Siga-nos

OiCanadá

Notícias

Quem pode voltar do Brasil para o Canadá no meio da pandemia e como fazê-lo

A Air Canada vai parar de voar para o Brasil a partir do dia 28 de março e não tem planos de retomar a rota até pelo menos o dia 30 de abril. Quem quiser voltar ao Canadá antes disso precisa correr, então, para garantir o seu lugar.

Quem comprou passagem da Air Canadá, mesmo que seja por outro canal de venda, já usou o trajeto Canadá-Brasil e agora quer voltar utilizando o mesmo tíquete deve entrar em contato com a central de atendimento da empresa em São Paulo pelo (11) 3254-6630.

A companhia tem se mostrado proativa e ajudado inclusive com os voos domésticos brasileiros para que seus passageiros consigam chegar a Guarulhos. Além disso, a Air Canada não está cobrando multa para quem precisa alterar a data de embarque e tem, muitas vezes, também reduzido as diferenças tarifárias entre a passagem antiga e a nova.

Após o dia 28 de março, a única chance de retorno para o Canadá será se ocorrer voos de resgate organizados pelo governo canadense. Para isso, no entanto, o melhor é se cadastrar o quanto antes no site oficial do país e entrar em contato com o consulado através do email [email protected].

Quem está sem passagem, não tem como voltar ou está em outra situação complicada pode tentar acionar ainda o governo para a liberação de uma ajuda financeira para o retorno. O caminho para acessar este empréstimo é escrever para [email protected]. E para saber mais, dá ainda pra visitar o COVID-19: Financial help for Canadians outside Canada.

Quem pode entrar

Qualquer entrada no país, no entanto, está limitada a casos específicos, incluindo familiares próximos de um cidadão ou de um residente permanente, quem vem para ficar com um parente. Esse parentesco inclui esposo ou esposa (casados no papel ou não, do mesmos sexo ou não), sogros e sogras, pai e mãe, padrasto e madrasta, crianças dependentes (e respectivos filhos, no caso de pais adolescentes). E outros parentes podem também tentar conseguir uma autorização especial junto ao consulado canadense.

Em todos os casos, o conselho é que a pessoa esclareça seu caso no momento do check-in, mostrando documentação que prove ligação com a pessoa que se encontra no Canadá e que confirme o status desta mesma pessoa.

A prova do status pode ser feita através de cópia (em papel ou formato eletrônico) de passaporte canadense, cartão de residência permanente ou documento de viagem canadense de residente permanente. Já a prova da ligação de parentesco pode ser feita através de certidão de casamento ou certificado de common-law status, certidão de nascimento, Confirmação de Residência permanente para Family Class ou outros documentos que ajudem a identificar a ligação. 

O governo também está permitindo que pessoas que estejam no Canadá como estudante, visitante ou trabalhador temporário possam trazer seus parentes próximos e segue para isso a mesma definição de parentesco já listada aqui. O importante, porém, é que todo mundo consulte sempre o consulado canadense antes de comprar passagem, para poder esclarecer todos os detalhes, até porque as mudanças têm sido constantes, de acordo com a progressão dos problemas.

2 Comentários

2 Comments

  1. Fatima Mesquita

    17/Maio/2020 at 22:32

    Entre em contato com um Consulado do Canadá no Brasil para pedir informações oficiais que se apliquem direitinho ao seu caso. Aqui está a página da unidade e SP: https://www.international.gc.ca/world-monde/country-pays/brazil-bresil/sao_paulo.aspx?lang=eng

    Boa sorte ;)

  2. Camila

    14/Maio/2020 at 22:16

    moro com meu noivo que é PR. Eu retornei para o Brasil por uma emergência jurídica porém tenho apenas o ETA. Como comprovo membro familiar para retornar. Estamos sozinhos e separados, gerando um desconforto emocional grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Notícias

Posts Populares

Topo