Siga-nos

OiCanadá

Cultura

7 dicas de convivência que vão facilitar a sua vida no Canadá

O estudante que escolhe ficar em uma homestay durante seus estudos no Canadá deve vir preparado para se adaptar a regras de convivência diferentes das quais estão acostumados.

Algumas dessas regras são bastante conhecidas, outras nem tanto, e ainda tem aquelas que não existem em todas as casas de família. Então, para ajudar na adaptação, listo 7 diferenças de convivência entre o Brasil e o Canadá que é importante conhecer:

1. Sapato não entra!

É um hábito bem comum entre os canadenses não entrar de sapato dentro das casas, nem na sua própria e nem na dos outros.

Todas as residências têm um móvel ou uma bandeja/tapete bem do lado da porta para que todos os moradores e visitantes tirem seus calçados e os deixem ali. É uma medida de higiene para não trazer para dentro de casa sujeiras e demais impurezas que os sapatos têm nas solas e carregam da rua. No período do inverno, é fundamental se lembrar disso porque a neve e o sal mancham o chão e, claro, também são muito sujos.

Dica: Se for visitar a casa de alguém, lembre-se de ir com meias em bom estado porque provavelmente terá que retirar seu calçado e ficar com elas à mostra.

2. Hora da janta

O horário do jantar no Brasil varia dependendo da família, mas geralmente é bem mais tarde que no Canadá, onde as famílias costumam jantar por volta das 18h.

Algumas homestays deixam o prato do estudante separado para quando ele quiser comer, mas muitas gostam que o intercambista se sente à mesa com eles no horário estipulado. Portanto, se você não tem fome para jantar às 18h, já vá se preparando.

3. Almoço sem feijão

E sem arroz, e sem carne, e sem salada. O estudante que escolher pensão completa – pacote em que a homestay fornece todas as refeições (café, almoço e jantar) – deve estar preparado para almoçar um sanduíche, uma fruta e um suco. Isso se muito.

Os canadenses não têm o costume de comer em grande quantidade ou comer alimentos pesados na hora do almoço, como a maioria dos brasileiros faz. Eles geralmente comem uma salada ou um sanduíche apenas.

4. Pontualidade

Se no Brasil nem sempre os horários são levados a sério, no Canadá já é o oposto. Pontualidade é coisa séria e é preciso se lembrar disso quando combinar um horário com sua host family ou até mesmo com amigos. Pega muito mal chegar atrasado.

No Brasil é comum marcar eventos uma hora antes do desejado, pois é sabido que os convidados só vão chegar bem depois. Esqueça isso no Canadá. Se alguém marcou às 20h com você, chegue no máximo 20h15 se for uma festa ou qualquer coisa casual. Se for algo relacionado ao trabalho, à escola ou à sua homestay, chegue no horário exato.

5. Seu quarto é de sua responsabilidade

Apesar do número estar diminuindo, no Brasil muitas casas ainda têm empregadas para fazer a limpeza, a comida etc. Isso não acontece no Canadá.

Os moradores são responsáveis pelas tarefas domésticas e, mesmo que o estudante não deva limpar a casa, ele é totalmente responsável pelo seu quarto. A arrumação da cama, das roupas, a limpeza e a manutenção é dever do aluno e ninguém vai entrar no quarto para fazer isso por ele.

Ajudar a lavar a louça depois do jantar também é legal para a boa convivência.

6. Não demore no banho

Para quem está acostumado a tomar vários (e longos) banhos por dia e sair até com os dedos enrugados do chuveiro, pode esquecer. É recomendado que estudante tome 1 banho por dia e não demore mais do que 10/15 minutos no banheiro. É uma questão ecológica, de preservação dos recursos hídricos, e também de economia na conta de água.

7. Falar ao celular na frente da host family pode parecer desrespeitoso

Algumas famílias brasileiras aceitam que falem ao celular enquanto estão juntos ou até mesmo à mesa durante a refeição, mas isso não é recomendado nas casas de família canadenses.

Usar o celular pode parecer desrespeitoso e mal educado quando estiver na presença de seus host parents, principalmente se falar em outra língua. Converse ao celular ou pelo skype dentro do seu quarto e, quando estiver com a host family, dê toda sua atenção a eles. Não use o celular durante as refeições dentro da casa.

Raisa Mendes é jornalista, metade brasileira, metade italiana e completamente mineira. Formada pela UFMG e com experiência na área de assessoria, marketing e social media, veio para Toronto para estudar e trabalhar.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Marta

    21/maio/2014 at 19:45

    O que eu mais senti de todas as dicas foi a comida. Eu senti muita falta de feijão, carne e arroz a brasileiro. A comida do Brasil é muito mais saborosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Cultura

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo