Siga-nos

OiCanadá

Lazer

Paixão por sebos

Se tem uma coisa que sobrevive à modernidade dos iPads, Kindles, afins, e à concorrência com as grandes livrarias, são os sebos. Essas pequenas lojas, em geral localizadas no coração das grandes cidades, ainda encantam o leitor tradicional com uma lógica simples: por que pagar mais caro quando se pode adquirir livros usados e, em alguns casos, até encontrar relíquias da literatura já esquecidas nas livrarias convencionais?

Em Toronto, há uma infinidade deles – em inglês, usa-se o termo second-hand bookshop ou, simplesmente, used books stores. Esses dias peguei minha mochila, calcei meu all star surrado pelo tempo, e me aventurei a procurar um deles pelas ruas da cidade.

Fui parar na Elliot Bookstore. Por fora, um prédio comum, que quase passa despercebido em meio ao comércio vibrante da Yonge Street. Eu mesmo sempre passo por ali e nunca havia me dado conta. Por dentro, um mundo novo a ser descoberto: três andares recheados com um acervo que ultrapassa os 60 mil títulos (5 mil deles direcionados para estudantes de inglês, como eu).

Além da gramática, tem de tudo por lá: bibliografias de grandes personalidades, autores estrangeiros, livros em diversos idiomas e sobre qualquer assunto, desde fauna, flora, barcos, literatura inglesa (aliás, uma estante inteira dedicada apenas à realeza) e até livros recém lançados, porém usados, nas prateleiras de new arrivals – todos a preços bastante acessíveis.

A dica é simples: pegue um café no Starbucks ou no McDonalds da esquina antes de entrar e, uma vez lá dentro, esqueça do mundo aqui fora. O rapaz que trabalha na recepção não se importa com quanto tempo você vai demorar lá dentro. Ele, inclusive, até me ajudou quando percebeu a quantidade de horas que gastei apenas, literalmente, comendo a estante com literatura judaica. Escreveu um bilhete e foi até mim. “Vi que você gosta desse assunto. Tem uma livraria judaica na Bathurst. Você vai gostar. Tá aqui o endereço”, disse ao me entregar o pedaço de papel. Fiquei surpreso. Quer ganhar a simpatia dele – e quem sabe um desconto? Se estiver de mochila, não chegue “entrando”. Cumprimente-o e entregue sua mochila. Os sebos de Toronto não permitem a entrada de cliente com bags.

Sebos também são uma ótima forma de fazer amigos — e com interesses em comum. Conversei com um casal de espanhóis no segundo andar e trocamos telefone para uma cerveja — que ainda não saiu, diga-se.

Depois de algumas horas, saí de lá com cinco livros. O custo foi pouco mais de C$40 — de graça, se vocês pararem para analisar minhas novas aquisições, ente elas uma bibliografia da Bette Davis, estrela do cinema norte-americano dos anos dourados, de quem sou fã; e uma outra, clássica, de Woody Allen, escrita por Eric Lax; e, pasmem, até um livro sobre meu reality show favorito, Survivor, escrito pelo diretor Mark Burnett, em 2001. Da estante judaica, adquiri  O judeu no Lótus, de Roger Kamenetz, uma raridade.

Enfim, se você é viciado em tablets ou adora comprar livros novos nas grandes livrarias, nada contra, mas que os sebos ainda despertam uma certa paixão em nós, leitores, e nos ajudam a economizar, ah, não tenho dúvidas.

Perca-se por lá você também:

  • Elliot Bookstore
    584 Yonge St
    Toronto, ON M4Y 1Z3
    (416) 925-0268

Outros sebos em Toronto

  • BMV Books
    471 Bloor Street West
    (416) 967-5757
  • Monkey’s Paw
    1229 Dundas St. West
    (416) 531-2123
  • Balfour Books
    468 College St.
    (416) 531-9911
  • Frantic City
    123 Ossington Avenue
    (416) 533-9138
  • Zoinks
    1019 Bloor St West
    (416) 913-8827
Continue lendo
Publicidade
Leia também...
2 Comentários

2 Comments

  1. Camila

    09/jul/2012 at 19:18

    Adorei a matéria sobre sebos em Toronto! Assim que li, tratei de procurar o lugar mencionado e, realmente, o atendimento é muito bom. Cheguei a ir em outro lugar, mas mesma rua, mas era uma bagunça. Nesse da matéria, fui bem orientada e estava tudo bem organizado, facilitando minha pesquisa.

    Aproveito a oportunidade para parabenizar toda a equipe do site pelo ótimo trabalho. Desde que comecei a organizar meu intercâmbio, sempre dou uma olhada no site pra tirar algumas dúvidas e pegar dicas. E tem sido de muita ajuda mesmo! Muito obrigada pela dedicação!

  2. Natalia

    26/set/2011 at 17:56

    Ola Elton!

    Excelentes Dicas, apesar dos E-book e Tablets para mim nada como os velhos e bom livros de papel.

    Ontem estive no Festival “The word in the street’s” no Queen’s Park e pude encontrar livros com bons precos tambem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Lazer

Posts Populares

Topo