Siga-nos

OiCanadá

Moradia

Pesquisa revela onde é melhor comprar imóvel e viver no Canadá

O maior desafio de quem deseja ter casa própria no Canadá hoje em dia tem sido uma dobradinha entre preço e disponibilidade — em alguns locais o preço está nas alturas e há poucos imóveis à venda. Mas segundo um relatório da rede de imobiliárias REMAX, há outros fatores importantes para as pessoas e, na soma geral, as cidades de Brampton em Ontário e Calgary em Alberta disparam na frente quando estes fatores são analisados sob a perspectiva de custo-benefício.

A pesquisa divulgada revela que na cabeça do comprador há muito mais que apenas os gastos quando é chegada a hora de adquirir um imóvel e destaca cinco pontos decisivos: o acesso fácil a lojas, restaurantes e áreas verdes, um bom transporte público, um forte mercado de trabalho, a existência de escolas de qualidade e a presença de atividades culturais e centros comunitários nas proximidades. Tudo isto porque, segundo os respondentes, é comum no Canadá as pessoas passarem mais de 60% do seu tempo no próprio bairro onde moram — ou bem pertinho dele.

O relatório avaliou 15 cidades de grande e médio porte do país:

  • Brampton (Ontário)
  • Calgary (Alberta)
  • Edmonton (Alberta)
  • Halifax (Nova Escócia)
  • Hamilton (Ontário)
  • Kitchener-Waterloo (Ontário)
  • London (Ontário)
  • Mississauga (Ontário)
  • Nanaino (British Columbia)
  • Ottawa (Ontário)
  • Saskatoon (Saskatchewan)
  • Toronto (Ontário)
  • Vancouver (British Columbia)
  • Victoria (British Columbia)
  • Winnipeg (Manitoba)

Eles consideraram, então, 11 pontos:

  • existência/acesso a trabalho
  • presença de transporte público
  • proximidade de áreas verdes e parques
  • nível de desenvolvimento econômico
  • crescimento populacional
  • número de escolas com boa classificação nos rankings de qualidade
  • disponibilidade de residências na área
  • imóveis com valores acessíveis
  • acesso a atendimento de saúde
  • existência de ciclovias e áreas para caminhadas
  • proximidade de comércio/serviços

A pesquisa classificou o resultado encontrado para cada item como Alto, Médio ou Baixo, sendo alto o melhor nível possível.

Calgary e Braptom tiraram nota alta em sete dos 11 itens avaliados.

  • Brampton não teve nenhuma nota baixa, mas obteve uma classificação mediana em termos de escolas, saúde, preço e disponibilidade de imóveis.
  • Calgary também não recebeu nota baixa, mas ficou devendo um melhor desempenho em termos de saúde, transporte, comércio e preço.
  • Como era de se esperar, Toronto ficou com nota baixa em termos do custo e da disponibilidade de imóveis.
  • Vancouver mostrou que até tem um número razoável de casas e apartamentos à venda, mas ficou no vermelho no quesito preço.
  • Enquanto a situação de Ottawa é justamente a oposta: o custo não é ruim, mas a oferta de imóveis não é das mais abundantes.
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mais em: Moradia

Receba as novidades do blog por email

Digite seus dados abaixo para assinar nosso boletim e receber todas as novidades do blog em sua caixa postal. É de graça e você pode se descadastrar a qualquer momento.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
Topo