Siga-nos

OiCanadá

Dinheiro

Primeiro-ministro anuncia pacote de ajuda para pessoas físicas e jurídicas

O plano de emergência inclui medidas para todo tipo de gente e de bolso, mas o país aguarda ainda que o ministro da economia canadense, Bill Morneau, faça o detalhamento do funcionamento de cada item proposto.

Para quem tem filhos, haverá um aumento nos valores pagos pelo governo através do Canada Child Benefit. Para quem fez empréstimo para estudar, os pagamentos das parcelas da dívida ficarão suspensos por seis meses, sem acréscimos de juros. 

O prazo para enviar o imposto de renda foi ampliado para 1o. de junho e quem tem pagamentos a fazer ao fisco entre agora e setembro deste ano vai ganhar um tempinho de sossego, podendo voltar a fazê-lo a partir de 31 de agosto. Além disso, para evitar contatos desnecessários, a Canada Revenue passa agora a aceitar, temporariamente, assinaturas eletrônicas para formulários como T183 ou T183CORP.

Os trabalhadores vão poder entrar com pedido de assistência financeira de até CAD$900 por quinzena. O benefício estará disponível por cerca de três meses e meio inclusive para quem é autônomo (self-employed) e não tem direito a “sick leave” paga e que também não tenham acesso a seguro desemprego. Pessoas consideradas de baixa-renda receberão ainda créditos no imposto sobre mercadorias e serviços (GST).

Quem é aposentado e precisa fazer retiradas de um Registered Retirement Income Funds (RRIFs) também terá maior flexibilidade nas regras. O mesmo vale para quem recebe outro benefícios através de um Registered Pension Plan.

Por fim, o governo está dobrando o programa de apoio aos sem-teto e a abrigos especializados a questões ligadas à violência doméstica. E está liberando CAD$305 milhões para suporte às comunidades indígenas. 

Na semana, o governo anunciou um subsídio equivalente a 10% da folha de pagamentos de pequenos negócios em uma tentativa de evitar demissões. Essa ajuda deve durar três meses e tem um limite de CAD$1.375 por funcionário e CAD$25.000 por empregador. A medida vale também para organizações tipo non-profit e as que tenham o status de charity.

Cheque nestes links para saber mais sobre apoio a empresas:

Clique aqui para conferir a página oficial do governo sobre as novidades descritas nesta matéria.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Dinheiro

Posts Populares

Topo