Siga-nos

OiCanadá

Paladar

La Mexicana oferece pratos de diferentes regiões do México

O serviço oferecido pelo La Mexicana faz jus à fama dos latinos de serem um povo carismático. O cardápio traz pratos de diferentes regiões mexicanas e a boa seleção de músicas faz desse restaurante um lugar ideal para quem gosta de um ambiente casual e agradável.

O restaurante La Mexicana, situado próximo ao cruzamento da Yonge com a Bloor, traz em seu cardápio um dos pratos mais tradicionais do México: frango com mole, um molho mexicano preparado com chocolate e pimenta. Antes mesmo de comparecer ao local, a decisão de experimentar essa especialidade da casa já estava tomada.

Esse restaurante colorido, com uma decoração inspirada na cultura de várias regiões mexicanas, tem como grande destaque o serviço. Logo depois de me acomodar em uma das mesas, fui servido com tortilha chips, acompanhadas de salsa (vermelha e verde) feita com suco de limão, tomate e pimenta.

tortilha chips

Com um sorriso bonito na face e muita simpatia, a garçonete me ofereceu algo para beber. Perguntei se o burrito da casa era popular entre a clientela. Ela me explicou que no México o prato é servido exatamente como no La Mexicana: tortilhas enroladas com queijo derretido, acompanhadas de guacamole, sour cream e mais um ingrediente, que pode ser frango, carne, feijão preto ou legumes (C$13). “Os burritos mexicanos são menores que os norte-americanos e recheados com menos ingredientes”, enfatizou ela.

Ao abrir o cardápio, logo percebi a variedade de comidas típicas de diferentes regiões do México. Destaque para as flautas (C$14), também conhecidas como taquitos, tortilhas crocantes de milho, recheadas com guacamole, pico de galo, queijo e carne ou frango. Como entrada, optei pelas empanadas (C$9). A porção inclui quatro delas, sendo duas de queijo e duas de batata e salsicha. Vêm acompanhadas de guacamole e pico de galo. Apesar de possuírem um tamanho razoável, não estavam tão crocantes quanto eu imaginei que fossem. É como se elas tivessem sido descongeladas para então serem servidas.

empanadas

Apesar da minha decisão em experimentar o frango com mole, não pude deixar de reparar nas diversas opções do cardápio. Pratos como taquitos de pato (C$9), tacos crocantes recheados com carne de pato, e o camarones al ajillio (C$11), camarões temperados com alho, vinho branco e ervas, realmente me fizeram refletir se eu deveria continuar com a minha escolha inicial.

No entanto, a simpática garçonete me fez ir em frente com a decisão de experimentar o pollo con mole (C$19), depois que ela trouxe um pouco de molho para que eu pudesse prová-lo antes de fazer o pedido. Feito com um misto de cacau, frutas, nozes, pimenta e outros temperos, é uma combinação perfeita com o peito de frango macio e ao ponto, acompanhado de arroz e um feijão batido que me lembrou o tutu mineiro. Foi a escolha perfeita para uma refeição agradável em uma noite de domingo.

pollo con mole

Mesmo já satisfeito, arrisquei dar uma olhada nas sobremesas. O fried ice cream with chocolate (C$6), combinação de sorvete de baunilha com cereais, chantilly e calda de chocolate, me pareceu delicioso. Porém, senti falta no restaurante de uma maior seleção de bebidas mexicanas. São poucas as marcas de cervejas e tequilas que a casa possui.

Um ponto positivo do restaurante é a boa seleção de músicas latinas, que vão desde a salsa até o tango, passando por cantores pops como Rick Martin e Shakira. Tanto o ambiente agradável oferecido pelo La Mexicana, como o serviço prestado pelos garçons são bons motivos para uma visita ao local. A comida é razoável, mas o carisma dos funcionários confirma a reputação que os latinos têm. A de serem um povo alegre e caloroso.

Avaliação

  • Comida: Regular
  • Serviço: Excelente
  • Ambiente: Bom
  • Preço: C$30-C$45

Serviço

  • Endereço: 838 Yonge Street
  • Telefone: 416.934.0712
  • Horário de funcionamento: 11am- 10pm
  • Cruzamento principal: Yonge Street/ Bloor Street
  • Estação do metrô mais próxima: Bloor Station
  • Pagamento: Cash, Visa, MasterCard, Débito
  • O melhor: O serviço
  • O pior: Seleção de bebida pequena (muito pequena)
  • Preço médio por pessoa: C$40 (inclui 3 course meals, uma dose de tequila e gorjeta)
Continue lendo
Publicidade
Leia também...

Marcio Rollemberg é pernambucano e formado em jornalismo. Foi editor-chefe de um telejornal universitário, produziu documentários e trabalhou como repórter de TV no Brasil. Em 2005 mudou-se para Toronto e atualmente é um dos colaboradores de uma revista e de um canal de TV. Em 2011 juntou-se a equipe do OiCanadá, onde escreve matérias sobre Turismo e Variedades.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Paladar

Posts Populares

Topo