Siga-nos

OiCanadá

Cultura

Primavera traz mudanças nas roupas e nos hábitos

Nada de casacos e meias de lã. Nada de ficar trancado em casa tomando chocolate quente. Primavera é sinônimo de programas ao ar livre e bom humor. Uma prévia do alto astral que se consolida no verão.

Perceber a sutil mudança das quatro estações do ano na maioria das regiões do Brasil é muito difícil. Mas em países como o Canadá, a data exata de uma estação para outra é praticamente assunto de elevador, principalmente no caso da primavera, que vem depois de um longo inverno, e deixa muita gente animada.

Este ano a data oficial do início da primavera foi 20 de março, mas a chegada da estação não levou o frio embora até os meados de abril. O que não foi desculpa para que os torontonianos deixassem de tirar da mala algumas peças de roupa para o verão que chegará na sequência. É quando acontece o primeiro ritual de mudança de estação, que todo bom canadense segue: a troca de guarda-roupa.

Pelo fato de a mudança de temperatura de uma estação para outra ser tão brusca, e as roupas de inverno ocuparem um enorme espaço nos armários, assim que a primavera começa ocorre a famosa limpeza do “storage”, conhecida também como spring cleaning, que geralmente é feita no porão das casas. É neste local que os canadenses colocam todas as roupas de inverno estocadas em caixas ou bolsas, e fazem a troca das roupas de inverno para os modelitos de primavera-verão.

Apesar de a estação ser marcada por chuvas e a temperatura ainda não subir além dos 22ºC, é normal ver nas ruas o uso de saias, shorts e camisetas. Mas não se iluda, porque para quem está chegando no país pela primeira vez, a primavera não dispensa o uso de casaquinhos e dá espaço no máximo para o uso de uma calça capri e uma blusa com manga três quartos. E é aí que começamos a entender o conceito de “sensação térmica”, o famoso “feels like”, que geralmente é exibida em canais de televisão (aparece logo abaixo da temperatura do dia).

No Canadá existe um canal especial que acompanha as mudanças de clima e se torna “parada obrigatória” antes de sair de casa para quem decide morar em Toronto: é o The Weather Network. Por causa do vento, mesmo que os termômetros marquem uma determinada temperatura, a sensação que se tem ao sair na rua é, na maioria das vezes, de mais frio. Por isso, o importante mesmo é checar o “feels like”, para saber exatamente o que vestir.

Outra atividade muito realizada pelos canadenses com a chegada da primavera é a jardinagem. Quando a mudança de estação é anunciada, começam também as propagandas de material de jardinagem, venda de flores e sementes. É hora de recuperar os jardins das casas e as pessoas realmente dedicam um tempo para plantar e cuidas das flores. As tulipas são as mais famosas no Canadá, e a aparência das ruas muda quando todo mundo começa a trabalhar em seus jardins, mesmo que sejam apenas pequenos canteiros.

Além da chegada das flores, as calçadas de bares e restaurantes abrem espaço para as mesas e conseguir um lugar para sentar nos famosos “patios” torna-se um desafio.

Na primavera, apesar das chuvas, tudo é uma desculpa para sair de casa. Os festivais de rua começam por toda a cidade e a mudança (pra melhor!) no humor do canadense é nítida.

A brasileira Josiani Nascimento, de Santa Catarina, chegou ao Canadá no inverno, e essa é sua primeira primavera em Toronto. Para ela, as mudanças no guarda-roupa aconteceram devagar, mas a mudança no comportamento das pessoas nas ruas foi bem visível. “Estava acompanhando a previsão do tempo pela internet para saber quando a primavera iria chegar. No Brasil nunca fiz isso, mas aqui é hábito. Todo dia, antes de sair, olho a previsão do tempo para saber o que vestir. Nas ruas, comecei a ver o pessoal de pé descalço e sandálias, e as adolescentes usando bermudas, mas eu nem pensei em sair com vestidinho de manga curta. Desde o final do inverno, nas lojas você só encontra a moda primavera-verão. Parei de usar meia calça por baixo do jeans e já deu para usar uma camisa de meia-manga. Abandonar a meia de lã já foi um grande passo. Só em maio consegui usar as jaquetas jeans e moletons que trouxe do Brasil”, completou.

Para a catarinense, nas ruas, todo mundo parece estar mais simpático e Toronto virou outra cidade. “As pessoas ficam fora de casa, sentadas na varanda. Todo mundo curtindo o clima”, observou Josiani.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Bárbara é formada em jornalismo no Brasil e em Broadcast Television no Canadá. No momento Bárbara é freelancer da OMNI TV e da CTV. Quando não está trabalhando, Bárbara gosta de ir ao cinema, tocar violão e sair com os amigos.

4 Comentários

4 Comments

  1. Bia

    31/Maio/2011 at 19:25

    Acho que como as pessoas sentem o clima é muito relativo. Por exemplo, se a pessoa chegar aqui em Abril/Maio, vai sentir frio se não tiver costume. Mas se já tiver aqui desde janeiro, quando chegar abril ou maio, vai sim estar saindo com um casaquinho bem leve e até vestido, shorts.
    Eu sou de Salvador, onde NUNCA faz frio, e apesar da primavera ser mais ou menos ao o inverno de lá, eu tenho sentindo bastante calor!

    bjs

  2. Luciana

    31/Maio/2011 at 15:40

    Espero poder usar em Julho munhas roupas que uso aqui no Litoral Norte de São Paulo (Caraguatatuba)

    • Anônimo

      31/Maio/2011 at 17:53

      talvez não possa, pois em julho o calor é muito maior em toronto do que em caraguá, talvez precise de roupas mais leves, ou menos roupa rs

  3. Nadia

    30/Maio/2011 at 22:13

    Vou te conhecer em breve… PRIMAVERA !!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Cultura

Posts Populares

Topo

Send this to a friend

Oi!

Acho que você pode gostar dessa página:

Primavera traz mudanças nas roupas e nos hábitos
https://oicanada.com.br/15981/primavera-traz-mudancas-nas-roupas-e-nos-habitos/