Siga-nos

OiCanadá

Dinheiro

Expatriados brasileiros remetem mais dinheiro para o Brasil e futuros imigrantes se agarram na poupança

A alta do dólar tem mudado o comportamento de quem mora fora e também o de quem está planejando viver no exterior. Entenda o vai e vem do dinheiro e veja o que os futuros imigrantes têm feito para realizar seus sonhos.

O Banco Central revelou que em janeiro os brasileiros que moram no exterior enviaram US$325 milhões para o país — o maior valor para o mês desde que o governo passou a computar os números em 1995. 

O aumento de mais de 50% em relação ao mesmo período do ano passado vem junto com 17,1% de valorização da moeda americana nos últimos 12 meses e mostra que os brasileiros fora do país estão aproveitando a alta do dólar para fazer mais remessas.

Na rota oposta, no entanto, houve um queda, mas menos significativa: foram transferidos US$204 milhões em janeiro do ano passado contra US$186,5 milhões no mesmo mês deste ano. E o Banco Central revelou ainda que as despesas no exterior também ficaram cerca de 200 milhões abaixo dos números de janeiro de 2018.

Segundo um levantamento feito recentemente pela Nielsen para a Transferwise, 49% dos expatriados brasileiros enviam dinheiro para o país e apenas 12% deles recebem valores do Brasil para se sustentar no exterior.

A pesquisa mostrou ainda que 65% dos que já vivem no exterior economizaram e se preparam para a mudança e que esta é uma tendência crescente, com 87% dos interessados em imigração fazendo planejamento e enchendo o cofrinho para realizar seus sonhos. Por último, 68% destes planejadores disseram ter escolhido a poupança como a principal aplicação.

Matérias relacionadas

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Dinheiro

Posts Populares

Topo