferenças!

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Monica Keiko Korosue é paranaense, mas vive em São Paulo desde 1993. É casada e tem um filho. Monica é geminiana e como tal é uma mulher dinâmica, comunicativa, positiva, que adora novidade, de bem com a vida, tem muitos amigos, e é uma pessoa muito intensa e emotiva. Ela é dona de um carisma e astral festivo e sua principal característica é a busca por resultados e realizações. Monica é formada em Processamento de Dados pela Universidade Cidade de São Paulo e é especialista em Governança de TI com certificações internacionais em ITIL-Foundation, ITIL-Practitioner IPAD e CobiT. Trabalha com Tecnologia da Informação desde 1996 e atualmente é funcionária de uma associação ligada ao mercado financeiro brasileiro, atuando nas áreas de Infraestrutura, Serviços e Operação de TI.

10 Comentários

10 Comments

  1. Priscila Fragoso

    06/jun/2011 at 22:43

    Estou adorando as dicas!
    É de muita ajuda para pessoas que, como eu, estão fazendo a 1ª viagem internacional.
    Não vejo a hora de vivenciar tudo isso!
    E torcendo para que eu me saia bem.
    Abçs a todos!

  2. deoene

    09/Maio/2011 at 23:40

    é,as praias infelizmente sao sujas porque Toronto poluiu muito no passado,mas acho que isso esta sendo resolvido.

  3. Rodrigo Schmiegelow

    28/jan/2011 at 07:30

    Adorei esse site.

    Um excelente preparativo para mim, estarei ai em breve.

    Queria saber sobre cafés sem ser expresso, é similar ao nosso?

    Abs e parabéns pelo site, vai me ajudar muito.

  4. Elisângela S. Menezes

    13/set/2010 at 01:16

    Olá Mônica.
    Primeiramente, parabéns pelo trabalho.
    A troca de informações aqui presentes é de grande valor. Auxilia os que estão chegando e aos que irão chegar em Toronto.
    Estudei inglês por quase toda minha adolescência, na ocasião, já entendia a importância do domínio do 2º idioma.Também, supunha, o mar de diferença entre um curso de inglês no Brasil e o curso de inglês com professores, que tem o idioma como sua 1ª língua.
    Estou enviando minha filha para fazer um curso de 1 mês. É um sonho que acalento e que agora realizo. Com 9 anos de idade, será a 1ª viagem dela com esse propósito. Estudar inglês nas férias e no Canadá, é o destino das férias dela e do irmão.
    O futuro aguarda nossos jovens.
    Gde abraço.

  5. Julieta Jacob

    27/jul/2010 at 01:57

    Corpos à mostra: sinceramente, tou vendo a hora de ver uma mulher pelada no meio da rua! Aqui estão as saias mais curtas ever! No shopping, no metrô, não importa o lugar. E as mulheres parecem estar nem aí, a sensação é de que é tudo tão normal… e eu que pensava que, no Brasil, já tinha visto de tudo em matéria de corpos à mostra…

    Unhas: impressionante o amor das canadenses por unhas postiças! Tanto em Toronto quanto em Montreal reparei as fake nails nas mãos de diversas moças.

    Gorjeta: não pagar a famosa “tip” é quase uma “agressão” ao garçom.

    Café: pra quem aprecia um bom café (como eu), procure lugares onde se vende “Brazilian coffee” por aqui. Do contrário, vai beber café fraquinho, fraquinho, praticamente um “chafé”. Argh!

    Trânsito: Vale lembrar que atravessar a rua fora da faixa de pedestres é uma infração de trânsito. Em Montreal, por exemplo, eu fui multada (desavisadamente) e não gostei da experiência. Fica a dica.

  6. katia

    22/jul/2010 at 19:32

    É admiravél…muito enriquecedor ler matérias sobre brasileiros que estiveram ou residem em Toronto. Assim ficamos informados antes da viagem. Espero ler outras matérias informativa como essa.
    Parabéns, parabéns.

  7. Juliana

    22/jul/2010 at 13:14

    Bebidas alcoolicas: Faltou falar que as baladas e bares param de servir alcool as 2:00 da manha, entao na maioria dos lugares, 15 para as 2:00 sempre tem a chamada “last call”!! hehehe
    E bares e restaurantes so podem comecar a servir bebidas depois das 11:00 da manha!

    Transporte publico: TTC (Toronto Trasint Commission) disponibiliza passes de 1 dia (Day pass) por $10.00, de 1 semana (weekly pass) por $36.00 e o de 1 mes (Metropass) por $121.00. O custo de uma passagem eh $3.00!

    Comercio: Grandes shooppings e maioria das lojas ficam abertos ate as 9:00 da noite de segunda a sabado, e nos domingos ate 6:00!

    Pluralidade cultural: Toronto se divide em algumas areas por culturas, por exemplo: Little Portugal e Brazil – arredores da interseccao da Dundas Street west com Dufferin StreetChinatown- arredores da interseccao da Spadina com Dundas Street west, Little Italy- College street, Greek Town- Danforth e Pape. Vale a conferir, principalmente as comidinhas… =]

  8. Joffre

    22/jul/2010 at 11:20

    Endosso o comentário do Eduardo!

  9. Leonardo Ferreira

    22/jul/2010 at 09:43

    Parabéns pelo excelente artigo Sra. Mônica Korosue

    Estive em Toronto no mês passado para estudar, por 1 mês. O interesante é observar que corroboro com todas as suas impressões e que na minha opinião, essa diversidade cultural enriquece a cidade e por consequência seus habitantes.
    Meus sinceros elogios.
    Leonardo Ferreira

  10. Eduardo

    22/jul/2010 at 00:44

    Fico curioso de saber de que forma a praia estava “imunda”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Cultura

Posts Populares

Topo