Siga-nos

OiCanadá

Cultura

Trânsito de escada rolante

Escada rolante é quase como uma avenida. Você não precisa dar o sinal de que vai virar à direita ou esquerda, mas é importante ficar atento à velocidade das pessoas ao seu redor e cooperar para que o fluxo de pedestres flua sem interrupções. Essa é a melhor forma de evitar acidentes.

É como quando você está dirigindo e, ao invés de continuar na pista da direita, você entra na do meio e libera a passagem para que quem precise virar à direita possa seguir mais rapidamente. É uma questão de cortesia que pode fazer toda diferença para a pessoa que está com pressa.

Agora você deve estar se perguntando: mas quem disse que existem regras para usar uma escada rolante?

Regra não tem mesmo não. Quer dizer, existem duas: a que estabelece que carrinhos de bebê e de supermercado não são permitidos e a que recomenda que você tome cuidado para que seus cadarços não sejam engolidos pelos degraus da escada rolante.

Mas existem também as unspoken rules, ou seja, aquelas “regras” que, mesmo sem ser ditas ou oficializadas, são subentendidas e respeitadas por todos (ou quase todos).

Unspoken rules

Você já conhece a lógica do trânsito brasileiro: carros em alta velocidade devem trafegar pela pista da esquerda e, os mais vagarosos, pela pista da direita. Pois bem, nas escadas rolantes de Toronto é a mesma coisa. Se você não está com pressa e quer ficar paradinho, descansando enquanto usa a escada rolante, posicione-se do lado direito. Já se você está com pressa e pretende subir (ou descer) as escadas enquanto ela “rola” para chegar mais rápido, pegue a “pista” da esquerda.

Sabrina Sohail, estudante na Ryerson University, confessa que nunca havia prestado atenção nessa “regra”. “Fui perceber que estava atrapalhando os outros quando uma amiga da faculdade me deu um toque. Hoje eu me irrito quando as pessoas cometem o meu erro e ficam paradas do lado esquerdo da escada”, admite.

É muito comum se esquecer das pequenas regrinhas de cortesia enquanto conversamos com um amigo, por exemplo. Temos o costume inclusive de parar um ao lado do outro, bloqueando a passagem de quem vem atrás. “Agora, em vez de ficar lado a lado, eu viro em direção à pessoa com quem eu quero conversar, se ela estiver atrás de mim. Mas sempre prestando atenção para não cair no fim da escada, claro” diz Sabina.

Portanto, da próxima vez que você estiver com um amigo na escada rolante, passe a dica adiante.

Levando essa regra em consideração, você pode ser poupado de uma chamada de atenção ou de um “excuse me” bem alto, nas horas de pico, quando as pessoas estão indo para o trabalho pela manhã, ou ainda na hora do almoço e no fim do dia.

Apesar da Elevator Escalator Safety Foundation of Canada indicar que não se deve andar nas escadas rolantes, a realidade é outra. Com isso em mente, é importante ser cuidadoso e andar somente se for necessário, já que escadas rolantes foram criadas para transportar pessoas que têm dificuldade de subir escadas, como idosos, por exemplo. Quem tem condições de subi-las e está com pressa, pode usar as escadas convencionais.

Vale lembrar também que se você é um dos “apressadinhos” e precisa andar mais rápido na pista da esquerda, tome cuidado para não machucar as pessoas que estão na pista da direita. Não dê bobeira e fique alerta, especialmente quando for ultrapassar pessoas idosas, que são as maiores vítimas de quedas em escadas rolantes.

Também é muito importante prestar atenção nas bolsas e mochilas. Mantenha-as perto do corpo para evitar esbarrar em outras pessoas ou bloquear a passagem de alguém. Sabe quando a pessoa na sua frente tem uma mochila tão grande que acaba acertando o seu rosto? Pois é, a pessoa atrás de você também não gosta disso.

Dados

Uma pesquisa feita pelo TTC em 2007 revelou que, naquele ano, 138 pessoas se machucaram em acidentes em escadas rolantes dentro de estações de metrô. Desse total, 50 precisaram de atendimento hospitalar e 08 casos foram considerados graves.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Marina se mudou para o Canadá em 2006 e completou seu high-school diploma em Mississauga. Hoje ela estuda Jornalismo na Ryerson University em Toronto e carrega sua máquina fotográfica por todos os cantos.

3 Comentários

3 Comments

  1. CArlos Alberto

    25/out/2016 at 06:31

    Segundo norma de segurança não é perigoso andar ou correr nas escadas rolantes?
    Em locais onde há escada fixa o usuário não deveria se movimentar/correr por aquela escada?
    Meu entendimento é o de que as pessoas que têm presa devam utilizar as escadas fixas e não as rolantes, não?
    Qual sua opinião a esse respeito?

  2. deoene

    17/Maio/2011 at 15:16

    “Sabina” Sohail?
    nao seria “Sabrina Sohail”?

    • Martha Lins

      17/Maio/2011 at 23:36

      Ajeitado!
      Thanks

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Cultura

Posts Populares

Topo