Siga-nos

OiCanadá

Educação

Homestay Toronto: uma boa forma de vivenciar a cultura canadense, mas não é para todo mundo

Viver com uma família canadense e conhecer os seus hábitos pode ser uma boa opção para quem pretende fazer intercâmbio no Canadá e quer ter um contato mais direto com a cultura do país. Porém, não é todo mundo que consegue se adaptar à rotina do homestay Toronto. O OiCanadá fez um levantamento dos problemas mais comuns nesse tipo de acomodação e de como solucioná-los.

A ideia de vivenciar uma nova cultura e praticar o inglês fez com que o estudante paulista Rodrigo Schmiegelow optasse por ficar hospedado em um homestay durante o seu intercâmbio em Toronto, realizado no ano passado. Porém, as coisas não aconteceram exatamente como o planejado. Logo quando chegou na casa (mais cedo do que o previsto), ele percebeu que não teve uma recepção muito calorosa por parte do dono da residência, e a falta de envolvimento com a família (que sempre faziam as refeições distante dele e dos outros hóspedes) começou a lhe incomodar.

“As poucas vezes que a hostmother conversava comigo era quando eu voltava da escola à tarde, mas era uma conversa rápida, do estilo: “Está frio hoje, né?”. E a única coisa que ela me mostrou foi onde era o metrô, a 10 minutos a pé da casa”, disse ele no seu post Uma decepcionante experiência de homestay, publicado no OiCanadá.

Assim como Rodrigo, a jornalista brasileira Élida Rocha não teve uma boa experiência com homestay, e pelo mesmo motivo. A dona da casa não tinha lhe apresentado o restante da família, e também fazia as refeições separada dos estudantes. “Quando chegava em casa, a comida já estava na geladeira, ou na mesa. Eu costumava comer com a outra estudante da casa. A privacidade foi boa, mas em compensação, não houve integração com a família. Era como se eu tivesse alugado um apartamento”, afirmou ela no post Uma Caixinha de surpresas chamada hostfamily.

Casos como o de Rodrigo e Élida são raros, mas acontecem. Dentre todos os problemas enfrentados nos homestays, a comida é geralmente o que mais incomoda os estudantes. “A gente faz um trabalho forte de treinamento com os nossos consultores para que eles passem uma real expectativa para o cliente do que é ficar em uma homestay. Os problemas são vivenciados por uma minoria de pessoas, e geralmente é necessário somente um ajuste. É preciso entender que faz parte da experiência do intercâmbio comer uma comida diferente, muitas vezes em horário diferente, e isso significa vivenciar a cultura local”, explica Luíza Vianna, gerente de cursos da Central de Intercâmbio.

O fato de muitas famílias que hospedam o estudante não terem nascido no Canadá também gera reclamação de alguns estudantes. Mas segundo a psicóloga Paula Lessa, que trabalhou com escolas de inglês em Toronto, a diversidade cultural é algo positivo. “Toronto é um lugar onde metade da população é de imigrantes, e isso pode ser visto claramente nas ruas. Ter contato com diferentes sotaques pode ser positivo para o estudante que está aprendendo inglês, além de enriquecer o seu conhecimento, tornando-se uma experiência bastante interessante”, observa ela.

O processo da escolha do homestay

Boa parte das escolas de inglês em Toronto que oferecem homestay disponibiliza ao estudante um formulário, onde ele pode escolher alguns requisitos básicos para a acomodação: se deseja casa com crianças ou animais de estimação, se possui alguma alergia à cigarro ou tipo específico de comida ou se quer ficar próximo à estação do metrô ou centro de recreação, por exemplo. O mesmo é feito com os hosts (como são conhecidos os proprietários do homestay), que podem escolher se querem ficar com estudantes do sexo feminino ou masculino, assim como países de origem dos mesmos.

Qualquer tipo de problema com o homestay é geralmente solucionado na própria escola, que na maioria das vezes é a responsável por selecionar as famílias que irão acomodar o estudantes. “Muitas vezes os problemas vivenciados em homestays estão relacionados à má compreensão da língua ou até a uma questão cultural. É preciso que o estudante venha até nós imediatamente para que possamos identificar e solucionar esse problema”, ressalta Julie Masse, coordenadora de acomodação da Hansa Language Centre em Toronto.

Em entrevista ao OiCanadá, Julie citou o exemplo de um aluno que havia reclamado que não poderia usar o banheiro na homestay depois das 11pm, quando na verdade ele não tinha entendido que o dono da acomodação em que estava hospedado tinha se referido ao chuveiro. Um outro caso é o de estudantes que tem problemas de se adaptar aos costumes do Canadá, onde no almoço é feito somente um lanche, e o jantar é considerado a refeição mais farta e importante do dia. Esse problema é comum entre estudantes brasileiros que estão acostumados a comerem menos durante a noite.

