Siga-nos

OiCanadá

Cultura

Bondes CLRV e charretes: dois ícones canadenses aposentados

O final de 2019 trouxe o fim de uma era nas duas maiores cidades do país. Em Toronto, foi o bonde modelo CLRV, o Canadian Light Rail Vehicle, que fez sua última viagem. Em Montreal, foram as charretes que ofereciam passeios pelo centro velho que saíram de circulação.

O streetcar chegou às ruas de Toronto no final da década de 1970 em substituição ao Red Rocket, em atividade desde 1938, e não demorou muito para virar um símbolo da cidade tão reconhecido quanto a CN Tower.

Mas, a partir de agora, para ter um encontro com um destes icônicos bondes será preciso visitar museus dedicados à história do transporte ou aguardar aparições especiais, já que a TTC manterá algumas unidades em sua garagem para eventos. 

Bondes CLRV

A frota de CLRV vai embora deixando saudades, mas a verdade é que sua saída dos trilhos abriu espaço para a chegada de bondes com ar-condicionado, acessíveis a cadeiras de rodas e carrinhos de bebê e com capacidade para mais passageiros.

Já em Montreal a prefeitura baniu os passeios em carruagens alegando condições inadequadas para os animais. Os cavalos bateram ponto pela última vez no dia 31 de dezembro e se aposentaram em meio a protestos dos defensores da tradição.

A prefeitura alega preocupação com o bem-estar dos bichos, já que o aquecimento global trouxe imprevisíveis ondas de muito calor no verão e picos de frio extremo durante o inverno. Além disso, há o número crescente de veículos e construções no centro que também representam ameaças concretas aos animais. 

Para justificar sua posição, os representantes do governo citam uma colisão séria entre um veículo e um cavalo, um cavalo que foi ao chão após escorregar em uma grade de metal e outro que morreu no meio de um passeio em 2018.

A prefeitura garante ainda que fez todo o possível para facilitar a transição, ajudando os charreteiros em sua busca por um novo emprego e garantindo CAD$1.000 de indenização por cada cavalo aposentado. Os donos de frotas de passeio, no entanto, não estão contentes e avisam que vão continuar lutando para trazer de volta o som dos cascos batucando contra as pedras do calçamento das ruas da Old Montreal.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Cultura

Topo
Do NOT follow this link or you will be banned from the site!