Siga-nos

OiCanadá

Notícias

Bom para o meio ambiente e para a economia

Em Toronto, cerca de 2,5 milhões de pessoas colaboram com programas de reciclagem separando o lixo em casa antes de descartá-lo. Uma ajuda que faz a diferença: além de beneficiar a natureza, esses programas geram empregos e arrecadam milhões de dólares.

A quantidade de lixo no planeta é impressionante. Estima-se que só em Toronto sejam produzidas diariamente mais de cinco mil toneladas de resíduos. Isso sem falar nos detritos criados pelas indústrias. Lixo que não desaparece simplesmente quando você joga fora. Um pedaço de vidro, por exemplo, pode levar mais de um milhão de anos para se decompor. Papelão, até seis meses. O que fazer para que o mundo não naufrague nesse mar de lixo? A reciclagem ainda é a melhor alternativa.

Infelizmente não é difícil se deparar em Toronto com o desrespeito ao meio ambiente. Em uma área da zona norte da cidade, o OiCanadá encontrou diversos resíduos no chão, onde a poucos metros existiam três recipientes para materiais recicláveis, além de uma caixa colocada na esquina para depósito de lixo. Mesmo assim, as pessoas insistem em jogar no chão o que deveria ser reciclado.

Bom exemplo

Mas há exceções, como a tradutora e intérprete Jucelei Pereira. Na casa dela, o que não dá para ser reaproveitado, é separado. O lixo orgânico, aquele formado por restos de comida, é colocado em um saco plástico. Produtos feitos de papelão e alumínio, por exemplo, vão para o cesto azul. “Eu reciclo porque acho que hoje em dia todo mundo sabe a importância disso e não custa nada fazer. Não custa depositar o lixo no recipiente adequado. Eu acho que é importante para as futuras gerações”, diz ela.

Os  caminhões coletam o lixo diariamente em Toronto. Cada área da cidade tem um dia especifico. Antes o que era depositado em Michigan, nos Estados Unidos, agora é levado para Green Lane Ladfill, um aterro sanitário situado na cidade de London, a  200 km de Toronto.

Reciclagem aquece a economia

Nem todos os resíduos vão parar no aterro. Produtos recicláveis têm um outro destino. Vão para as usinas de reciclagem, onde todo o material é separado. Toronto tem como objetivo aproveitar até 70% de todo o lixo arrecadado na cidade. O melhor de tudo é que a indústria da reciclagem, além de beneficiar o meio ambiente, gera lucro e empregos.

Em uma das duas usinas de reciclagem da cidade, situada na zona norte de Toronto, cerca de 40 pessoas trabalham eliminando o que não é reciclável. No ano passado, o Blue Bin, um dos programas de reciclagem de Toronto, arrecadou aproximadamente 21 milhões de dólares. “O Blue Bin é um programa de bastante sucesso. Existem 2,5 milhões de pessoas reciclando na cidade de Toronto. Nas nossas duas usinas são depositadas 210 mil toneladas de materiais recicláveis por ano”, ressalta Bonnie Ballam, supervisora de operações de processamento do Blue Bin.

Nem tudo é reciclável

As perspectivas mostram que é  possível reciclar  até 90% do que se joga fora. Porém, não é tudo que  pode ser reaproveitado. “Objetos como agulhas e substâncias perigosas são difíceis de ser recicladas. Tudo que é muito tóxico, como produtos farmacêuticos e de limpeza, como Javex por exemplo, não deve ser reciclado”, afirma George South, diretor de operações de transferência e dispensa do Solid Waste Management.

É  importante saber que a reciclagem não e a única alternativa para solucionar o problema do lixo. Reduzir o consumo desenfreado e reutilizar alguns produtos também é muito importante. “Pequenas mudanças no comportamento visando a evitar o consumo excessivo proporcionam uma grande mudança no meio ambiente”, conclui George South.

Marcio Rollemberg é pernambucano e formado em jornalismo. Foi editor-chefe de um telejornal universitário, produziu documentários e trabalhou como repórter de TV no Brasil. Em 2005 mudou-se para Toronto e atualmente é um dos colaboradores de uma revista e de um canal de TV. Em 2011 juntou-se a equipe do OiCanadá, onde escreve matérias sobre Turismo e Variedades.

15 Comentários

15 Comments

  1. Marileen garcia

    22/mar/2011 at 23:31

    Gostei muito de saber Como funciona a reciclagem em Toronto. Muito interessante. Parabens pela reportagem Viva o oi toronto

  2. Mario Bittencourt

    19/mar/2011 at 18:10

    Muito interessante ver como funciona a usina de reciclagem em Toronto. Acho que se preocupar com lixo e comecar a reciclar e um dever de todos nos. Fico feliz em saber que muita gente ganha dinheiro com isso… muita boa reportagem! parabens a voces do Oi toronto.

  3. Orlando Janota

    18/mar/2011 at 20:31

    Bom trabalho Marcio. gostei quando voce fala de reutilizar e reduzir, o que e tao importante quanto reciclar. Acho que o lixo e um problema, mas so o ser-humano produz lixo. Logo, o ser humando e um problema. parabens pelo video!

  4. Sheila Camargo

    17/mar/2011 at 06:43

    vcs do Oi Toronto, como sempre, fazendo excelentes reportagens.me deixa muito feliz saber que em Toronto existem jovens brasileiros tao talentosos e, principalmente, preocupados com causas importantes como o meio ambiente. assim eh vcs que fazem o Oi Toronto, sempre passando um contudo de qualidade, nos dando dicas sobre educacao no canada, seguranca, entretenimento, curiosidades e tantos outros assuntos. parabens a toda a equipe—Marcio,Bruno, Martha, Adam, Leonardo e todos os jovens q escrevem para esse site e nos fazem sentir orgulhos de ser brasileiro. :-)

    • Bruno

      17/mar/2011 at 10:23

      que generosa mensagem, Sheila!

    • Babacar Gueye

      23/mar/2020 at 03:16

      Quero ver no Canadá para trabalhar para ganhar minha vida quero muito trabalhar se o dia quero ajudar para mim por favor ajudar para mim

  5. Otto

    16/mar/2011 at 23:55

    Isto ainda vai ser um grande negócio.
    Um dia…(?) nos comprarão todo lixo para reciclar ou torná-lo em energia. Aí … teremos pessoas educadas($).
    Grande reportagem. Parabéns.

  6. Elias Franco

    16/mar/2011 at 20:10

    dica: a reportagem ficou boa, entao por que voces nao fazem uma serie de videos com o tema?

  7. Elias Franco

    16/mar/2011 at 20:05

    muito boa a ideia de fazer videos. acho que isso so deixa o blog ainda mais legal do que ja e. gracas ao blog de vcs agora eu sei exatamente o que acontece com o material coletado em Toronto… exemplo para o resto do mundo.

  8. Lucivaldo Ferreira

    16/mar/2011 at 08:07

    Eu trabalho em um aterro sanitário aqui no Brasil e fico muito preocupado da maneira em que os aterros recebem o lixo, pois no Brasil somos carentes de Usina de Reciclagem fazendo com que os aterros não cumpra seu principal papel,espero que os políticos percebam que aterro sanitário não foi projetado para receber materiais reciclaveis e sim os rejeitos, e criem leis para que todas as cidades tenham coleta seletiva e usinas de reciclagem é lamentável ver no Brasil tantas areas sendo desmatadas para construir aterros sanitários, ao meu ver as futuras gerações podem presenciar o que aconteceu em Napoles no Sul da Italia se não tomarmos medidas que realmente tenham efeito.Afinal na natureza nada se cria tudo se transforma e é essa a proposta da reciclagem.
    Fica aqui minha sugestão para uma futura materia de COMO SÃO TRATADOS OS RESIDUOS EM UM ATERRO SANITÁRIO NO CANADA.

  9. RENATA FARIAS

    15/mar/2011 at 22:03

    NAO E SO NO BRASIL QUE VEMOS PESSOAS MALEDUCADAS NE? QUER MELHOR EXEMPLO DO QUE O METRO DE TORONTO. E O PIOR E QUE TODAS AS ESTACOES POSSUEM CESTO DE LIXO. E NAO ADIANTA DIZER QUE E IMIGRANTE QUE JOGA LIXO NO CHAO NAO. JA VI MUITO CANADENSE FAZENDO ISSO. E OLHE QUE TORONTO E ATE CONSIDERADA UMA CIDADE LIMPA SE VOCE COMPARAR COM MONTREAL. ALI SIM E UMA CIDADE IMUNDA.

  10. Carlos Rangel

    15/mar/2011 at 21:26

    Muito boa reportagem!!! A-DO-REI. Digna de Globo Reporter. Bom saber o que acontece com o lixo que reciclamos em casa…:-) Muito triste saber que em uma cidade como Toronto ainda tem gente jogando o lixo fora do lixo.

  11. Luciana Cavalcante

    15/mar/2011 at 21:50

    Parabens pela excelente reportagem. Obviamente nao e so no Brasil que vemos pessoas jogando lixo no chao. Em Toronto a coisa mais comum do mundo e ver gente jogando bituca de cigarro no chao. Isso sem falar no subway ne? Toda vez que entro no metro fico horrorizada com a sujeira. ate resto de comida a gente encontra no chao. Um nojo!

  12. Fabio K. Guimaraes

    15/mar/2011 at 21:06

    Muito bacana essa matéria! Parabéns!

  13. Diogo Lopes

    15/mar/2011 at 19:05

    legal a reportagem. Acho uma boa ideia fazer videos tb.

    Apesar de nao ter como provar, nao concordei com a palavra “exceções”.
    Diria que excecao em Toronto ‘e tacar lixo no chao ou nao separar o lixo da casa.

    Mas fora isso, 100% de acordo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Notícias

Posts Populares

Topo