“Nós fazemos o possível para deixar o estudante feliz e satisfeito. Se há algum problema com o homestay e não pode ser solucionado, mudamos ele de acomodação. Se é algo urgente, essa mudança é feita imediatamente”, afirma Julie.

10 dicas para um bom homestay

  • O estudante que escolhe morar em um homestay tem direito à uma cópia da chave da casa e é responsável por manter limpo e arrumado o seu quarto, sendo o restante da residência responsabilidade do proprietário.
  • Como Toronto é uma cidade multicultural, há uma grande possibilidade do estudante ficar hospedado em uma casa de família de imigrantes. Caso você não queira passar por essa experiência, que para muitos é na verdade uma grande vantagem, especifique isso ao agente responsável pela escolha do homestay.
  • A mudança de homestay é possível em praticamente todas as boas escolas, mas em algumas delas é preciso esperar até o final do mês para que isso seja feito. Por isso, não se esqueça de especificar no formulário que tipo de família você deseja.
  • Intercâmbio é uma troca de culturas, por isso esteja aberto a novas experiências e procure sempre passar um pouco da sua cultura para a família que reside no homestay.
  • Cada um tem um tipo de personalidade, por isso é comum se deparar com pessoas mais fechadas. Muitas vezes, isso é pura timidez. Seja paciente, mas se perceber que não existe comunicação com a família e se sentir incomodado, comunique à escola.
  • A alimentação talvez seja a campeã de reclamações, e mesmo com toda a boa vontade de experimentar a culinária de uma nova cultura, depois de algumas semanas ninguém aguenta mais comer comida muito apimentada ou sem sal, por exemplo. Se gosta de cozinhar, se ofereça para fazer um jantar para a família inteira. Pode ser até uma forma de agradar a todos. Mas se o fogão não é o seu negócio, também existe a opção em algumas escolas de adquirir somente a acomodação sem as refeições. Procure se informar.
  • Presentes aos donos do homestay são bastante tradicionais, e alguns até parecem se sentir ofendidos quando não recebem uma lembrança. Não precisa ser nada caro, mas é bom ser criativo e trazer algo que represente a sua cultura: sandálias havaianas, bola de futebol, camisa da seleção, disco de bossa nova, livro com fotografias do Brasil.
  • Não tenha vergonha de praticar o seu inglês com os moradores da casa. Essa é uma das grandes vantagens do homestay. Se por um acaso você não entendeu algo, pergunte novamente, principalmente se for alguma coisa relacionada à regra da casa.
  • Evite falar sobre assuntos polêmicos, como religião por exemplo. Em Toronto, algumas pessoas são bastante reservadas sobre alguns tópicos. Caso você se hospede na casa de alguém que tenha nascido fora do Canadá, procure estudar um pouco sobre a cultura e costumes do país dele. Lembre-se de que o Canadá é um país democrático, e todos aqui têm o direito de ser respeitado por orientação sexual, raça ou religião. Caso você se sinta ofendido ou desrespeitado, comunique imediatamente à escola.
  • Você não precisa ficar hospedado no homestay Toronto durante todo o período do curso de inglês. É possível optar por ficar apenas um mês, ou às vezes até algumas semanas. Boa parte dos estudantes terminam dividindo apartamento com os colegas da escola depois de algum tempo. Um homestay de um mês em Toronto, com duas refeições diárias e três nos finais de semana, custa em torno de $800.

foto: JeremyMP [Catching Up]

Marcio Rollemberg é pernambucano e formado em jornalismo. Foi editor-chefe de um telejornal universitário, produziu documentários e trabalhou como repórter de TV no Brasil. Em 2005 mudou-se para Toronto e atualmente é um dos colaboradores de uma revista e de um canal de TV. Em 2011 juntou-se a equipe do OiCanadá, onde escreve matérias sobre Turismo e Variedades.

75 Comentários

75 Comments

  1. Maurício Araujo

    09/jun/2014 at 16:53

    Eai galera,
    Sou de Brasília, tenho 22 anos e estou indo para Toronto Canada dia 24 de novembro de 2014 para fazer o curso no ILAC.
    Também tenho receio de ficar perdidão la, jogado de lado rsrsrs, nunca saí da américa do Sul, então to bem reciosoooo pra ir rs
    Alguém ai indo também?

    Se quiserem me contatar meu email é:
    [email protected]
    ficarei feliz caso alguém entre em contato ;)

    • Felipe

      03/ago/2014 at 22:57

      Oi Mauricio, estou quase fechando de ir em outubro/14 para ILAC ficarei 4 meses. Pretendo ficar 1 mes em homestay e depois dividir um apt se for viavel, senao ficarei em homestay mesmo.

      Mais com certeza nos vemos la.

      Abs

      [email protected]

  2. Leandro

    04/dez/2013 at 09:07

    Olá,
    Estarei indo para Toronto em 05/14, estudar na ILAC.
    Tenho 31 anos e meu receio é ficar perdido no meio da garotada, ficar meio de lado e não ter com quem conversar.
    Alguém indo pra la mesmo mesmo período? Sei que não é indicado ficar com brasileiro por lá porém se tiver um contato para a hora do aperto… Não seria ruim.
    Contato: [email protected]

  3. Aline Siva

    03/set/2013 at 09:07

    Bom dia…

    Estou embarcando dia 06/09/2013 para canadá, estudarei na PLI Kaplan. e ficarei um mês …..alguém estara por lá nesse período…Mandem noticias…

    Segue meu email: [email protected]

    Abraço

    Aline

    • Caroline

      03/nov/2013 at 20:12

      Oi Aline, estou indo para Toronto em março/2014.
      Estou cheia de dúvidas, e queria saber como foi sua experiência.
      Vc tem uma escola para me indicar? Compensa mais eu me hospedar em Homestay, ou na própria escola.
      Você ainda está no Canadá?

      Meu email é [email protected]

  4. Juliana

    05/jun/2013 at 09:09

    Olá Brasucas, Estou indo para Toronto em Agosto/2013, ficarei um mês em Homestay, ja recebi minha confirmação da escola e minha família não é canadense, pelo que sei isso é muito comum, não fiquem preocupados com isso, o Canadá é o país mais multicultural do mundo! Sei que a comida será uma grande dificuldade, em 2009 fiz um intercâmbio para a Africa e perdi uns 8K em 1 mês, claro que não só por causa da comida, nós turistas/estudantes, andamos MUITO, levamos um estilo de vida mais saudável. Gostaria de deixar uma GRANDE dica para os Brasileiros que estão indo para o Canadá, assim como na Africa lá tem muitos Brasileiros, NÃO procurem por Brasileiros para sair ou conversar, procure pessoas de outra nacionalidade para que falem somente Inglês, pode parecer meio radical mas o investimento é alto, isso faz toda a diferença, eu por exemplo não vou cometer este erro novamente…rs Abraços e BOA VIAGEM.

  5. Priscila

    28/mar/2013 at 23:46

    Oi galera estou indo final de julho p ficar por 2 meses, to na duvida cruel da escola, queria fugir de adolescentes, alguém sabe me indicar alguma escola? Me falaram sobre a Tanwood ou a Hansa pleaaaaaassseeee help me!!!!!!

    • Paulo

      30/mar/2013 at 21:20

      Ola, estUdo atualmente na Hansa, dependendo do predio em que for estudar Vai se deparar com muitos adolescentes, o problems maior Sao os arabes.

      Qualquer coisa se matricula por uma semana e assim vc Ve se hosts, abs

  6. Vanessa

    08/jan/2013 at 11:10

    Olá pessoal, também irei para Toronto em julho 2013 para ficar um mês em homestay. Estou entre a ILAC e a ESC, alguém sabe me falar a principal diferença entre essas escolas?

    Abraços.
    Vanessa

    • Gabriela

      08/jan/2013 at 19:20

      Pelo o que a agência me falou a ILAC é boa, porém possui um número maior de adolescentes.

      • Vanessa

        09/jan/2013 at 17:44

        Pois é, acho que irei fazer pela ESC mesmo!!

  7. Heloísa

    06/jan/2013 at 11:22

    Olá pessoal! tudo bem?

    Estou indo para o Toronto em junho/2013 e vou estudar no ILAC, alguém vai neste mesmo período? Embarco dia 31/05.
    A homestay é algo que me preocupa também…estou buscando referências de quem já foi…

    Abraço!
    Heloísa

    • Gabriela

      07/jan/2013 at 16:22

      Oi Heloisa,

      Vou mais ou menos nesse periodo, dia 28 de junho, para estudar na ESC em Toronto.

      • Heloísa

        09/jan/2013 at 04:32

        Oi Gabriela! Tudo bem?

        Estarei retornando ao Brasil dia 28/06…vc vai estudar no ILAC também?

        bjs!

        • Ana Rabelo

          29/mar/2013 at 11:15

          Olá Heloisa e Gabriela,

          Tudo bem?

          Também vou para Toronto em Junho/13, estudarei na ILAC e ficarei em homestay… Podemos trocar mais informações.

          Abraço,

          Ana

          • Jessica

            21/maio/2013 at 21:08

            Oi Ana e Heloisa!
            Vou para Toronto em junho agora (2013) tb e estudarei na Ilac!
            Também gostaria de trocar informações com vocês!
            bjus

          • ELAINE

            23/maio/2013 at 22:22

            Olá vou para ILAC e chego em Toronto dia 15/06..fico 1 mes….

          • Rebeca

            27/maio/2013 at 16:05

            Olá!

            Também estou indo para Toronto, só que vou em setembro/2013. Vou estudar na ILAC, e estou super ansiosa por esta experiência…
            Deixem seus e-mails para que possamos trocar informações!!!

            O meu é [email protected]

    • Felipe

      27/mar/2013 at 21:47

      Estou chegando por lá em 18/19 de maio.. pra ficar até 30/06… estudar na ILAC.

  8. Juliana

    19/out/2012 at 13:55

    Olá, pessoal..

    Estou muito ansiosa sobre a viagem. Ficarei apenas um mês (nov/12), ficarei tb em casa de familia e a mistura de sentimentos é gigantesca.

    Quero muita sorte qto a familia que irei ficar. E tb sobre o clima, quem sabe na ultima semana de novembro ver neve (que sonho…. )

    Sobre o $$$ as coisas são baratas? Ficarei na escola KGIC, não vi ninguem até agora falar nesta escola..rs
    queria dicas ref. a comprinhas se alguem puder dizer ficarei grata..
    Ex. não levarei celular e nem o meu note. Quero comprar lá, será que é melhor, mais em conta?

    beijos para tdos

    • Eduardo

      31/out/2012 at 21:14

      Oi Amanda, eu embarco no comecinho de dezembro.
      Nos vemos lá.. ;)

      Oi Juliana, de acordo com os atuais acontecimentos no Canadá e EUA, provavelmente voce verá neve..
      Bom, me disseram que a vida em Toronto, não é tão barata assim, mas em relação à eletrônicos, acho que você deveria deixar pra comprar celular, notebook, tablet, … lá. Principalmente se você tiver o visto dos EUA.

      Boa sorte para as duas! E se puderem, postem alguma informação útil aqui em relação à escola, família ou sobre a cidade para nós..
      ;)

      • Fernanda

        21/nov/2012 at 22:38

        Olá Eduardo,
        Pretendo ir pra Toronto em Julho/2013 e fazer inglês na ILAC..
        gostaria de uma opinião quanto a escola depois que você conhecer :)
        ahhh, Amanda, por favor dê sua opinião também!
        Sobre a cidade também será bem útil!

        beeijos, ótimo intercâmbio.

        • Hellen

          06/jun/2013 at 14:06

          Oii Fernanda!

          Tbm estou pensando em ir em julho/2013.
          Me passa seu e-mail para eu entrar em contato com você.

    • Grazielle

      29/nov/2012 at 12:17

      Olá Juliana,

      Irei para Toronto em agosto ou setembro para a KGIC…e ficarei em casa de familia, meu maior medo é ficar sozinha, não conhecer pessoas por lá que saiam comigo para conhecer o pais rs…. se vc tiver a opção de mudar a data quem sabe nos encontramos por lá rsrs

      Bjos
      E sorte para todos que ainda irão!!!

    • Vanessa

      01/fev/2013 at 13:14

      OI Juliana,

      Irei para Toronto em Agosto/2013. Vou estudar na KGIC tbm, durante 1 mês.

      Conte como foi sua experiência?

      Estou super ansiosa!!

      Bjs

  9. Júnior Carvalho

    15/out/2012 at 10:26

    Olá pessoal,

    Também acho que a acomodação em homestay é a melhor opção para o início de sua estadia no Canadá.

    Ainda não fui para o país, mas estou pesquisando muito e conversando com pessoas que fizeram intercâmbios.

    Eu irei para Toronto no final de janeiro/2013 e ficarei por 6 meses, com 3 meses de curso e mais 3 meses de trabalho.

    Espero encontrar alguns de vocês por lá.

  10. Daniela Castro

    06/out/2012 at 19:23

    Oie Pessoal. Estou aqui em Whistler. Mas tá difícil, pois estou bem sozinha, e aí fica difícil curtir. Alguém conhece aqui ou está por aqui??? Valew.

  11. Eduardo

    05/set/2012 at 17:25

    Oi Amanda,

    Sim, irei ficar os 3 meses em casa de familia, dizem que é melhor para aprender a cultura e ter a familia para você praticar e você?
    Pois é, acho que farei o mesmo que você, comprarei uma, talvez duas blusas de frio aqui no Brasil, para que pelo menos eu não morra congelado quando chegar no aeroporto e estou pensando em já comprar uma bota impermeável.
    Ficarei em Toronto até o comecinho de março.
    Você também irá estudar na ILAC?
    Abraços.

    • Amanda

      17/out/2012 at 09:36

      Oi Eduardo,

      Também vou ficar os 4 meses em casa de família. Eu embarco no dia 03/11 e vc?
      Bom, nos vemos na ILAC!
      Até.

  12. Eduardo

    03/set/2012 at 18:04

    Oi pessoal, estou indo para Toronto em dezembro e ficarei lá por 3 meses estudando na ILAC.
    Bom, como muitos já sabem, eu presenciarei os 3 meses mais frios do ano.
    Infelizmente é quando eu tenho mais tempo, por causa da faculdade.
    Às vezes fico pensando se deveria perder um semestre de faculdade e mudar minha data do intercâmbio por causa do frio.
    E aí, o que que vocês acham?

    • Amanda

      04/set/2012 at 11:02

      Oi Eduardo,

      Eu estou indo para toronto em novembro e ficarei até fevereiro. Tb só vou nesta época por causa do frio e confesso que isso já me deixou mais assustada. Mas… não é por isso que vamos desistir. O que eu vou fazer é comprar um ou duas blusas na Decathlon e deixar o resto para compra lá. Você vai ficar os 3 meses em casa de família?

    • Lívia

      27/set/2012 at 06:22

      Oi Eduardo.
      A minha intenção era fazer isso também, porém resolvi mudar para ir em julho e ficar 6 meses no programa Work & Study, pesquise bem pois os valores não mudam tanto, a única diferença é a permissão para trabalhar. Irei trancar a facul também, mas acho que pelo aprendizado irá valer a pena.
      Tenho um amigo que foi em dezembro e voltou em julho… amou mas falou que no inverno, além das pistas de esqui, quase não tem nada para fazer. Ele conseguiu emprego depois e se manteve tranquilamente.

      • Eduardo

        28/set/2012 at 20:50

        Pois é, estou pensando seriamente em trancar a faculdade e mudar a data da minha viagem, talvez fazer este intercâmbio de Abril a Junho.
        O seu amigo foi para Toronto?
        :)

        • Lívia

          01/out/2012 at 12:28

          Foi sim, ele ficou 8 meses (4 estudandoe 4 trabalhando) em Toronto, voltou em agosto.

          • Eduardo

            16/out/2012 at 21:35

            Bom, ao final, escolhi ir mesmo agora em dezembro, pelo o tempo que vou ficar, que serão só 3 meses, não iria compensar perder um semestre de faculdade, e estou um pouco mais animado quanto a grande diferença climática, tentarei levar isto em meu favor e curtir o máximo possível. Se alguém souber de alguma roupa que compense comprar aqui e não lá, ficaria muito grato em saber, pois agora é me preparar. ;)

  13. Ana Paula

    30/ago/2012 at 20:16

    Olá pessoal!
    Também vou para Toronto e ficarei por 6 meses estudando! Pesquisei muito sobre acomodação e apesar de todos os contratempos com as Homestays ainda acho que é a melhor opção para o aperfeiçoamente da língua e conhecimento da cultura. Não acreditem em tudo que lêem e sim, vivenciem a sua própria experiência afinal de contas, o que é bom para uns não é tão bom para outros!!!
    Quem vai encarar o inverno deixe para comprar roupas pesadas por lá mesmo, além de muito baratas são apropriadas para o clima pesado!
    Abraços a todos e boa viagem!!

    • Tatiane

      13/set/2012 at 20:21

      Olha eu fui pra lá no final do inverno, quando todo mundo diz que as roupas de frio entrem em liquidação e não achei nada barato.

    • Lívia

      27/set/2012 at 06:18

      Oi Ana Paula. Quando estará? Só para estudar?

  14. Shirley

    26/ago/2012 at 22:43

    Olá, Cristiano e Flavia

    Retornei hoje de Toronto e posso dizer à vocês que o clima esta quente, verão de 32C° , fiquei um mês e durante este período apenas 3 dias nublado . Não levei roupas de frio até porque acabei comprando por lá mesmo, mas leve pelo menos duas peças de roupas para se garantir… Caso o tempo mude!

    Boa viagem à vocês e aproveitem ao máximo que puder, pois os dias passam muito rápido!

    Abs,

  15. Vitor

    18/ago/2012 at 11:16

    E aí pessoal, estarei indo para Toronto no dia 12/10, vou estudar na Kaplan, alguém estará indo para lá também?

    • Fabiana

      02/set/2012 at 23:20

      Oi estarei chegando em Toronto dia 07/10 e estudarei na Kaplan PLI.
      Gente alguem pode me dar uma dica sobre o Thanksgiving, vou chegar bem em cima deste feriado?

    • Bruna

      08/out/2012 at 19:09

      Oi Vitor! Vou pra Toronto dia 12 tbm! E vou estudar na PLI!!

  16. Flavia

    17/ago/2012 at 14:53

    Oi! Estarei indo pra Toronto dia 19 de Setembro de 2012 para ficar 1 mes estudando! Também ficarei em homestay, confesso que morro de medo de encontrar uma família muito fechada, ou que tenha muitas restrições, mas acho que sempre devemos nos informar com a agência de turismo com a qual fechamos o pacote de viagem, no meu caso, eles me deixaram muito tranquila, disseram que caso eu não goste da família, posso solicitar uma troca! Mas tenho esperanças de que seja algo bom, acho que temos que ter conciência que estamos indo para vivenciar uma nova cultura, e para isso temos que abrir a mente, deixar um pouco nossas manias de lado e aproveitar! Outra dúvida que tenho é quanto a quanto dinheiro levar e também que tipo de roupa, pois ninguém sabe me explicar ao certo como é o clima lá! Se alguém puder me ajudar…. Obrigada!

    • Cristiano

      18/ago/2012 at 01:00

      Olá, Flavia.

      Também estarei indo em setembro (mais precisamente dia 3) para ficar estudando por 30 dias. Entendo que o valor a ser “levado” vai depender muito da quantidade de passeios que você irá fazer. A agência me aconselhou entre CAD 700 a 1000. Acredito que vou utilizar travelmoney para as despesas do dia-a-dia, cartão de crédito para compras e um pouco de dinheiro em espécie para caso tenha problemas na hora de usar o travelmoney (indisponibilidade de sistema por exemplo).
      Quanto ao clima, também estou perdido.
      Vou estudar na Kaplan PLI e você?

      • Grazielle

        29/jun/2013 at 21:19

        Olá Cristiano,

        Irei em Setembro para Toronto, sairei de SP dia 31 de Agosto, estou procurando contatos que irão para o Canada para companhia….espero um contato! Abraços

  17. Márcio

    14/ago/2012 at 09:05

    Estou indo no dia 10/09, para fazer ILAC, período de 01 mês, ainda não fechei a acomodação, tenho lido muitas críticas de homestay, e estou tentando alugar um apartamento em Downtown, só que o valor está muito alto, alguém tem uma dica ou sugestão de acomodação.

  18. Geovanny

    20/jun/2012 at 13:28

    ai que inveja positiva q estou tendo – depois de ler todos esses comentários e dicas MARAVILHOSAS sobre homestay e os textos da OiToronto. Sou Publicitário, mas trabalho com audiovisual e adorei as reportagens produzidas por este sítio. simm!!!! gostaria tanto de aprender com vcs, trabalho como vídeo editor (além de atua como repórter freelancer), quando estiver por ai pretendo ir até vcs para implorar por um possível ‘estágio voluntário’. MUIIiTO OBRIGADO por todas as dicas, são fantásticas.

    meu canal no youtube:
    youtube.com.br/geovannymacedo

  19. Tatiane

    19/jun/2012 at 20:39

    Olá
    Voltei do Canadá este mês, e confesso que não fiquei muito contente com a minha Homestay. Eles eram super fechados e só falavam comigo durante as refeições. No começo achei que seria “só no começo” e que depois a situação melhoraria. Mas quando percebi que eles não faziam questão nenhuma da minha presença lá, que mais parecia que eu tinha alugado um quarto numa pousada, também larguei de mão e não fazia nenhuma questão de estar com eles, pelo contrário, eu queria mais era comer sozinha e encontrá-los o menos possível na casa. O lado positivo foi que a casa era num bairro bom, limpa e a comida muito boa, de 1º qualidade.
    O que eu mais acho estranho são histórias de pessoas que mal tratam os estudantes e fica por isso mesmo, ninguém faz nada. Isso é absurdo!

  20. Igor-Nicolau

    09/jun/2012 at 22:11

    O homestay por $800 por 1 mês?esse preço é uma estimativa ou é a média?estou querendo ir em Setembro, será que consigo?e quanto as aulas de inglês qual é a escola mais recomendada?Vc´s estão de parabéns, só dicas 10!

  21. Raphael

    07/jun/2012 at 22:03

    Quanto tempo morando em Toronto, você já desenvolve bem o idioma inglês?

  22. Verismar Silva

    07/jun/2012 at 09:22

    Galera, não se preocupem com a Homestay, eu fui bem recebido, cheguei no Canada em Janeiro sabendo somente 2 palavras em Inglês (Black e Pink).
    Ném aguá eu sabia pedir, mas a Homestay explica muito, eu fiquei até abril de 2012 fiquei 3 meses e levei mais 2 amigos da escola para morar na Homestay, é sorte, eu podia Fumar no quintal, ia para as baladas todas as quarta/quinta e sextas e chegava de madrugada e nunca reclamaram e disseram que eu tinha que aproveitar, pois lá não tem LADRÃO, É Super Seguro!!! mas se alguém precisar do contato da Homestay eu passo a informação sem nenhum Problema,Minha Homestay foi 10 de Verdade !!! Voçê pode comer a hora que quizer, pode tomar a hora que quizer e quantas vezes for necessário, pode lavar e passar sem problemas !!! Eu curti minha Homestay de Verdade !!!! e eles adoram Brasileiros !!!! Boa Sorte !!!!

    • Geovanny

      20/jun/2012 at 13:21

      Olá Verismar!!

      que legal saber de sua experiência c/ sua homestay, estou pretendendo ir no início de 2013, vc poderia passar o contato deles??? vlw.

    • Roberto José Nogueira

      24/jun/2012 at 12:33

      Verismar, o que vc levou de presente, estou com duvida, vou o mes que vem

      • Marcio Rollemberg

        26/jun/2012 at 00:12

        Olá José Roberto! Com relação aos presentes a melhor estratégia é ser criativo e trazer algo que represente a sua cultura e identidade. Algumas idéias são camisa da seleção de futebol, caixa de chocolates brasileiros (os canadenses adoram), guaraná, sandálias Havaianas, dvd com imagens das cidades do Brasil, cd de bossa nova, alguma lembrança da sua cidade natal (de preferência que não seja feita de madeira, porque os oficiais de imigração costumam implicar com esse tipo de material no aeroporto). De qualquer forma, seja lá o que você decidir trazer de presente, irá com certeza agradar a sua “host family’.

    • Fhelipe

      25/jun/2012 at 16:44

      olá tudo bem?
      deixa eu te perguntar eu estou planejando ir em janeiro para o Canada p estudar ingles e ficar em homestay, durante 1 mês.
      você acha que é uma boa ideia ir em janeiro para Toronto,
      só posso ficar 1 mês justamente em janeiro, onde as temperaturas são muito baixas.

      aguardo retorno

      obrigado

      • Marcio Rollemberg

        26/jun/2012 at 00:01

        Olá Fhelipe! Janeiro e fevereiro são os meses mais frios no Canadá, e as temperaturas negativas são bastante frequentes. No entanto, é uma ótima oportunidade para você conhecer um país com um inverno bem mais rigoroso que o Brasil e poder desfrutar das diversas atrações que acontecem nessa época do ano, como ver neve, esquiar e patinar no gelo, por exemplo. Toronto possui uma série de eventos interessantes no início do ano, e não se esqueça que temos uma bom sistema de calefação, onde só faz frio mesmo na rua. Principalmente levando em conta que você pretende passar somente um mês aqui, acredito que vir em janeiro é uma boa. Além disso, clima com temperaturas quentes você já conhece.

    • Laine

      24/ago/2012 at 09:44

      Aiiiiiii… Verismar Silva,

      Adoreii saber de sua experienciaaa… Quero muito o contota de sua homestay, Quanto custoo todo curso?/

    • Viviane Silva

      29/ago/2012 at 20:51

      Oi Verismar, eu vou para o Canadá em Julho de 2013 mais antes ia com uma amiga e agora ela adiantou a viagem e eu nao posso devido as férias do trabalho. To tentando tirar algumas duvidas com minha agencia, mais se pudesse me passar o contato da sua homestay. Eu gostei bastante pq como vc disse eu tbm só conheço essas duas palavras em ingles rs…

      • Lívia

        30/ago/2012 at 23:33

        Oi Viviane, também vou em Julho com meu namorado, só não decidi quanto tempo ( 1 ou 6 meses). Você fechou com qual agência? Qual seu nível de inglês?? Acha que 1 mês só vale a pena?

        • Marcio Rodrigues

          10/set/2012 at 13:22

          Isso aí turma! Vamos invadir o Canadá em Julho/2013. Eu também vou com um primo meu. Estamos negociando o intercâmbio pela N&M e BIL, alguém conhece quem já foi por estas agencias ou tem experiências pra nos contar sobre? Boa sorte pra todos nós!!!

          • Lívia

            27/set/2012 at 06:16

            Olá Márcio,

            Vai para ficar quanto?
            Estou indo para ficar 6 meses, 3 estudando e 3 trabalhando. Vi que os valores tem pouca diferença em comparação com 1 mês.
            Porém uma dúvida cruel, vou trabalhar nos meses de outubro, novembro e dezembro… é dificil conseguir emprego nessa época? Preciso de uma renda para ajudar a me manter.

    • Rudi

      12/set/2012 at 18:40

      Caro Verismar eu estou indo para Canada, e quero ficar numa homestday e gostaria que vc me passase um endereço de familia que se da bem com brasileiros .

    • Amanda

      17/out/2012 at 10:12

      Oi Verismar, tudo bem?

      Eu estou indo dia 03/11 para Toronto, você pode me passar os contatos da sua homestay?
      Você disse que não sabia falar nada de inglês, como você avalias esses 3 meses que você ficou lá? dá pra voltar falando bem inglês?

      Um abraço e obrigada.

    • suzana miranda

      25/dez/2012 at 11:30

      Olá Verismar!
      Gostaria de saber o nome da sua homestay, estou indo p/ Toronto estudar na Ilac um mês em julho/2013, vc falou tão bem da sua homestay rsrs, dai queria o contato deles se derr. Abraços.

      Att,

    • José Ilége Cornélio Junior

      31/out/2013 at 06:46

      Verismar, quero morar no Canadá .Minha formação é nível superior em Belas Artes.
      Gostaria de saber se a familia que você ficou é canadense e se é o tipo especilaizada em receber brasileiros. O tempo que você ficou ,você pode trabalhar em algum lugar? Ou mesmo na sua área?O período que você ficou lá era frio ou calor? Ou você foi simplemente para viver qualquer coisa?No caso dessa família, você acha que seria possível o contato com ela , pelo menos para passar um mês( que seria o meu primeiro mês ) e depois alugar algo com algum estudante. Agradeço antecipadamente por compartilhar com todos sua experiência. Sinta-se a vontade para não responder. Caso queira conhecer o meu trabalho acesse FACEBOOK : yllege

    • Aline

      12/nov/2015 at 08:28

      Boa tarde,
      vou para lá em Agosto do ano que vêm com meus namorado e gostaria de uma homestay assim, pode me passar o nome dela, para eu ver se minha agencia tem contato?
      Obrigada

  23. Marcos Oliveira

    21/maio/2012 at 11:34

    Irei contar um pouco sobre minha experiencia em homestay. Cheguei a toronto em agosto de 2011 para estudar na ilac e para ficar (inicialmente) 1 mes em minha homestay. Mas os dias foram passando e adorei a casa e os moradores, eles faziam questao de nos ter a mesa todo dia para o jantar( sem sal sim, mas muito saudavel, perdi uns 10 kg aqui) , me levaram no primeiro dia de carro a escola, me levaram para velejar, temps vinho quase, se nao todo dia no jantar, compram coisas que eu gosto,sempre lerguntam se eu quero algo, me ajudam muito no ingles( me corrigem quando falo algo errado), me ajudaram com o meu resume e CL. E ate me ajudaram a arrumar o emprego que trabalho… Depois disso e de muitas coisas que fizeram por mim ainda estou com eles ( mesmo sendo mais caro) eles fizeram ( e fazem) minha experiencia ser melhor do que ja e… Se me perguntan voce recomenda homestay?! Respondo rapido… Claro !!! Ah e meus pais estao vindo em junho para toronto me visitar… Adivinhem onde eles ficarao?! Sem pagar nada ?! Aqui em casa…

    Mas e isso espero que gostem do meu comentario… E desculpe a falta de pontuaçao e os erros, estou digitando pelo cel… Abraços a todos!

    • Karla

      22/maio/2012 at 13:57

      Obrigada, pela informação, fiquei mais tranquila, uma amiga ficou com uma senhora grega a adotou a TIA. Legal. Boa Sorte . Eu vou em meados de julho tô rezando pra ter sorte. Abraços.

      • daniel

        23/maio/2012 at 00:16

        olá carla,

        eu irei para toronto em julho tambem frei ilac vc vai fazer qual escola ?

    • GABRIELA

      31/maio/2012 at 18:14

      oLA MARCOS

      Pode me passar o nome da tua homestay? me mudaram de homestay duas semanas antes de eu embarcar.. com todos os presentes comprados.. e agora essa nova homestay não me responde meus email estou meio perdida.

      Obriagada

    • Roberto José Nogueira

      24/jun/2012 at 12:31

      Marcos, muito interessante a sua experiencia, eu vou dia 19 /07 para ficar um mes também na casa de homistey, tenho vontade de vicar por lá mesmo, como você consegui trabalho lá e ficar por mais tempo??

    • Amanda

      31/ago/2012 at 10:31

      Oi Marcos, bom dia. Tudo bem?

      Estou indo para Toronto em novembro e queria uma familia exatamente como você descrevel. Você ainda esta com eles? Caso tenha alguma vaga na casa você poderia me enviar o nome da Família? Eu estou fechando com a ILAC e gostaria de ficar em uma família legal. obrigada.

    • Marítiza

      16/out/2012 at 20:39

      Você não mencionou se a família é Canadense ou imigrantes.

    • Cibele

      25/jan/2013 at 13:11

      Olá, Marcos, como vai?

      Eu e mais 3 amigas iremos à Toronto no final de abril, iremos estudar na ILAC também e nosso maior receio tem sido a homestay, já que lemos posts não muito animadores.

      Você pode me passar os dados dessa homestay, por favor?

      Obrigada!

    • Aline

      12/nov/2015 at 08:39

      Bom dia Marcos,
      vou para lá em Agosto do ano que vêm com meus namorado e gostaria de uma homestay assim, pode me passar o nome dela, para eu ver se minha agencia tem contato?
      Obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Educação

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo