Siga-nos

OiCanadá

Cultura

Bandeira do Canadá: uma breve história

Em todo o mundo e ao longo da história, bandeiras têm sido usadas de maneiras diferentes e feito grandes contribuições em vários campos da vida. Você conhece a história da bandeira do Canadá?

Inicialmente, as bandeiras foram usadas nas batalhas para que os guerreiros identificassem o inimigo no campo de guerra. Posteriormente, o uso de bandeiras foi relegado para os mares, em barcos que as usavam para se comunicar durante a navegação.

No século XVIII, as bandeiras foram utilizadas pela primeira vez como um emblema, tanto no campo de batalha e no mar como em outras áreas. Hoje a sua finalidade é voltada quase que exclusivamente à identidade das nações, ou seja, possui o objetivo de representar um país e uma nacionalidade.

A Bandeira do Canadá (em inglês: Maple Leaf Flag; em francês: Unifolié) foi criada em 15 de fevereiro de 1965, para celebrar o centenário do país, que ocorreria em 1 de julho de 1967. A cerimônia oficial de inauguração da nova bandeira canadense foi realizada em Parliament Hill, em Ottawa, com o então Governador Geral Georges Vanier. Apesar de não ter se tornado um feriado, a data de criação da bandeira é hoje celebrada como o Dia Nacional da Bandeira do Canadá.

A bandeira apresenta um quadrado branco ao centro, com as laterais em vermelho. O centro do quadrado e da bandeira possui uma folha de bordo vermelho estilizada, com 11 pontas (não há um significado especial para os 11 pontos). As duas barras verticais vermelhas significam os oceanos Pacífico e Atlântico, a barra branca o território do Canadá, enquanto a folha estilizada representa as matas cobertas de Bordos (árvore típica canadense).

O vermelho e o branco foram oficialmente reconhecidos como as cores oficiais do Canadá pelo Rei George V em 21 de novembro de 1921, com a proclamação do brasão de armas do Canadá, que foi baseado no brasão de armas do Reino Unido.

Já a folha de bordo foi historicamente utilizada desde os primeiros dias do país para simbolizar seu povo e suas terras. Por muitos anos também foi utilizada como símbolo das Forças Armadas do Canadá.

Leia também: Como é feito o Maple Syrup, famoso xarope canadense.

Marcello é jornalista, pernambucano, e vive em TO desde 2011. Trabalhou na SBT de Recife e também na assessoria da área de saúde do governo do Estado de PE.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Maciel

    19/nov/2013 at 20:48

    Muito bom o texto, e a história. Parabéns, ajudou a tirar a dúvida de muita gente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Cultura

Posts Populares

Topo