Siga-nos

OiCanadá

Paladar

O café nosso de cada dia

Em qualquer estação do ano, faça frio ou calor, ele é indispensável para muita gente. Basta passar em frente de qualquer cafeteria em Toronto como Tim Hortons ou Starbucks, principalmente durante as manhãs, para ver a grande fila que se forma. Todos em busca dessa bebida amarga, mas que conquista (ou vicia) tantos. E para essas pessoas que não sabem viver sem o café, o OiCanadá traz uma lista dos melhores da cidade.

Até um certo tempo atrás, o café era considerado um grande vilão para a saúde. Porém, pesquisas recentes mostram que não é bem assim. Apesar de alguns pontos negativos terem sidos constatados como, por exemplo, a produção de suco gástrico (responsável por agravar a gastrite) e o mal que faz para a pressão arterial, também foram descobertos diversos benefícios proporcionados pela bebida.

Cientistas japoneses desenvolveram diversos estudos que os levaram a crer que o café reduz em até 50% o risco de câncer no fígado. A Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, constatou em uma pesquisa que a cafeína ativa receptores no cérebro, melhorando a atenção, concentração e memória. Além disso, pesquisadores da Universidade de São Paulo concluíram que o café acelera a movimentação dos espermatozóides, facilitando a fecundação.

Como se não bastassem todas essas descobertas benéficas do café, a bebida tem uma característica no mínimo curiosa: A quantidade de gente no mundo inteiro que toma café é impressionante. Só no Canadá, de acordo com um estudo feito pelo Beverage Marketing Corporation, 14 bilhões de xícaras de café são consumidas anualmente, fazendo com que essa seja a bebida quente mais popular do país, além de ser a campeã de vendas em diversos restaurantes.

Mas os amantes da cafeína sabem muito bem que encontrar o café perfeito não é uma tarefa fácil. Ele tem que ser quente, consistente e com um aroma forte. Baseado nisso, OiCanadá traz uma lista de onde encontrar o melhores cafés da cidade.

O local é pequeno para tanta gente que comparece a esse local. Também pudera! Essa cafeteria já ganhou diversos prêmios, graças ao barista e proprietário Stuart Ross, famoso por preparar cafés lattes e capuccinos com um toque de arte. Apesar de algumas críticas feitas ao estabelecimento com relação ao serviço, é um dos estabelecimentos de Toronto que deve ser visitado, não só pelo café, mas também pelas outras bebidas como o capuccino e o chocolate quente.

É considerado por muitos críticos o melhor café de Toronto. Porém, é também um dos campeões no que se refere ao mau serviço. Ao contrário de outras cafeterias, não possui wi-fi disponível para os clientes.

Para os amantes do café expresso, esse é um dos melhore locais da cidade. Ao contrário de outras cafeterias, o serviço tem recebido boas críticas por parte da clientela.

Quem estiver passando pelas mediações do Kensington Market, não pode deixar de experimentar o café desse estabelecimento. O local é bastante aconchegante, ideal para quem quer apreciar o café usando o laptop ou lendo jornal. Porém, não existem tomadas para conectar o seu computador à eletricidade (aparentemente essa seria uma estratégia para que os clientes não passem muitas horas no local, enquanto outros esperam por um lugar para sentar).

Essa cafeteria foi premiada recentemente como a melhor da cidade de acordo com os leitores de uma revista de Toronto. O motivo? Bom café, em um ambiente descontraído frequentado por pessoas de diversas tribos e preços razoáveis. Porém, nada é perfeito, e esse local não é diferente. A ausência de cardápio deixa muita gente confusa, sobretudo quando o local está cheio (o que é frequente). Além disso, por ser um ambiente descontraído e possuir diversos clientes regulares, muitas vezes não há fila para comprar café. As pessoas ficam em volta do balcão esperando que o barista se aproxime para fazer o pedido.

Continue lendo

Marcio Rollemberg é pernambucano e formado em jornalismo. Foi editor-chefe de um telejornal universitário, produziu documentários e trabalhou como repórter de TV no Brasil. Em 2005 mudou-se para Toronto e atualmente é um dos colaboradores de uma revista e de um canal de TV. Em 2011 juntou-se a equipe do OiCanadá, onde escreve matérias sobre Turismo e Variedades.

4 Comentários

4 Comments

  1. gabriel

    25/nov/2011 at 00:32

    faltou o zaza de irmaos italianos la perto da bloor com a yonge !

    sempre extremamente simpáticos e o café é muito bom mesmo !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Paladar

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo