Siga-nos

OiCanadá

Papelada

Validar o diploma de médico exige persistência

Médico brasileiro por mais de 20 anos, dr. Artur Pinto recentemente validou seu diploma e está atuando na cidade de Whitby. Ele fala sobre ser impossível comparar os sistemas de saúde brasileiro e canadense e explica como validar o diploma de médico, um exercício de humildade e perseverança. A colaboradora do OiCanadá Rosa da Silva o entrevistou.

OITORONTO: Vale a pena revalidar o diploma de médico brasileiro aqui no Canadá?

DR. ARTHUR PINTO: Optar por praticar medicina no Canadá não foi uma decisão fácil estando há mais de 20 anos formado no Brasil e com consultório e toda nossa vida estruturada por lá. Mas, depois de pesar prós e contras, resolvi criar coragem e, junto com minha esposa, meu filho (na época com 12 anos) e nossa cachorrinha, iniciar um novo e “desconhecido” período de nossas vidas.

Confesso que os primeiros meses (e por que não dizer anos…) não foram fáceis. Para alguém com mais de 40 anos, acostumado ao “status de doutor” e reconhecimento como médico competente e estabelecido, voltar a ser um residente e muitas vezes tratado como um estudante estrangeiro sem o mesmo conhecimento que os canadenses (sim, existe discriminação, ainda que velada…) foi um exercício de humildade e perseverança.

Depois de quase 6 anos no Canadá e muito estudo, testes, decisões e questionamentos, finalmente recebi meu certificado de médico da família e titulo de especialista. O sentimento é de orgulho e dever cumprido. Revalidar o diploma brasileiro aqui não é um processo fácil. Exige acima de tudo desprendimento e força de vontade. Hoje, finalmente estou atendendo como médico de família e cuidando de pacientes, principalmente brasileiros que procuram um pouco do “calor do atendimento do Brasil” não tão comum aqui no Canada. Tenho certeza que cada momento difícil valeu a pena e se Deus permitir daqui para frente a jornada vai ser cada vez mais iluminada.

OT: Qual é sua visão do sistema de saúde canadense? É melhor, igual ou pior do que o brasileiro?

AP: Diria que no fim das contas a diferença básica entre os dois sistemas de saúde é uma só: o sistema canadense oferece atendimento para todos, independente de quanto dinheiro você tenha em seu bolso. Vale ressaltar porém que isso não representa uma medicina melhor que a medicina brasileira. No Brasil, possuímos uma medicina da melhor qualidade, porém acessível apenas a quem pode ter um plano de saúde privado. Isso torna a comparação impossível e até certo ponto injusta.

OT: Quais foram os principais desafios de ter seu diploma reconhecido e trabalhar como médico de familia aqui no Canadá?

AP: Sem dúvida que existem alguns obstáculos para revalidar o diploma de médico e começar a trabalhar. Porém, nós brasileiros temos bastante experiência em enfrentar desafios e acredito que isso é o que nos diferencia dos demais povos. Persistência e determinação sem dúvida nenhuma me ajudaram nessa caminhada.

Cito abaixo os principais desafios a serem enfrentados por médicos brasileiros que queiram trabalhar no Canadá, segundo minha experiência pessoal. Outros colegas médicos certamente podem ter visões diferentes sobre esse processo.

Desafio número 1

Passar nos exames obrigatórios para médicos na seguinte ordem:

  • MCCEE: obrigatório somente para médicos formados no exterior. Médicos canadenses não precisam passar nesse exame.
  • MCCQE part 1: obrigatório para todos os médicos, tanto para os formados no Canadá quanto no exterior.
  • MCCQE part 2: obrigatório para todos os médicos, tantos para os formados no Canadá quanto no exterior.

Detalhe importante: cada exame somente pode ser tentado em intervalos de 6 meses e todos de acordo com a ordem citada acima.

Desafio número 2

Mesmo obtendo sucesso em todos os exames acima, isso não confere registro automático junto ao College of Physicians & Surgeons of Ontario (CPSO), que é a autoridade que regulamenta a profissão de médico na província de Ontário. Outras províncias podem ter critérios diferentes.

Em Ontário existem 2 outras exigências a serem completadas antes que se possa conseguir o registro profissional:

  • Residência médica em uma Universidade Americana ou Canadense;
  • Titulo de especialista na área de especialização, no meu caso titulo de especialista em Family Medicine obtido após prova escrita e oral junto ao College of Family Physicians of Canada.

Após sobreviver a tudo isso, finalmente o médico está pronto a exercer sua profissão”.

OT: Qual seria seu conselho para os médicos brasileiros que querem seguir carreira no Canadá?

AP: Pense no que lhe motiva a vir exercer a medicina no exterior. Caso você consiga pensar em pelo menos 4 bons motivos, faça as malas e se prepare para a maior aventura de sua vida. O Canadá definitivamente precisa de médicos porém obviamente existem alguns obstáculos a serem vencidos antes de exercer nossa profissão nessa terra bonita.

“Se você consegue sonhar, você certamente pode alcançar seus sonhos”. Walt Disney.

Serviço

A cidade de Whitby tem agora um médico de família (family doctor) brasileiro, o dr. Artur Pinto. Ele está atendendo na MCI Clinic, situada na 80 Thickson Rd S – Whitby. O telefone é 905- 668-4023 e ele está aceitando novos pacientes.

Para mais informações, visite o blog Médico Brasileiro no Canadá ou envie um email para [email protected].

38 Comentários

38 Comments

  1. Eduardo

    12/ago/2014 at 1:23 PM

    Gostaria de saber como faço para passar um mês no canada conhecendo a sua medicina e estilo de vida para saber se me enquadro e se posso pensar em seguir a tua mesma trajetória.
    Grato

  2. Thaís

    21/abr/2014 at 12:01 PM

    Oi tudo bem?
    Gostaria de saber se a residencia medica no Canada é remunerada como no Brasil, ou paga. Se possível, por favor divulgar os valores.
    Obrigada!

    • Eduardo

      12/ago/2014 at 1:24 PM

      Alguém te respondeu?

  3. Andre Magalhaes

    17/abr/2014 at 2:10 AM

    dr Arthur,

    parabens e obrigado pelas informacoes. sou hematologista e tenho interesse em excercer minha espacialidade no.Canadá. o que teria que fazer?
    todo o.procrsso já comentado?

  4. Michelle

    05/mar/2014 at 9:39 AM

    Bom Dia Dr Arthur gostaria de saber se posso obter algumas informações.
    Sou médica ginecologista e meu marido cirurgião do aparelho digestivo.
    Temos tres filhos pequenos e muita vontade de ir em definitivo. Estamos programando nossa viagem para 2015. Gostariamos de manter contato com vc . Pois não conhecemos ninguem por ai! Qual cidade vc acha que poderiamos viver em familia e estudar para validar nosso diploma.? Sei que é dificil mas estamos dispostos a nos dedicar e ir mesmo que isso nos custe algum tempo. Obrigado pela sua atenção e muito bom seu blog. Parabéns pela sua atitude!

  5. Artur Pinto

    04/jan/2014 at 7:40 PM

    Para quem tiver interesse em mais informacoes sobre medicina no Canada por favor acesse meu blog.
    Saude em 2014 para todos!

  6. Bedson Sá

    08/nov/2013 at 4:55 AM

    Prezado Dr Artur,
    Parabéns por sua coragem e determinação. Identifiquei-me com você por que também tenho 20 anos de formado e penso em embarcar em jm projeto como o seu. Sou Cardiologista Intervencionista com título de especialista pela SBC/SBHCI e gostaria de saber se é possível chegar a exercer esta especialidade aí. Que passos seriam necessários? Há oportunidades?

    Um forte abraço.

    Bedson

  7. Rodrigo Queiroz Guimarães

    23/set/2013 at 9:19 AM

    Olá Dr. Artur, td bem?? Primeiramente parabéns pela coragem e determinação por essa mudança radical, estava a procura de informações sobre a questão de exercer a medicina no Canadá, e acabei lendo a sua reportagem e fiquei ainda mais surpreso porque nos comentários percebi que você é de Belém… Sou natural de Belém também e moro em são paulo atualmente, já acabei minha residência em radiologia, e gostaria de saber como você poderia me dar os passos corretos para exercer a medicina no Canadá referente a minha área, com certeza deve ser um pouco diferente, e se você tem informações também sobre oncologia, já que teria que ir com minha esposa, obrigado desde já!

  8. Demiam Guì

    15/set/2013 at 8:35 PM

    Bom dia Dr Artur; sou anestesiologista e já tenho 10 anos na especialidade; minha área de atuação é em cirurgias de grande porte em adultos e crianças; o senhor saberia me dizer como e onde serianpossivel iniciar o processo e se existe alguma facilitação para especialistas. Obrigado

  9. Júlio Sartore

    29/jul/2013 at 1:00 AM

    Bom dia,Dr. Artur,sou estudante de medicina e possuo uma duvida a respeito de validar meu diploma no Canadá.
    Gostaria de saber se,mesmo após o cumprimento dos requisitos necessários para a validação de meu diploma,ainda precisarei participar de algum programa de residência médica daí.
    Obrigado pela atenção,aguardo contato,se possível.

    Grato, J. Sartore

  10. Augusto

    13/jul/2013 at 8:59 PM

    Boa noite, Parabéns, muito bom ouvir coisas positivas. Gostaria de saber se possível, de alguém que conseguiu validar o Diploma de Fisioterapia no Canadá já fiz contado com a Alliance e tudo, porém estou com muita dúvida pois existem alguns colleges regionais que são indicados pelo CIC para a comparação do diploma, sei que a Alliance é o órgão regulador e também responsável pelos exames etc. Só gostaria de saber se faria esse primeiramente onde o CIC indica e posteriormente faria no Alliance, inclusive os valores são bem diferentes. Nos colleges é $200 e na Alliance $780.Ficarei muito grato se alguém puder compartilhar, que seja no meu email ,não tem problemas. Obrigado.

  11. Carlos

    02/jul/2013 at 3:02 PM

    Que grande esperança o senhor me incutiu! Sempre quis exercer medicina fora do pais, estou no segundo ano mas já tenho 28, terminarei aos 32 e penso em fazer minha residencia no Canada.
    Minhas duvidas são as seguintes:
    • A residencia é remunerada como no Brasil?
    • Em relação a médicos cirurgiões, estamos atrasados ou não devemos nada para os canadenses?

    Um grande abraço e obrigado desde já!

  12. nonato anute

    16/dez/2012 at 9:41 PM

    boa noite!
    tenho muitas duvidas:
    tenho vontade de ir morar em um lugar melhor que o brasil, por que penso que aqui o sistema ;e muito injusto. me pergunto como vc pode ficar tanto tempo sem trabalhar como médico em um lugar distante com familia dependendo de vc.
    Minha vida aqui é muito boa, sou cirugião geral e minha esposa é pediatra, temos três filhos pequenos, moramos no norte do brasil estado do acre.
    Tenho vontade de morar um tempo fora do brasil, em um lugar que seja diferente “um lugar mais justo de viver””
    minha maior duvida é como posso morar ai e poder mater minha familia.
    grande abraço e parabens pela sua coragem…

  13. Lucas Peter

    13/nov/2012 at 10:17 PM

    Dr.Arthur Pinto , sua história realmente é muito inspiradora.Não importa a idade, se seus sonhos são maiores que o ambiente você os realiza.
    Estou prestes a iniciar o curso de medicina pela UFC , o senhor me aconselharia estudar atentamente a medicina também em inglês ?
    Obrigado.

  14. luis fernando

    06/nov/2012 at 2:42 PM

    Ola, Dr Artur, como vai?
    Gostamos muito de sua historia pessoal, parabéns pelas conquistas!
    Minha esposa e eu somos médicos,moramos no Brasil, mas temos vontade de sair daqui. Ela é brasileira, formada ha 3 anos e eu sou mexicano, formado ha 10 anos. Não temos especialização, somos generalistas. O Sr tem alguma dica para nos dar sobre como conseguir a convalidação, por onde começar, aonde ir, sobre vistos, sobre residencias a serem feitas ai ( pois tenho a intenção de fazer neurocirurgia e ela , clinica medica).
    Grato, aguardamos contato.
    Saúde e sucesso!
    Dr Luis Fernando

  15. Daniel Magalhães

    26/set/2012 at 8:29 PM

    Gratificante observar o sucesso do Sr.!
    Sou Brasileiro, me graduei Médico na Argentina e por aqui trabalho.
    Se estiver ao alcance do Sr. responder… há alguma distinção na revalidação de um diploma de medicina argentino do de um brasileiro, ou têm os mesmos tratamentos? grato

  16. Amorim

    03/ago/2012 at 2:20 PM

    Boa tarde. Sou estudante de medicina de uma universidade federal no Brasil e consegui uma bolsa integral para estudar por 1 ano na University of Manitoba. Somente poderei cursar disciplinas undergraduate, ou seja, me formarei com sete anos de curso ao invés de seis. gostaria de saber se vale a pena essa aventura. Farei aperfeiçoamento de inglês, cursos undergraduate na faculdade e no fim estágio/pesquisa. Terei todos os custos pagos incluindo passagem, mas tenho muitas dúvidas pois me formarei com um ano a mais e retornarei para uma turma diferente. Vejo como benefícios o inglês e talvez um mestrado mais à frente.
    Gostaria muito de saber a sua opnião tendo em vista a sua experiência.

    Agradeço e aguardo a resposta.

  17. Katheriny

    21/jul/2012 at 11:13 PM

    Boa noite, dr. Artur.
    Sou estudante de medicina, tenho 21 anos e ainda estou cursando o 3º período(4º em breve).
    Embora esteja apenas no início do curso, desde os meus 15 anos eu sonho em morar e trabalhar como médica no Canadá. Ao finalmente entrar na faculdade, vi esse sonho se aproximar da realidade.
    Fiquei muito, mas muito feliz em ver o seu relato, provando que, com resistência e paciência, podemos conseguir o que queremos.
    Se Deus quiser, um dia também estarei morando no Canadá, exercendo minha futura profissão.
    Abraços

  18. Louise Lopes

    03/maio/2012 at 11:13 AM

    Bom dia. dr. Artur!
    Meu marido e eu somos médicos recém-formados e estamos planejando passar uma temporada no Canadá para melhorar o nosso inglês, que é intermediário-avançado. Gostaria de saber se eu poderia exercer medicina estética no Canadá caso faça um curso de especialização na área aí. Como não se trata de residência não sei se existe alguma regra específica.
    Grata desde já!
    Louise

  19. Helena Isabel

    08/abr/2012 at 7:51 PM

    Boa noite Dr. Artur Pinto,

    estava procurando depoimentos de médicos brasileiros que conseguiram ir trabalhar no Canadá, por sorte encontrei o seu e gostaria de tirar algumas dúvidas, é claro se forem de seu alcance. Eu sou de nacionalidade portuguesa, mas moro no Brasil ha muitos anos, estou terminando minha faculdade de medicina em dezembro de 2013. Tenho um inglês intermediario e agora estou fazendo frances, com a ideia de ir trabalhar na provincia de quebec. Queria saber sua opniao sobre medico recem formado no brasil para fazer especialidade e trabalhar no canada. Os processos sao os mesmos ou há algumas diferenças? Ainda estou na dúvida da minha especialidade, se oftalmologia ou gastroenterologia, o que o senhor acha de maior prioridade ai no canada?
    Desde já muito obrigada

    • Artur Pinto

      12/abr/2012 at 10:55 PM

      Ola Helena

      Obrigado por sua mensagem. Fico feliz com sua ideia de vir para o Canada.
      Respondendo suas perguntas: o processo de revalidacao do diploma deve ser iniciado antes de vir para o Canada. As duas especialidades mencionadas por voce sao importantes porem muito concorridas quanto ao processo de selecao a residencia medica.Segue abaixo alguns sites importantes para voce:
      http://www.mcc.ca –> site muito importante sobre as provas que devem ser feitas alem de informacoes sobre a revalidacao do diploma.
      http://www.carms.ca–> site sobre o processo de selecao para residencias medicas no Canada. Muito importante para quem esta planejando fazer residencia medica no Canada. Espero ter ajudado. Muita sorte

      Artur

  20. Cinthia Alves

    04/mar/2012 at 2:24 PM

    Boa tarde Dr. Artur Pinto,

    Sou médica residente de radiologia no Hospital Federal dos Servidores do Estado do Rio de Janeiro, estou interessada exercer a medicina no Canadá, especialmente como médica radiologista, gostaria que você me desse algumas informações. Vou enviar um e-mail ao Senhor para tirar algumas dúvidas.
    Desde já agradeço.

  21. Bruno Lasagno

    01/fev/2012 at 10:12 AM

    Bom dia Dr Artur,

    Li esta reportagem e fiquei bastante entusiasmado, sou médico me formei a 1 ano e meio estava atuando como plantonista e este ano estou estudando para residencia, pretendo fazer clínica médica.

    Estou mandando um e-mail com mais informações e muitas perguntas, agradeço desde já

    Bruno Lasagno

  22. G.S.

    30/jan/2012 at 12:05 AM

    After having my first experience under the care of Dr. Pinto, One can say that the region of Durham has gained a physician with caring bedside manor. A quality of a good physician that in my opinion is hard to find in this area!

    Thank you sir.

  23. Eleonor Reis

    23/jan/2012 at 3:36 PM

    Dr. Arthur, parabéns pelas conquistas sou sua pasciente do Brasil, gostaria de saber se algum dia vc retornara a Belém pois preciso muito me consultar com vc
    aguardo retorno
    felicidades.

    • Arthur Pinto

      23/jan/2012 at 10:06 PM

      Prezada Sra Eleonor
      Vou estar em Belem no inicio de Marco. Por favor me contacte no seguinte e-mail:
      [email protected]

      Recomendacoes

  24. Felly

    17/jan/2012 at 4:43 PM

    Boa tarde Dr. Arthur, parabéns pelas conquistas
    Sou Felly estudante de medicina no 9semestre, e gostaria de estar em contato c/ o Sr. para ter mais orientação se não for encomodar muito, porque sempre tive desde pequena o sonho de praticar no Canadá. Poderá me passar o seu presente email, prfvr, porque este acima não tá sendo válido
    Muito obrigada

  25. Gustavo Lima

    23/dez/2011 at 7:19 AM

    Olá Dr.
    Interessante mesmo o seu depoimento. Atualmente resido em Portugal (onde faço mestrado), mas antes de vir para cá eu e minha esposa cogitamos mudar-nos para o Canadá. Simplesmente nem conseguimos passar do primeiro contato, quanto mais chegar ao ponto de tentar revalidar meu diploma de Medicina por aí. Desculpe incomodá-lo com isso, mas como fez para conseguir visto para residir no meio tempo em que ficou tentando revalidar seus títulos? Tenho renda advinda de negócios no Brasil para me sustentar por longo período, mas a imigração nem tomou conhecimento disso! :)
    Mil desculpas pela perturbação.
    Qualquer informação poderá ser muito útil, já que meu sonho realmente sempre foi residir no Canadá… (sou espanhol de nascimento, criado no Brasil e com dupla nacionalidade, formado em Medicina na UFRJ há quase 18 anos, com várias especializações em univ públicas no Brasil e agora finalizando o mestrado em Coimbra)
    Att

    Gustavo Lima

    • Artur Pinto

      27/dez/2011 at 8:22 PM

      Ola Dr Gustavo,

      Muito obrigado por sua mensagem. Desculpe a demora em lhe responder.
      Acho que o primeiro passo seria solicitar a imigracao como skilled worker junto ao Consulado do Canada no Brasil. Geralmente sao muito solicitos (pelo menos no Brasil) e o processo todo nao deve ser muito demorado (12- 18 meses).
      Enquanto isso recomendo que voce visite o site do medical council of canada:
      http://www.mcc.ca
      Muito util tambem seria o site do health force Ontario:
      http://www.healthforceontario.ca
      Qualquer duvida estou as ordens no seguinte email:
      [email protected]
      Boa sorte nessa nova jornada em sua vida

      Artur

  26. Ramiro

    05/nov/2011 at 7:34 AM

    Bom dia, Dr. Artur.
    Sou Ortopedista recem formado. Consegui meu titulo da SBOT em 2007.
    vou lhe enviar um e-mail, com algumas dúvidas.
    Um abraço, e parabéns.
    Ramiro.

  27. ANDRE DE ARAUJO SACCHI

    17/out/2011 at 11:02 PM

    Caro colega Dr. Artur Pinto.
    Sou cirurgião vascular e endovascular. tenho interesse em trabalhar no canadá. tenho titulo de especialista aqui no Brasil. O que é necessário ? O que devo fazer, é possivel ? há carência da minha especialidade ?
    agradeço sua atenção e o parabenizo pela sua perseverança.
    André Sacchi

    • Artur Pinto

      19/out/2011 at 10:40 PM

      Ola Dr Andre

      Obrigado por sua mensagem. Por favor me contacte no seguinte email para que possa lhe fornecer mais informacoes:
      [email protected]

      Saudacoes

      Artur

  28. cristina pará

    20/set/2011 at 11:32 AM

    Dr. Arthur.
    Estarei em sua consulta dia 22/09, com meu pai. Sr. Teixeira.
    Peço sua atenção, pois aqui em Belém, diagnosticaram demencia por corpos de levy.
    Está sendo muito difícil , para nós, familiares conseguirmos entender toda essa doença.
    Peço sua descrição na frente dele, pois tem muita coisa que não está aceitando e que tb ele não sabe.
    Pessoalmente, conversaremos melhor.
    Muito grata, Cristina Teixeira

  29. Juciara Espanha

    24/ago/2011 at 8:18 PM

    Olá Dr. Artur,
    foi muito gratificante saber que este sonho é possível de ser realizado, apesar da grande luta.
    Sou médica, pediatra, formada pela UFF desde 1997 e atualmente faço residência em Oncohematologia pediátrica no RJ e resolvi vir a Toronto para um programa de observação na Pediatric Haematology/Oncoly do Sicckids. Estou aqui desde o início do mês de agosto e estou amando e, realmente quero tentar vir para cá (imigrar). Li sua matéria e fiquei muito feliz, já tinha procurado saber como fazer para revalidar o diploma, mas saber da experiência de alguém que já passou pelo processo é fundamental. Você acha que tenho chances como pediatra, pelo que pude entender terei que fazer uma nova residência aqui no Canadá, né? Mas existe mercado para pediatra? Não tenho noção de quanto ganha um medico de família aqui, nem tão pouco um pediatra! Você poderia me passar essas informações e também dicas de que material usar para fazer as provas? Desde já meu muito obrigado.

    • Artur Pinto

      25/ago/2011 at 10:02 PM

      Prezada Dra Juciara,
      Obrigado por sua mensagem. Sim acredito ser totalmente possivel revalidar seu diploma em Pediatria aqui no Canada.
      Por favor me contacte no seguinte email para que possa lhe fornecer maiores informacoes sobre o processo todo:
      [email protected] .com
      Recomendacoes,

      Artur Pinto

  30. Kátia Lima

    14/ago/2011 at 5:02 PM

    Caro Dr.Artur Pinto.
    Fiquei muito feliz pela notícia da validação de seu diploma no Canadá.Continue sendo essa pessoa tão especial para com seu paciente e familiares.Sou a neta de uma ex paciente sua(Dona Hilda de Belém.Lembra…?)…Agora moro em Portugal,casei com um português e resido em Lisboa.Me coloco a sua disposição para o que precisar daqui.
    Mas sucesso!
    Kátia Lima Jorge

  31. lucivania

    01/ago/2011 at 10:35 AM

    Parabens dr. ARthur e que Deus lhe dee muitas bençaos para cuidar de seus pacientes e parabens ao oi toronto
    Gostaria de saber como validar o diploma de fisioterapeuta e a carencia no Canada será que tenho chances?

    • Artur Pinto

      03/ago/2011 at 8:42 PM

      Prezada Sra Lucivania,

      Obrigado por sua mensagem de incentivo. Apesar de nao ter informacoes especificas sobre a validacao para Fisioterapeutas no Canada acredito que o processo deva ser bem parecido.
      O mais importante porem e que nao desista jamais de seu objetivos ok?
      Boa sorte.
      Artur Pinto

Deixe um comentário

Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Rosa da Silva foi representante comercial de várias multi-nacionais no Rio Grande do Sul. Desde sua chegada ao Canadá, acompanhando o marido transferido pela empresa em que trabalha, pensou em trabalhar com compra e venda de casas (real estate). Rosa fez curso para se tornar corretora de imóveis, e após as dificuldades que encontrou em comprar sua primeira casa no novo país, resolveu iniciar um blog em português, o www.casanocanada.com para tentar ajudar a outros brasileiros a entender este complexo e diferente processo da compra da casa própria aqui no Canadá. Rosa possui também um site em inglês, o www.rosadasilvarealestate.com.

Mais em: Papelada

Posts Populares

Topo

Canadá na Web – Assine de graça!

Uma seleção das melhores notícias e artigos da internet sobre o Canadá, criada exclusivamente para assinantes. Digite seus dados abaixo e fique por dentro.

Cadastro efetuado com sucesso!

Canadá na Web – Assine de graça!

Uma seleção das melhores notícias e artigos da internet sobre o Canadá, criada exclusivamente para assinantes. Digite seus dados abaixo e fique por dentro.

Cadastro efetuado com sucesso!

Canadá na Web – Assine de graça!

Uma seleção das melhores notícias e artigos da internet sobre o Canadá, criada exclusivamente para assinantes. Digite seus dados abaixo e fique por dentro.

Cadastro efetuado com sucesso!