Siga-nos

OiCanadá

Notícias

American Airlines cancela voos para o Brasil — outras empresas anunciam cortes

Veja a situação geral das maiores companhias aéreas canadenses e também de possíveis conexões dentro do Brasil.

Diante da queda brusca no volume de passageiros e do surgimento de várias fronteiras fechadas, a American Airlines anunciou a suspensão temporária de 75% das suas rotas internacionais de longa distância. Na lista dos cancelados, estão todos os seus voos para o Brasil.

A Delta Airlines, no entanto, até o fechamento deste texto, ainda estava vendendo passagens para o Brasil. 

Os voos para e do Brasil pela Air Canada também continuam em operação, mas a empresa já avisou que reduzirá sua capacidade de transporte no segundo trimestre em 50%.

Outras empresas canadenses

A Porter Airlines vai parar de voar no dia 20 de março, enquanto a Air Transat anuncia a suspensão gradual de suas atividades até o final de abril. O seu foco até lá, no entanto, será apenas trazer passageiros de volta para o Canadá.

A Sunwing também já suspendeu partidas e só está trabalhando com repatriação de clientes. A WestJet estará com rotas internacionais paralisadas a partir de 23 de março e ainda reduzirá pela metade o seu tráfego doméstico.

A Transat parou de vender passagens para o caribe e México, mas continua por enquanto operando Montreal-Paris-Lisboa e Toronto-Londres-Lisboa, para que os canadenses possam retornar da Europa.

As empresas brasileiras

No cenário brasileiro, a Latam cortou 70% dos seus voos — 90% das rotas internacionais e 40% do mercado doméstico.

A Azul cancelou toda a sua operação internacional, com exceção dos que partem direto da sua central no aeroporto de Campinas, no estado de São Paulo. Mesmo assim, não há mais partidas nem chegadas de Porto (Portugal) e a nova rota para Nova York (EUA) está na geladeira, sem chance por enquanto de decolar. 

A empresa também avisa que vem mais cortes por aí afetando suas ligações com Bariloche na Argentina, Lages em Santa Catarina, Pato Branco, Toledo, Ponta Grossa e Guarapuava no Paraná, a mineira Araxá, Valença, Feira de Santana e Paulo Afonso na Bahia e ainda Parnaíba no Piauí.

Por sua vez, a Gol afirmou que não fará cancelamentos, mas que aos poucos reduzirá a sua capacidade em cerca de 60% nos voos domésticos e 95% no mercado internacional.

Europa

A União Europeia anunciou a suspensão de todos os voos internacionais que cheguem ou partam para fora dos seus limites, mas manteve a operação de Portugal para o Canadá, Estados Unidos, Venezuela, África do Sul e os países de língua oficial portuguesa. No caso do Brasil, porém, as rotas ficam restritas a São Paulo e Rio.

Outras informações importantes sobre o mesmo assunto:

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Notícias

Posts Populares

Topo