Siga-nos

OiCanadá

Papelada

Reformas no processo de imigração Express Entry para profissionais estrangeiros atraem menos profissionais qualificados

[CBC News] Segundo o último relatório da Câmara de Comércio do Canadá, as novas reformas de imigração acabaram dificultando o processo de contratação de trabalhadores altamente qualificados por empresas canadenses. O Canadá corre o risco de perder a sua vantagem competitiva por causa de reformas de imigração implantadas pelo governo Conservador anterior por conveniência política.

O processo Express Entry foi lançado em 2015 para atrair o que o governo conservador chamava de “os melhores e mais brilhantes” trabalhadores estrangeiros altamente qualificados, em um esforço para atender às necessidades de trabalho do país. Mas os empregadores à procura de engenheiros de software, médicos de família ou universitários acadêmicos ficaram aglomerados na mesma categoria dos trabalhadores com menos habilidades especializadas.

“Em um clima de reação hiperpolítica a respeito dos trabalhadores estrangeiros temporários, o governo fez escolhas políticas que, em última análise, sacrificaram a eficácia do Express Entry”, é o que diz o relatório sobre as mudanças introduzidas pelos Conservadores favoráveis a negócios.

Em uma entrevista por telefone com a CBC News, Perrin Beatty, presidente e CEO da Câmara, afirmou: “Foi uma resposta política a um problema político, mas com consequências econômicas significativas para as empresas canadenses.”

O Canadá parece ter atraído menos trabalhadores estrangeiros altamente qualificados desde junho de 2014, quando os Conservadores anunciaram o último conjunto de reformas para o Temporary Foreign Worker Program (TFWP) –Programa de Trabalhadores Temporários Estrangeiros–, levantando sérias preocupações para a Câmara, que representa cerca de 200.000 empresas em todo o país.

Express Entry prejudicado por política protecionista

“O conceito de atrair ‘os melhores e mais brilhantes’ está deixando a desejar, segundo o novo relatório, já que o modelo competitivo do Express Entry está sendo prejudicado pela política protecionista incorporada à ferramenta de Labour Market Impact Assessment (LMIA) –Avaliação de Impacto no Mercado de Trabalho.”

As empresas dizem que a LMIA –um novo requisito emprestado do recém-reformado TFWP– é a maior falha do Express Entry.

Sob o novo sistema de imigração do Canadá, os trabalhadores estrangeiros altamente qualificados devem conseguir uma oferta de trabalho antes de aplicar para vir para o Canadá, além de ter um LMIA positivo. Essa avaliação é um documento que todos os empregadores agora necessitam para contratar um trabalhador estrangeiro ao invés de um canadense.

A Câmara chama a introdução desta nova exigência de um passo em falso que tornou extremamente difícil a contratação de profissionais altamente qualificados como desenvolvedores de jogos de videogame, pesquisadores e profissionais de áreas como industrial, elétrica e construção, além de chefs, cozinheiros, açougueiros e padeiros.

“Como resultado, o Canadá parece ter convidado muito menos profissionais altamente qualificados para trabalhar aqui temporariamente”, afirma a Câmara, apontando uma queda de 45% nos LMIAs desde junho de 2014, quando as reformas para trabalhadores temporários foram implantadas.

A Câmara pede uma revisão sóbria e cuidadosa

O relatório de 32 páginas intitulado Immigration for a Competitive Canada: Why Highly Skilled International Talent Is at Risk –Imigração para um Canadá competitivo: Por que o profissional qualificado estrangeiro está em risco–, expõe o que as empresas canadenses consideram erros nas alterações na imigração e oferece 20 recomendações.

Tais recomendações incluem:

  • A retirada da exigência do LMIA do sistema Express Entry;
  • Um ajuste do sistema de pontos do processo Express Entry para beneficiar profissionais altamente qualificados que aplicarem sob o International Mobility Program –Programa de Mobilidade Internacional.
  • Uma redução do tempo de processamento das permissões de estudo e vistos.

“O Canadá está arriscando perder sua vantagem econômica e competitiva quando se trata de atrair talentos internacionais altamente qualificados, diz a Câmara.” Felizmente, existem maneiras simples e eficazes para mitigar e evitar esse risco e desfazer os impactos prejudiciais. ”

Beatty está pedindo ao governo federal “para agir antes que as condições piorem.”

“Agora é a hora de fazer uma avaliação sóbria e cuidadosa sobre o que o Canadá pode realizar através da imigração econômica”, afirma o relatório da Câmara.

Continue lendo
Publicidade
Leia também...
CF Language Services

Cinthia Ferreira é professora de português/inglês/francês e tradutora brasileira, residindo atualmente em Toronto, Canadá. Tradutora formada pela Universidade de Toronto especializada em: Marketing, Business, Turismo, Tecnologia e Documentação para processos de imigração como: Certidões de Casamento, Certidões de Divórcio, Atestados de Antecedentes Criminais, Certidões de Óbito, Diplomas, Documentos de Identidade, Históricos Escolares, Extratos Bancários, Cartas de Recomendação, Currículos, entre outros, nos seguintes idiomas: Inglês, Português, Francês e Espanhol. Professora de Inglês e Português formada em Letras, com mais de 10 anos de experiência em: Cursos Regulares ou Intensivos, Preparação para Teste de Cidadania Canadense, Preparação para exames de proficiência como TOEFL/IELTS, Preparação para exames da imigração CELPIP, MELAB e CAEL, Business English, Conversação, Gramática e Vocabulário através de cursos presenciais ou aulas online.

3 Comentários

3 Comments

  1. Maple Ange

    23/fev/2016 at 00:10

    Qual é a fonte da reportagem? Seria bom colocar o link original da notícia da CBC. Sem ele, falta credibilidade ao artigo.

  2. jefferson

    15/fev/2016 at 11:59

    Pois é, esta complicado para desenvolvimento de jogos…

  3. Silvio

    02/fev/2016 at 08:31

    Muito bon artigo, parabens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Papelada

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo