Siga-nos

OiCanadá

Experiência

PonTO de Vista: Bruno Capinan

O cantor e compositor baiano compartilha os seus locais favoritos da cidade com os leitores do OiCanadá.

Em Toronto você pode explorar a diversidade, não apenas através do paladar, mas também ouvindo idiomas e sotaques diferentes.

Onde relaxar

Adoro o parque Trinity-Bellwoods, na Queen West, antes da Ossington. À noite sempre tem alguma coisa acontecendo, música e pessoas interessantes.

Onde comer

Eu curto o restaurante Indiano Apalla, que fica no número 811 da Queen West, entre Bathurst e Ossington. Adoro o serviço, simplicidade e energia do ambiente, e as samosas. Um lugar barato e com excelente cardápio.

Pras compras

Kensington Market hoje e sempre! Tem de tudo, lojas de roupa, supermercados com grande opção de produtos naturais com preço super acessível, gente bonita e interessante de todas as idades, skatistas de calça jeans rasgada. É possível encontrar todos os ingredientes para um vatapá, menos a baiana.

Por que Toronto?

A simplicidade e a calmaria de Toronto pesaram muito na minha decisão de não voltar pra Bahia. Vim de mala e cuia para fazer novos amigos e conhecer gente ligada à música. Não tive uma razão especial na escolha, a decisão foi baseada na imagem que se tem de Toronto lá fora, como uma das cidades mais multiculturais e que respeita os direitos humanos.

O essencial

O essencial para mim em Toronto é a segurança e diversidade. A quantidade e qualidade para tudo, restaurantes, estúdios de yoga, supermercados, cafés, galerias. Adoro pedalar na primavera, verão e outono. Adoro os sotaques, essa coisa de você passar a compreender sem compreender totalmente o que alguém esta dizendo (risos).

Uma roubada

O único lugar que eu não recomendaria pegou fogo há quatro meses, praga de baiano (risos). Então vou recomendar não ficar em casa no inverno, não deixar de fazer amigos ou influenciar pessoas, não fazer piada de Português ou qualquer outra nacionalidade, porque a cidade está cheia de gente que fala e entende vários idiomas. Acima de tudo, eu recomendo ser você mesmo, experimentar as opções que a cidade oferece, e como meu amigo Carlinhos faz, trocar de penteado a cada semana (risos).

Christian Pedersen é natural de Santos, São Paulo. No Brasil, trabalhou na gravadora Roadrunner Records, depois abriu um escritório de promoção e marketing para bandas e artistas, tendo clientes como a gravadora BMG, os selos Geléia Geral e Dubas. Christian mudou-se para Toronto em 2002, e virou cidadão canadense em 2007. Escreveu a coluna Conexão C no Brasil News em março de 2007 e, de maio a outubro de 2008, foi editor-interino do jornal. Do fim daquele ano, até outubro de 2010, foi editor e co-fundador do blog OiToronto.

4 Comentários

4 Comments

  1. Tatiana

    20/out/2010 at 16:59

    Boa dica! cheguei recentemente e ainda estou perdida… vou seguir essas opcoes… valeu!!!

  2. bruno

    20/out/2010 at 15:48

    hahahaha essa praga foi boa!
    com certeza inverno desse ser muito bem aproveitado, a neve simplesmente é fantastica… snowboard ou ski…vamos aproveitar!
    e que bom que o inverno tá chegando e éééé longo!
    abraços a todos.

  3. Martha Rangel

    20/out/2010 at 11:58

    Troca de penteado eh muito importante… :)
    Tento trocar em seis e seis meses.
    Nao ficar em casa no inverno eh uma dica bem legal.
    Tem q sair mesmo no frio de menos 15, pq haverá gente nos restaurantes, bares e boates. O inverno eh longo e se ficar em casa vai ficar de saco cheio.
    Acho uma dica legal tb brincar na neve.
    Um amigo canadense assim q eu cheguei me disse para curtir a neve, fazer esportes, jogar bola de neve nos amigos, correr para se esquentar…
    E não vou negar q foi uma dia muito boa. Sempre que tem neve no chão e estou saindo com pessoas em volta, eu faço umas bolas de neves e jogo nelas. Não êh td mundo q gosta, rs, já q as pessoas ficam molhadas depois, mas eu adoro.

  4. Fábio K. Guimarães

    20/out/2010 at 11:07

    Bruno, praga de baiano? Muito boa… não é por acaso que a Bahia exporta tanto talento. Mas agora… por favor… depois do incêndio do tal lugar roubada… NÃO VOU FICAR EM CASA NO INVERNO MESMO!!! Tá doido Baiano!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Experiência

Posts Populares

Topo