Siga-nos

OiCanadá

Lazer

Cinema: Monsieur Lazhar (2011)

Bachir Lazhar é professor substituto em uma escola primária de Montreal, que ajuda seus alunos em uma fase difícil. O filme retrata muito bem a realidade do sistema educacional canadense e o dia-a-dia dos alunos. Monsieur Lazhar foi nomeado para melhor filme estrangeiro no Oscar 2012 e premiado como melhor filme canadense no TIFF 2011.

Sinopse

Não escrito por mim. Pode conter spoilers.

Durante um inverno rigoroso em Montreal, uma classe da escola primária fica chocada após a sua professora cometer suicídio. Bachir Lazhar, um imigrante argelino carismático, vira o professor substituto. Bachir precisa manter sua vida pessoal escondida: ele está buscando refúgio político no Canadá e, assim como as crianças, sofreu uma perda terrível.

Review

Monsieur Lazhar foi o filme que representou o Canadá no Oscar de 2012 e levou o prêmio de melhor filme no Genie 2012 (uma espécie de Oscar canadense).

The Good

Para quem se interessa por “assuntos do dia-a-dia canadense”, esse filme traz diversos temas interessantes de uma forma bem equilibrada. Suicídio, educação infantil, sistema educacional, imigração de refugiado, preconceito… Ao ler o plot, eu achava que seria um filme pesado, mas o diretor conseguiu misturar tudo isso mantendo um clima bem agradável e nada dark.

Para não ficar tão repetitivo, dessa vez não elogiarei o cinema de Quebec e sim os atores de lá. Faz muito tempo que não vejo atuações dramáticas de crianças nesse nível. A dupla principal que interpreta Alice e Simon já é motivo suficiente para assistir ao filme.

Se você é daquelas pessoas que gosta de personagens complexos bem trabalhados, irá adorar Bachir Lazhar. Apesar de falar pouco, dá quase pra adivinhar todos seus pensamentos.

The Bad

O ritmo do filme pode desagradar algumas pessoas. Eu já estou acostumado, mas acho que dá pra ser lento e com bom ritmo ao mesmo tempo. Talvez pelo filme querer tratar de tantos temas ao mesmo tempo, o ritmo tenha ficado um pouco prejudicado.

No fim, eu fiquei curioso pra saber do destino do Lazhar. Mas como de costume de um pequeno filme independente, nós teremos que usar nossa imaginação…

The Prolix

O filme se passa quase todo dentro de uma escola infantil. Acho que muitos brasileiros têm muita curiosidade de saber como funciona o sistema por aqui. Eu ainda não posso emitir minha opinião pessoal, mas gosto de ouvir opiniões de quem o usa. Pelo que escuto, o sistema mostrado no filme é um bom reflexo do que acontece na vida real. Crianças extremamente maduras, fazendo apresentações em frente à classe, conversando sobre temas que eu chamaria de “adultos”. Por outro lado, alguns pais brasileiros reclamam da falta de dever de casa ou provas. Minha opinião de leigo é:
Seja lá o que a escola daqui faz com as crianças, parece formar melhores cidadãos adultos do que no Brasil.

Mas para você que quer conhecer melhor o sistema daqui (e não meus pitacos), segue um ótimo documentário brasileiro sobre o assunto:

Enfim…

Definitivamente é um prato cheio para quem quer conhecer mais a fundo alguns temas populares e controversos que acontecem por aqui.

Clique para assistir ao trailer.

Diogo Lopes mora em Toronto e aproveita seu tempo "livre" de TTC para assistir e escrever sobre filmes para seu site pessoal de cinema. No OiCanadá, escreverá sobre filmes canadenses que valem a pena ser vistos.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Lazer

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo