Siga-nos

OiCanadá

Moradia

As melhores cidades do Canadá para trabalhar e comprar sua casa

Você já deve ter visto muitas listas de melhores disto ou daquilo no Canadá. Inclusive já deve ter aparecido na sua timeline alguma lista das melhores cidades para se trabalhar ou até onde estão os melhores preços de casas no país. Mas o que você não deve ter visto ainda é o casamento destes dois fatores importantes numa cidade só: casas acessíveis e baixa taxa de desemprego. Então, onde ficam estas cidades?

Os dados foram colhidos do Relatório de Mercado de Trabalho do Banco de Montreal juntamente com indexadores de mercados imobiliários do Royal Bank do Canadá e do Caisse Desjardins. Daí juntaram tudo isto, planilharam e separaram o que tem de melhor tanto em acesso a empregos quanto ao sonho da casa própria, e canadense. Vamos à lista.

  • 10º Lugar – Kitchener-Waterloo, em Ontário
    • Taxa de desemprego: 5.5%
    • Média de preço das casas: $378.000
    • Cidade que tem se destacado no setor de tecnologia, mas onde o valor dos imóveis não tem sido lá aquelas coisas.
  • 9º Lugar – St. John’s, em Newfoundland and Labrador
    • Taxa de desemprego: 6.8%
    • Média de preço das casas: $324.000
    • St. John’s é a maior cidade da Província de Newfoundland, lá beirando o Oceano Atlântico. Sua taxa de desemprego tem se mostrado a menor da província e o valor dos imóveis também tem caído nos últimos tempos.
  • 8º Lugar – Oshawa, em Ontário
    • Taxa de desemprego: 5.6%
    • Média de preço das casas: $531.000
    • Cidade bem próxima a Toronto, a quem deve muito do seu crescimento econômico, além de ter uma das médias de valores de imóveis mais baixas da região.
  • 7º Lugar – Winnipeg, em Manitoba
    • Taxa de desemprego: 6.3%
    • Média de preço das casas: $278.000
    • Podemos dizer que o mercado de trabalho da cidade é mediano, já foi melhor. Mas, ainda é atrativo, assim como os valores das casas por lá – um dos menores do país.
  • 6º Lugar – Kingston, em Ontário
    • Taxa de desemprego: 6.3%
    • Média de preço das casas: $305.000
    • Kingston é uma das cidades em que mais cresceu a oferta de empregos no Canadá no último ano. O mercado imobiliário, porém é um tanto tímido.
  • 5º Lugar – Halifax, em Nova Scotia
    • Taxa de desemprego: 6.4%
    • Média de preço das casas: $289.000
    • A empregabilidade em Halifax cresceu nada mais nada menos do que 2.6% desde 2015. Ótima notícia. Além de você encontrar bons imóveis na cidade na faixa dos $300.000.
  • 4º Lugar – Trois-Rivieres, em Quebec
    • Taxa de desemprego: 7.4%
    • Média de preço das casas: $147.000
    • Caso você receba uma oferta de trabalho em Trois-Rivieres, aceite. Porque morar num lugar como aquele, com casas pela bagatela de $150.000, você não vai encontrar tão fácil assim. Mas, ache um emprego antes.
  • 3º Lugar – Windsor, em Ontário
    • Taxa de desemprego: 6.4%
    • Média de preço das casas: $227.000
    • Cidade onde as ofertas de trabalho tem crescido muito nos últimos anos, contudo o valor dos seus imóveis tem deixado a desejar. Mas anda assim é a top 3 da lista.
  • 2º Lugar – Edmonton, em Alberta
    • Taxa de desemprego: 7%
    • Média de preço das casas: $390.000
    • Ainda que a crise do petróleo tenha afetado a cidade, e o mundo todo, o mercado de trabalho por lá manteve-se firme, forte e atrativo também. O valor dos imóveis por lá não são, eu diria, nem baixo nem altos.
  • 1º Lugar – Regina, em Saskatchewan
    • Taxa de desemprego: 5.4%
    • Média de preço das casas: $312.000
    • E o troféu de rainha das cidades com boas ofertas de trabalho, além de casas com preços bem atraentes, vai para Regina, em Saskatchewan. Novas vagas de emprego tem surgido na cidade, bem como boas ofertas de imóveis. Vale muito a pena.

Só pra matar sua curiosidade, Toronto ficou ali mais ou menos no meio da lista das 26 cidades analisadas, muito por conta do valor dos imóveis na cidade que são bem salgados. A lanterninha ficou para St. Catherines, em Ontário, onde o desemprego bateu nos 8% e a média de preço dos imóveis ficou na casa dos $320.000.

3 Comentários

3 Comments

  1. Jorge Luis Paes Siqueira Filho

    26/jul/2016 at 1:55 PM

    Próximo mês estou indo para Welland (Niagara Falls), vizinho a St Catherines. Me preocupou agora !!! kkkkk

  2. Vivi

    25/jul/2016 at 4:15 PM

    Poxa vida! BC nem apareceu na lista! Será que é porque lá as casas estão super valorizadas e comprar um imóvel virou um sonho milionário?
    Estamos indo para lá ano que vem e essa tem sido uma preocupação constante: como realizar o sonho da casa própria nessa província?
    Tenhamos fé, certo?
    Ótimo texto!
    Abraços

  3. Wladimir Furtado

    25/jul/2016 at 8:22 AM

    Olá Pablo, interessante artigo. Parabéns.
    Avalio fazer doutorado na área de computação ou administração (relacionada à TI) no Canadá nos próximos anos. Tenho esposa e dois filhos pequenos (6 anos e 5 meses). Onde posso ver o restante das cidades e a metodologia da pesquisa? Gostaria de ver a posição de outras cidades, como Vancouver.
    Desde já agradeço.
    Saudações cordiais,
    Wladimir Furtado

Deixe um comentário

Continue lendo
Publicidade
Pablo Marcelo

Paulistano de berço (São Paulo), Filósofo de formação (Unicamp), Blogueiro dedicado (Blog Numa Fria), Descobridor de Toronto em família (2014).

Mais em: Moradia

Posts Populares

Topo

Canadá na Web – Assine de graça!

Uma seleção das melhores notícias e artigos da internet sobre o Canadá, criada exclusivamente para assinantes. Digite seus dados abaixo e fique por dentro.

Cadastro efetuado com sucesso!

Canadá na Web – Assine de graça!

Uma seleção das melhores notícias e artigos da internet sobre o Canadá, criada exclusivamente para assinantes. Digite seus dados abaixo e fique por dentro.

Cadastro efetuado com sucesso!

Canadá na Web – Assine de graça!

Uma seleção das melhores notícias e artigos da internet sobre o Canadá, criada exclusivamente para assinantes. Digite seus dados abaixo e fique por dentro.

Cadastro efetuado com sucesso!