Siga-nos

OiCanadá

Cultura

O que fazer na hora da gorjeta

Seja no restaurante, no bar ou no táxi, saiba quando e quanto dar de gorjeta.

Em Toronto é costume dar tip ou tipping na maioria dos serviços, incluindo aqueles prestados em bares e restaurantes e táxi. O valor a ser dado fica por conta do cliente, mas o costume (e o esperado) é deixar entre 15 e 20%.

No restaurante, você deve dar gorjeta para o garçon ou garçonete por volta de 15%, que corresponde ao total do valor do imposto da sua conta. Se você achou que o serviço prestado foi excelente, a recomendação é deixar 20%. No entanto, existem algumas diferenças para as quais você deve estar atento.

Se você estiver em grupo, muitos restaurantes adicionam um valor de gratificação na conta (geralmente para grupos com 6 pessoas ou mais). Por isso, verifique sempre sua conta para não dar gorjeta em dobro.

Em um hotel, é costume gratificar funcionários da recepção e carregadores de mala pela assistência prestada. Estes funcionários geralmente recebem tips em torno de C$1.00 e C$2.00 por item. Para o serviço de limpeza e governanta, o valor varia entre C$2.00 e C$5.00 por noite.

Se você estiver em um bar, nightclub ou lounge, lembre-se que também costuma-se dar gorjeta. Uma boa regra é pelo menos C$1.00 por bebida para a pessoa que fica do outro lado do balcão. Se você estiver comprando bebida para várias pessoas, então vale o padrão de 15%.

No caso dos taxistas, costuma-se dar gorjeta por volta de 10% do valor da corrida, sempre arredondando a quantia para cima. Se você estiver com bagagem, o valor vai para 15%.

A dica é, para quase tudo na cidade, se você estiver satisfeito com o serviço que recebeu, dê entre 15 e 20% de gorjeta, sem contar o valor do imposto. O ato de tipping é uma forma de expressar apreciação e até mesmo o contrário. Caso você não goste do serviço prestado, uma gorjeta baixa vale praticamente como uma reclamação.

Fonte: Experience Toronto

Continue lendo
Publicidade

Christian Pedersen é natural de Santos, São Paulo. No Brasil, trabalhou na gravadora Roadrunner Records, depois abriu um escritório de promoção e marketing para bandas e artistas, tendo clientes como a gravadora BMG, os selos Geléia Geral e Dubas. Christian mudou-se para Toronto em 2002, e virou cidadão canadense em 2007. Escreveu a coluna Conexão C no Brasil News em março de 2007 e, de maio a outubro de 2008, foi editor-interino do jornal. Do fim daquele ano, até outubro de 2010, foi editor e co-fundador do blog OiToronto.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Julieta Jacob

    18/ago/2009 at 10:13

    Dicas valiosas. Em Toronto a gorjeta é levada a sério, considerada um hábito cultural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Cultura

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo